Musicais no cinema
     Quando se fala em musicais do cinema você se lembra de "Cantando na Chuva" e "A noviça rebelde"? Pois além desses clássicos há muitos outros que se perdem em nossa memória e nem nos damos conta de que assistimos num passado distante ou mais recente e... sim, gostamos muito desses filmes.
        "Musicais" são filmes ou peças teatrais em que as personagens se põem espontaneamente a cantar, dançar e tocar música no meio da ação. Ou seja, a Disney, por exemplo, está cheia deles, incluindo o sucesso recente de Frozen com  'Let it go'; no Brasil, os filmes infantis de Xuxa e alguns dos Trapalhões também seguem essa tendência.
Musicais no cinema
         A impressão que fica ao visitar a exposição do MIS "Musicais no Cinema" é que nem nos damos conta da quantidade de musicais a que assistimos e o quanto esses filmes são apaixonantes, embora a leveza do gênero seja por vezes justamente o alvo de críticas dos especialistas em cinema. Reserve aproximadamente duas horas para ver e ouvir tudo com calma, afinal que graça tem um musical sem som? Por isso, pare, coloque os fones... veja e ouça os trechos dos filmes disponíveis deleitando-se com cada uma das músicas que certamente ativarão sua memória afetiva. Que delícia rever trechos de "Bete Balanço", "Roberto Carlos em ritmo de aventura", "Grease", "Mary Poppins" e muitos, muitos, muitos outros...
Musicais no cinema
           A exposição em cartaz até fevereiro/2020 foi concebida e apresentada pelo Musée de la Musique - Philharmonie de Paris entre o final de 2018 e início de 2019 e agora chega ao Brasil ampliada com o acréscimo de nossos filmes nacionais que complementam o acervo com itens de mais de duzentos filmes. Um musical não precisa necessariamente ser uma comédia ou apresentar números espontâneos de música ou dança durante todo o filme. Não precisa nem mesmo que os atores saibam cantar, pois existem os dubladores das 'vozes fantasmas'. Pode ser, por exemplo, uma biografia baseada em performances artísticas, entre as quais se incluem o recente Rocketman (2019) baseado na vida de Elton John e os filmes brasileiros baseados na vida de Elis Regina, Tim Maia, Cazuza ou Wilson Simonal.
Musicais no Cinema
          E se a música faz crescer nossa vontade de dançar, espaços para se soltar não faltam na exposição. Há uma sala com pista de dança (primeira foto) e Cláudia Raia ensina passos básicos de sapateado a partir de um vídeo apresentado em um telão (atenção aqui: você está sendo filmado e sua aula pode aparecer em um monitor que fica ao lado). Em uma outra sala (foto acima) você assiste ao mesmo tempo ao rebolado de Elvis Presley e John Travolta ao som de 'Greased Lightning' em coreografias totalmente diferentes. Muito legal! Sente-se para apreciar ou dance junto. Você escolhe.
Musicais no Cinema
          Entre projeções gigantes, fotografias, cartazes, documentos, objetos cenográficos e figurinos distribuídos em diversas salas reconstrói-se a história do gênero que surgiu nos Estados Unidos em 1927 e se mantem até hoje como um alento quando queremos leveza e distração. A parte interativa de exposição tem cenários instagramáveis que remetem a filmes como 'Cantando na Chuva', 'Mary Poppins' e dá até mesmo para usar um enorme turbante cenográfico de Carmen Miranda que tem uma sala exclusiva para ela. Muito bom não é? Acredite, se você nunca deu assim tanta atenção aos musicais, agora vais e apaixonar. 
Musicais no cinema
Serviço
Exposição Musicais no Cinema
Período: 13/11/2019 a 16/02/2020

Endereço: Av. Europa, 158, Jd. Europa - São Paulo - SP
Horários: terça a sábado, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 19h
Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia); grátis às terças-feiras
Ingressos antecipados click aqui.

Musicais no cinema
logo mala

Museu da Imaginação
        Oba!! Férias!! Crianças cheias de energia e muita criatividade, tanta que não cabe dentro de casa, melhor levá-las para passear. Entre as opções em São Paulo, o Museu da Imaginação, inaugurado em 2017, vai deixá-las ocupadas por várias horas e ainda promover a interação entre pais e filhos com atividades lúdicas para aproximar a família.
     O espaço é inteiramente voltado para o público infantil, pensado em cada detalhe para que as crianças se divirtam e aprendam enquanto brincam. Contudo, os adultos ficam beeemm à vontade por ali e os pais se divertem tanto quanto os filhos.
Museu da Imaginação
         As atividades são bem variadas para agradar aos pequenos que gostam de atividades físicas, de desenhos, de desafios, de quebra-cabeças, de brinquedos de encaixe e de muito, muito mais... a programação se renova periodicamente, por isso, sempre há novidades por lá para que valha a pena mais uma visita... e mais uma... e mais uma... Os espaços são compartilhados quase que meio a meio por adultos e crianças, porém, alguns pais, tios, avós... acabam se cansando antes das crianças e ficam relaxando pelos cantos enquanto elas gastam toda a energia acumulada.
Museu da Imaginação
       A diversão está por todos os cantos, desde a porta dos banheiros até uma mini cidade montada com peças tipo Lego que fica dentro de uma enorme caixa de acrílico. Só para ver? Que nada! O desafio é encontrar os personagens indicados em meio a tantas miniaturas. Eu encontrei a turminha do Mickey, o Homem de Ferro e Maui.
     Outra coisa bem legal no Museu da Imaginação é a possibilidade de inclusão já que a maioria das atividades permite a inclusão de todas as crianças. Há, por exemplo, um balanço para cadeirantes, item que deveria ser comum em qualquer playground, não acham?
Museu da Imaginação - Mondrian
           E a criançada se solta e interage mesmo!! Parece que todos por ali se conhecem há um tempão, mesmo que nunca tenham se visto e nem tenham 'perdido tempo' para perguntarem os nomes uns dos outros. A mediação dos monitores ajuda bastante a tornar o espaço interativo e divertido. São atenciosos, simpáticos e sempre dispostos a ajudar se for necessário. Já imaginou formar uma banda musical num estalar de dedos? Pois na Estação da Música isso é possível com instrumentos de verdade, microfone e um palco onde é preciso ficar de olho para que os pais não roubem o espaço dos filhos.  
       Embora o foco sejam as atividade lúdicas, há muito que aprender por ali, por isso, é importante chamar a atenção das crianças para as informações que dão significado às salas temáticas. Leia para elas.
Museu da Imaginação - Mergulho com Monet
       Por exemplo, os cubos e círculos em cores primárias na sala dedicada a Piet Mondrian representam as formas e cores que caracterizaram o estilo do artista holandês nas obras produzidas no período entre 1918 e 1942. Para entrar em outra obra, basta tirar os sapatos e imergir na sala "Mergulho com Monet" que  reproduz a obra Nymphéas e as crianças amam!
      Ou então, ajude-os a entender a genialidade de Leonardo Da Vinci que sonhava em voar, por isso, no espaço atualmente dedicado a ele, é possível girar uma engenhoca de madeira para mover as asas de um pássaro. E aquela imagem tão conhecida da Mona Lisa? Sabia que recebe diferentes nomenclaturas dependendo do país? Na Itália é chamada de La Gioconda; já na França, onde está exposta no Museu do Louvre, recebe o nome de La Jaconde. Seja breve nas informações porque os pequenos vão querer mesmo é usar as canetinhas para colorirem sua própria obra de arte.       Museu da Imaginação - Leonardo da Vinci
      Ao adaptar Leonardo Da Vinci para a interação com as crianças, o Museu da Imaginação se articula com o MIS Experience, inaugurado em novembro/2019 justamente com a exposição "Leonardo Da Vinci: 500 anos de um gênio". O MIS Experience fica a menos de 3km do Museu da Imaginação, uma ótima oportunidade de um bem bolado entre pais e filhos para visitar as duas atrações. Que tal?

Serviço
Site: http://www.museudaimaginacao.com.br/
Endereço: Rua Ricardo Cavatton, 251 - Lapa de Baixo - SP
Horários (em janeiro) diariamente das 10h às 18h, sem limite de permanência no museu. Em outros períodos, consulte o site.
Valores: consulte promoções no site Ticket Fácil
logo mala

Outras atrações para se divertir com as crianças em São Paulo:
- Exposição Tarsila para Crianças (até 23/02/2020, no Farol Santander);
- Exposição Olá, Maurício (até 16/02/2020, no Centro Cultural FIESP)
- Aquário de São Paulo
- Museu Catavento Cultural

Novotel Jaraguá
       Como escolher um hotel na maior metrópole da América do Sul (e entre as 10 maiores do mundo!)? Minha preferência é sempre focar na região onde ficam os pontos de interesse na viagem; se os planos são para conhecer o Centro Histórico de São Paulo, a melhor opção é o Novotel Jaraguá que une a tradição de décadas com todo o conforto que a modernidade pode oferecer. Na espaçosa e confortável recepção, há uma galeria de hóspedes ilustres na qual se encontram reis, rainhas, misses... e, entre outros, o astronauta Yuri Gagarin, a rainha Elizabeth e muitos artistas brasileiros e internacionais. Na terceira foto da imagem abaixo estão Nicete Bruno, Paulo Autran e Tônia Carrero, em 1955.
        O hotel está preparado para receber convenções, por isso, é uma ótima escolha em eventos de trabalho, contudo, não deixa nada a desejar se o interesse for turístico. Além de unir tradição e modernidade em seus 26 andares, a limpeza é primorosa, os funcionários muito atenciosos e eficientes, a preocupação com a segurança dos hóspedes é contínua, os quartos mais espaçosos que na maioria dos hotéis, o café da manhã farto e o melhor dos diferenciais: a excelente localização.
Novotel Jaraguá
           Em um raio de 2km a partir do Novotel Jaraguá chega-se a mais de uma dezena de pontos de interesse turístico no centro histórico, além de estações de metrô que levam a qualquer ponto de São Paulo. Se sua intenção é conhecer os locais mais tradicionais da região, aproveite o walking tour 'gratuito' oferecido pelo Shopping Light no último domingo de cada mês, o ponto de encontro é justamente o Novotel Jaraguá e dali segue-se com guia bilíngue para os principais pontos históricos do centro, incluindo o Museu do Light (única forma de conhecê-lo). Para inscrever-se envie um e-mail para recepcao.light@gazitbrasil.com ou ligue para 011 3154-2299.
        Contudo, se sua estadia não acontecer exatamente na data desse tour oferecido pelo Shopping Light, não se preocupe, calce um tênis confortável e explore o centro de São Paulo que é incrível! Se cansar, ou o calor não estiver atrativo para uma caminhada, peça um Uber e vá de um ponto a outro por alguns poucos reais. Se depois da caminhada ainda sobrar energia, o hotel tem uma boa academia para gastá-la e aos finais de semana o teatro que faz parte do complexo tem peças com preços especiais para os hóspedes.
          Perfeito, não é?     
Novotel Jaraguá
Distâncias desde o Novotel Jaraguá:
- Famiglia Mancini - 280m
- Terraço Itália - 350m
- Edifício Copan - 400m
- Shopping Light - 550m
- Theatro Municipal de São Paulo - 560m
- Praça da República - 600m
- La Guapa - 600m (empanadas da chef Paola Carosella)
- Bar Brahma - 850m
- Galeria do Rock - 1.0km
- Farol Santader - 1.2km
- Pateo do Collegio - 1.4km
- Cemitério da Consolação - 1.8km (subida)
- Mercado Municipal de São Paulo - 2km

- Metrô Anhangabaú - 400m (L3 - vermelha)
- Metrô República - 550m (L3 - vermelha / L4 - amarela)

Serviço
Site: Novotel Jaraguá
Endereço: R. Martins Fontes, n. 71 - Centro - São Paulo
Contato: reservas.novoteljaragua@accor.com.br
logo mala

Feliz 2020!!!
Feliz 2020!
        Ano novo começando... é hora das listas de projetos para o ano que se inicia e 'viajar' não pode faltar na lista de ninguém. Por isso, seguem algumas sugestões para quem está se decidindo para onde viajar em 2020, sem nenhuma ordem de importância ou preferência. Apenas escolha o que ainda não foi feito e programe-se para 2020:

1- Esquiar em Bariloche -  ou simplesmente conhecer a neve. A cidade argentina é uma das mais próximas para os brasileiros que querem aproveitar os floquinhos gelados que caem do céu. A melhor época é julho e agosto.
Bariloche - AR

2- Comer camarão ao alho e óleo na Praia de Mucuripe, em Fortaleza - Em qualquer época do ano, as praias do Ceará tem o Sol brilhando e esperando pelos turistas. Há muito a se ver e fazer em Fortaleza e nos arredores, só não deixe de experimentar os camarões da Praia de Mucuripe.
Praia de Mucuripe -  Fortaleza - CE

3- Deslizar de pantufas pelo Museu Imperial de Petrópolis - a cidade de Pedro tem o clima tão agradável que o imperador D. Pedro II passava a maior parte do ano com a família na casa de veraneio que hoje foi transformado em museu.
Museu Imperial de Petrópolis - RJ

4- Sobrevoar as Cataratas do Iguaçu - ter uma das Sete Maravilhas da Natureza tão próxima de nós não é pouca coisa. Se você ainda não conhece as cataratas, coloque Foz do Iguaçu em seus planos de viagem para 2020, vai valer a pena.  
Cataratas do Iguaçu - PR

5- Experimentar as delícias da Carlo's Bakery em São Paulo - a primeira loja do Cake Boss Buddy Valastro fora dos EUA, foi inaugurada na região nobre da Rua Oscar Freire em 2017. As opções (e as tentações) são muitas. Quer uma sugestão? Os famosos cannolis. Não tem erro.
Carlo's Bakery, em São Paulo

6- Conhecer o Beto Carrero World - o maior parque temático do Brasil merece dois ou três dias por lá. Atrações não vão faltar. Você pode se hospedar em Penha e ficar bem próximo ao parque ou em Balneário Camboriú para aproveitar o agito da cidade.
Beto Carrero World

7- Embriagar-se nas vinícolas de Bento Gonçalves/RS - não é que seja necessário ficar bêbado(a), mas é tanto vinho a ser experimentado que geralmente se termina o dia meio tonto. Algumas sugestões: Torcello, Ravanello, Casa Valduga, Miolo, Strapazzon
Vinhos da Serra Gaúcha - RS

8- Saborear as coxinhas douradas de Bueno de Andrada - a delicadeza da massa e os saborosos recheios já viraram crônica pelas mãos do autor Ignácio de Loyola Brandão e chegaram às mãos de Ana Maria Braga em seu programa global. Se estiver de passagem pela região de Araraquara/SP, lembre-se dessas delícias.
Coxinhas de Bueno de Andrada - SP

9- Conhecer o Museu do Amanhã no Rio de Janeiro - e já que está na Cidade Maravilhosa, aproveitar para visitar o Maracanã, o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e tudo mais que a cidade tem de lindo e você sempre quis conhecer. Permita-se!
Museu do Amanhã - RJ

10- Assistir a um jogo de basquete nos EUA - mesmo que você não seja fã ou um grande entendedor das regras do esporte, vá. Nos Estados Unidos, um jogo de basquete é um show!! Se estiver nas terras de Tio Sam, acrescente o esporte em seu roteiro.
Basquete nos Estados Unidos

11- Passear pela Aldeia do Papai Noel - em Gramado/RS há um lugar onde é Natal o ano todo. Pode parecer estranho, mas rapidamente se entra no clima da decoração natalina e qualquer mês do ano se confunde com dezembro. E Papai Noel está mesmo por lá qualquer que seja a época do ano.
Aldeia do Papai Noel - Gramado - RS

12- Ver o por-do-sol em João Pessoa, ao som do bolero de Ravel - é uma experiência linda e inesquecível. Não há foto ou vídeo que consiga descrever com fidedignidade o momento. Só mesmo vivenciando para entender.
Pôr-do-sol em João Pessoa - PB

13- Fazer um cruzeiro marítimo - você tem medo de enjoar, de não ter o que fazer no navio, de se sentir presa, da falta de comunicação em alto mar, etc, etc... Pára tudo!! Chega de adiar essa experiência. Você verá que será o primeiro de muitos. Cruzeiros são viciantes.
Navio da MSC

14- Subir e descer ladeiras em Ouro Preto-MG - aprender História assim vai ser mais divertido que qualquer aula que você tenha tido na escola. Explorar as ruazinhas estreitas e deleitar-se com a culinária mineira será mais surpreendente do que você imagina.
Ladeira de Ouro Preto - MG

15- Voltar a ser criança nos parques temáticos da Florida - princesas, piratas, super-heróis, dinossauros, Star Wars, Avatar... impossível não encontrar por lá seus personagens preferidos seja em atrações calminhas ou radicais. Tem para todos os gostos.
Magic Kingdom - Disney

16- Conhecer a capital do Brasil - Brasília é uma cidade linda! E nada do que aconteça por lá apagará a beleza de sua arquitetura futurista e planejada. E você nunca visitou a capital de seu próprio país?! A hora é essa, a visita será em 2020. Programe-se!
Brasília - DF

17- Experimentar a Sequência de Frutos do Mar - Mário Prata escreveu uma crônica dizendo que o prato é a coisa mais cafona que existe nas praias do sul do país. Ah!! Mas é tão bom! Não tenha medo de ser cafona, nem de ser turista. Experimente!
Sequência de frutos do mar

18- Ver São Paulo do alto do Edifício Copan - um dos mais altos da cidade, permite uma visão privilegiada desde o 32º andar. A vista é gratuita e pode ser feita diariamente às 10:20h ou às 15:20h.
Vista desde o Edifício Copan

19-  Comprinhas em Buenos Aires - a mais europeia das capitais latinas tem atrativos culturais e comerciais. Há muito a fazer por lá, coloque também as compras em seu roteiro e lembre-se de trazer  muitos alfajores. São deliciosos
Comércio de Buenos Aires - AR

20- Saborear um fondue de chocolate em Campos do Jordão - a delícia pede dias frios que no Brasil são bem raros, mas quem gosta de um clima mais ameno vai encontrar o que procura na cidade. A culinária é um grande diferencial no roteiro. Aproveite.
Gastronomia de Campos do Jordão
E então? Para onde serão suas viagens em 2020?
logo mala



Harry Potter - Complexo Tatuapé
         Decoração de Natal já é linda sempre, imagina quando o tema escolhido pelo shopping é Harry Potter! Simplesmente maravilhosa, linda de viver, como diria a dama da TV brasileira, Hebe Camargo. Até 07/01/2020, os fãs do bruxinho poderão senti-lo mais perto ao passearem pelos cenários do Complexo Tatuapé, formado pelos shoppings Metrô Boulevard e Metrô Tatuapé, em São Paulo (estação Tatuapé, da linha vermelha).  
Harry Potter - Complexo Tatuapé
       Os cenários e espaços instagramáveis estão espalhados pelos dois shoppings que são interligados pela estação do metrô. Pegue o mapa, saia perguntando e não perca nada. No Shopping Metrô Tatuapé ficam os cenários de Hogsmead, o vilarejo bruxo onde os alunos da escola de magia Hogwarts passeiam aos finais de semana e se deliciam na loja de doces Dedos de Mel ou com a cerveja amanteigada do pub Três Vassouras. Por ali (no shopping) acontecem shows de neve e de cosplays; também é possível fotografar como se fosse um prisioneiro procurado de Azkaban. A foto é enviada para o e-mail cadastrado.
      Também é ali que fica a réplica do trem que leva os alunos até Hogwarts. Não, ele não se move de verdade como acontece com o trem que liga os dois parques da Universal, em Orlando, mas bem que poderia, não é? A meu ver estava tudo no jeito para isso: dois shoppings interligados por uma estação de metrô. Poderia ser mais perfeito? Enfim... devaneios de uma fã... 
Harry Potter - Complexo Tatuapé
        Para encontrar todos os cenários é preciso caminhar pelos dois shoppings em diferentes corredores e andares, afinal o que interessa aos lojistas é que os consumidores circulem (e o que interessa aos fãs é não perder nada! Então... vamos andar...). Ainda no Shopping Metrô Tatuapé está a vassoura de Quadribol de Harry Potter meio escondida no final de um corredor de outro piso. O espaço é bem disputado para fotos.
Harry Potter - Complexo Tatuapé
        Passando para o shopping Metrô Boulevard chega-se ao Beco Diagonal onde os bruxos compram a lista de materiais de Hogwarts e onde nenhum trouxa consegue chegar, pois fica totalmente escondido dos não-bruxos. Nessa área do shopping é possível fazer alguns lances do jogo de Quadribol e treinar as habilidades mágicas com uma varinha virtual. Por ali também há um espelho mágico que permite que se 'vista' o uniforme de uma das casas de Hogwarts. O problema aqui é que a foto é tirada com o seu próprio celular pelo monitor da atração e a qualidade vai depender da boa vontade dele(a). A minha ficou péssima, pois a moça estava ocupada batendo papo e tirou de qualquer jeito. Uma pena! 
Harry Potter - Complexo Tatuapé
      Tudo é bem interativo e felizmente só encontrei uma das monitoras de má vontade, os demais eram atenciosos e sorridentes. Ainda no piso térreo, além do Beco Diagonal, fica a capa da invisibilidade, outro espaço disputadíssimo que requer certa paciência na fila.  A capa é verde (chroma key) e a foto tirada a partir de um monitor de TV que a deixa transparente.
Harry Potter - Complexo Tatuapé
           Para finalizar - e gabaritar todos os cenários - no 2º piso está o carro voador dos Weasley no salgueiro lutador, mais um espaço instagramável. Também no 2º piso fica a loja de produtos licenciados que não achei muito atrativa nem pelos altos preços e nem pela pouca variedade dos produtos. Sim, eu esperava uma loja parecida com aquelas dos parques. Tá, foi inocência minha!
Harry Potter - Complexo Tatuapé
     Enfim, os espaços são lindos e as atrações muito bem planejadas, mas fica um recadinho para quem já visitou os parques da Florida: não vale ficar comparando, ok? Apenas relaxe, fotografe muito e mate a saudade. Essa foi a primeira vez que um shopping na América Latina recriou os cenários da saga de Harry Potter e a decoração é licenciada pela Warner Bros, ou seja, por quem realmente entende do babado.
           Vamos torcer para que no próximo ano a decoração se repita ainda mais aprimorada. Os fãs agradecem.
Harry Potter - Complexo Tatuapé

Serviço
Site: Complexo Metrô Tatuapé
Endereços: 
- Shopping Metrô Tatuapé: Rua Dr. Melo Freire s/n
- Shopping Boulevard Tatuapé: Rua Gonçalves Crespo s/n
Como chegar: Linha 3 (Vermelha) do metrô, estação Tatuapé