A pele da minha família tem mais valor que a da sua?


      Esse é o título da obra da foto, assinada pelo artista aerografista Maurício Gigante e exposta em frente ao Centro Cultural FIESP, na Av. Paulista. A escultura da onça estilizada é parte da intervenção artística Jaguar Parade 2019 que espalhou cerca de 90 peças em tamanho real pelas principais ruas e avenidas de São Paulo, chamando a atenção em defesa da preservação do maior felino das Américas que já está oficialmente extinto nos Estados Unidos, em El Salvador e no Uruguai. No México é muito rara e no Brasil, onde se encontra a maior parte da população desses animais, o número de indivíduos da espécie vem diminuído significativamente, por isso, a arte foi utilizada para conscientizar sobre a preservação da onça-pintada.
      
Jaguar Parade 2019
          As obras foram pintadas ao vivo por artistas convidados entre agosto e setembro/2019 no Shopping Market Place, depois ficaram expostas nos shoppings da Rede Iguatemi e em outubro/2019 ganharam as mais movimentadas ruas, parques e praças paulistas, onde permanecem até 23 de novembro. Várias dessas esculturas estão na própria Av. Paulista, outras no Parque do Ibirapuera, na Rua Oscar Freire e arredores; além do Parque da Água Branca, Pacaembu, Praça da Liberdade... entre outros pontos informados no site oficial da Jaguar Parade.
      Essas onças você vai querer encontrar soltas pelas ruas e quando der de cara com uma delas, fotografe e compartilhe com as #jaguarparade, #jaguarparadebrasil e #artesalva para ajudar a divulgar a causa. No site há mais informações, fotos e vídeos de todas as fases do evento que se encerra em 29/11 (Dia nacional da onça-pintada), com um leilão beneficente das peças no Hotel Unique, no qual 50% do valor arrecadado será direcionado a entidades com foco na preservação da onça-pintada. 
          Ah! E se você também quiser 'pintar a onça-pintada' e fazer sua própria obra de arte da Jaguar Parade, o maior evento* de arte urbana a céu aberto da história de São Paulo, pode comprar seu kit com miniatura da onça em resina, pincéis e tintas clicando aqui.
* Em tempo: as vaquinhas coloridas da Cow Parade que invadiram as ruas de São Paulo em 2010, eram cerca de 70 esculturas.
logo mala
MIS Experience
     Muito além da Mona Lisa, a mais abrangente exposição itinerante sobre a vida e o legado do gênio Leonardo Da Vinci inaugurou o MIS Experience, em São Paulo, em 02/11/2019. Além de pintor, o artista foi escultor, cientista, inventor, filósofo, escritor, arquiteto, músico, cenógrafo... O evento não poderia receber nome melhor que "Leonardo Da Vinci: 500 anos de um gênio". Entre tantas invenções e engenhocas, até um protótipo do que hoje conhecemos como "bicicleta" ele imaginou há mais de cinco séculos.
MIS Experience
        Para dar vida à obra do gênio, as peças foram recriadas por artesãos italianos (seus compatriotas) que seguiram os esboços e códices deixados pelo mestre, driblando todas as dificuldades que Da Vinci acrescentava às suas invenções para protegê-las: erros propositais nas anotações, ideias soltas e informações contraditórias que lhe garantiam a 'patente' de suas criações. Algumas dessas anotações só podem ser decifradas diante de um espelho, por isso, a exposição tem uma sala de espelhos (uma pequena cabine, na verdade) em que o visitante experimenta a inusitada situação de se ver por todos os ângulos.
MIS Experience
         Em todas as salas da exposição, há frases - em português e em inglês - inspiradoras e deliciosamente reflexivas do mestre, por exemplo: "O prazer mais nobre é a alegria do entendimento". A minha preferida estava na sala que apresentava Da Vinci como pai da aviação por tentar criar asas que possibilitassem ao homem voar: "Uma vez que você tenha experimentado o voo, sempre andará na terra com os olhos voltados para o céu, pois lá você esteve e lá sempre desejará voltar." Diga se é ou não a cara de todo apaixonado pelas viagens? Lá vai mais uma: "O pé humano é uma obra de arte e uma obra-prima da engenharia". De onde vem essa comparação? Da paixão do mestre pela anatomia. Ele dissecava e desenhava corpos humanos secreta e apressadamente, pois a prática era proibida. Três séculos e meio mais tarde, seus desenhos ricos em detalhes serviram de base do atlas de anatomia clínica Gray's Anatomy.
MIS Experience
     As pinturas expostas são reproduções de alta qualidade, geralmente maiores que as originais justamente para aumentar o impacto provocado no visitante. A Mona Lisa, por exemplo, que tem como tamanho original 77 cm x 53 cm, na exposições ocupa paredes inteiras para que cada detalhe possa ser observado. Entre as obras representadas está La Bella Principessa, o mais recente item atribuído à autoria de Leonardo Da Vinci há pouco mais de duas décadas, o que ainda causa controvérsias entre os especialistas. Várias das obras mais significativas do gênio são projetadas em paredes e grandes painéis na sala mais deliciosa da exposição (primeira foto), onde os visitantes se sentam em bancos espalhados pelo espaço ou no chão, simplesmente para apreciar a arte secular.
MIS Experience
      Depois da sala gigante acontece a imersão no mundo de Mona Lisa, ou do "Retrato de Lisa Gherardini, esposa de Francesco Del Giocondo", como a pintura está nomeada no museu do Louve, em Paris, onde é visitada anualmente por mais de 9 milhões de pessoas. Entre curiosidades, descobertas e detalhes ampliados, o principal foco é mostrar que a Mona Lisa de hoje é bem diferente da pintura executada por Leonardo Da Vinci há 500 anos com cores vivas e delicadas que perderam o vigor e a luminosidade pelo efeito do tempo sobre os pigmentos e de várias restaurações, nem sempre bem sucedidas. Atualmente quem vai ao Louvre, onde a obra está protegida por uma redoma de vidro à prova de balas, enxerga predominantemente os tons de marrom e verde escuro até mesmo no céu que já foi azul e na pele rosada da dama retratada.
MIS Experience
      A obra mais popular de Leonardo Da Vinci nunca foi considerada concluída pelo gênio. Entre 1503 e 1519 (ano de morte do artista) recebeu vários retoques. O dedo indicador da mão direita, por exemplo, não foi finalizado pelo mestre. Os cílios e sobrancelhas de Mona Lisa desapareceram com o tempo sob o efeito dos produtos utilizados na restauração ou mesmo da despigmentação das linhas finas com que foram desenhados. O sorriso enigmático e os olhos que parecem seguir os apreciadores são significativamente diferentes hoje que quando foram pintados. O sorriso original (descoberto com infra-vermelho sob várias camadas de tinta) é mais expressivo e mais acentuado do que aquele que hoje se vê.
     No século XIX, Mona Lisa pertenceu a Napoleão Bonaparte que, ao pendurar o quadro no quarto e no banheiro,  fez com que o verniz próximo aos olhos e ao queixo fosse danificado pelo contato com a água. Essas manchas, que já foram equivocadamente interpretadas como sinais de que a dama retratada tinha colesterol alto, na verdade nada mais são que acidentes com o verniz.
A última ceia - releitura

    La Gioconda (como é conhecida na Itália) já foi roubada, apedrejada e exposta no Metropolitan Museum of New York. Hoje é considerada valiosa demais para ser transportada, por isso, é mantida sob proteção acirrada no Museu do Louvre.
      Na exposição do MIS Experience, é possível 'ser' Mona Lisa por alguns instantes e a experiência fotográfica é bem disputada. A Mônica Lisa, de Maurício de Sousa também está por lá, assim como toda a Turma da Mônica na releitura de A última ceia.
        Além das visitas regulares, o MIS oferece visitas guiadas de 90 minutos de duração em dias e horários específicos que devem ser previamente agendados (consulte aqui) e se esgotam rapidamente. A parte externa do MIS é uma atração em si mesma ao trazer as releituras do Homem Vitruviano, da Mona Lisa e do próprio retrato de Leonardo Da Vinci recriados pelo muralista Eduardo Kobra, paulistano que tem sua arte urbana espalhada por cinco continentes. Eu tive um bônus na visita feita cinco dias após a inauguração do museu: pude apreciar o próprio Kobra terminando suas criações. Incrível!

MIS Experience
Serviço
MIS Experience
Rua Vladimir Herzog, n.75 - Água Branca - SP
Terça a domingo, das 10h às 20:30h
Valores: terça-feira (grátis); quarta a sexta (R$30/R$15); sábados, domingos e feriados (R$40/R$20)
De 02/11/2019 a 1º/03/2020
Ingressos antecipados no site.
logo mala

Entrevendo - obra que dá nome à exposição
       Cildo Meireles é um dos mais importantes artistas brasileiros contemporâneos, embora suas obras não sejam tão populares por serem consideradas conceituais demais. No exterior já foram expostas no MoMA, de Nova York, na Reina Sofia, de Madrid e em 2012, ganharam no The New Museum (também em Nova York), uma retrospectiva que ocupou os três pisos das dependências do museu. É o segundo artista brasileiro a ter uma exposição retrospectiva de sua obra na Tate Modern, em Londres (2008), a primeira foi Mira Schendel. Suas criações inspiram curadores que fazem com que suas obras circulem ao redor do mundo. No Instituto Inhotim, em Brumadinho, sua obra "Desvio para o vermelho", que se constitui de uma sala em que todos os móveis e objetos são cor de sangue, está definitivamente instalada. 
Entrevendo -  Cildo Meireles
            A exposição Entrevendo, aberta no SESC Pompeia, é uma oportunidade de conhecer melhor a obra de Cildo Meireles e de aproximar os conterrâneos brasileiros à arte conceitual desse grande artista após quase duas décadas sem uma grande exposição do artista. São 150 obras criadas entre os anos 1960 e os dias de hoje. Entrevendo (na primeira imagem), é a obra que nomeia a mostra; foi concebida em 1970 e realizada em 1994 e agora convida o visitante do SESC Pompeia a caminhar contra um ventilador de ar quente em uma instalação cilíndrica de madeira, levando na boca dois pedaços de gelo: um salgado e um doce que vão derretendo durante a caminhada. Assim são as obras concebidas por Cildo, vão muito além do campo da visão e estimulam outros sentidos, por vezes o paladar, em outras o tato, o olfato ou a audição, possibilitando assim diversas experiências sensoriais.
Amerikkka - Cildo Meireles
     Embora a arte conceitual seja considerada "difícil de entender", as obras de Cildo Meireles são para serem sentidas e essa interatividade facilita o prazer em apreciá-las. Por exemplo, na obra Amerikkka (1991/2013), inédita no país, o nascimento da América é representado a partir de aproximadamente 17 mil ovos de madeira no chão e 33 mil balas de armas de fogo formando o teto da instalação. Experimente caminhar sobre a base e descubra que 'pisar em ovos' pode ser muito dolorido. Outras obras em grandes escalas expostas nos 3000m2 (Área de Convivência, Galpão e Deck) da exposição convidam o visitante a entrar e participar, intervindo no espaço. Em Eureka/Blindhotland (2013) o visitante tem 201 esferas do mesmo tamanho com pesos totalmente diferentes para experimentar, mover, rolar... Em Volátil, o visitante entra descalço em uma sala e depois sai por uma outra porta, sem contato com quem está na fila aguardando sua vez, ou seja, o mistério se mantém para cada visitante. Não vou aqui dar spoiller e estragar a experiência. Vá e depois tire suas conclusões.
Eureka/Blindhotland (2013)
       As obras de Cildo questionam de maneira reflexiva e inteligente os valores concebidos socialmente. Por exemplo, qual o valor de uma cédula de dinheiro senão aquele que nela está inscrito? O papel é o mesmo. Para nos levar a essas reflexões, o artista produziu algumas notas de reais e de dólares com o algarismo 'zero'. Há ainda uma releitura do Projeto Cédula (1976) em que cédulas circulantes de um cruzeiro foram carimbadas com a pergunta "Quem matou Herzog?" em referência às causas não explicadas da morte do jornalista Wladimir Herzog. Em sua versão mais atual cédulas de R$2 foram carimbadas com as frases "Cadê Amarildo?", em referência ao pedreiro Amarildo Dias de Souza que desapareceu em 2013 após ser levado por policiais à sede da Unidade de Polícia Pacificadora da favela da Rocinha, no RJ. E “Quem matou Marielle?”, referindo-se ao assassinato da vereadora Marielle Franco, também no Rio de Janeiro, em 2018. Essas notas estão circulando, se alguma chegar às suas mãos você decide se vale os R$2 nela inscritos ou tem o valor de uma obra de arte concebida por Cildo Meireles.
Cédulas de zero reais e zero dólares
       O dinheiro é parte integrante de outras obras de Cildo Meireles como Missão/Missões (Como construir catedrais), que ocupa uma grande área formando uma piscina de moedas de 1 centavo espalhadas pelo chão. No teto, sobre o círculo de moedas, estão centenas de ossos de bois. Ligando chão e teto, há uma coluna de hóstias empilhadas. Juntos os elementos representam a colonização: o poder de um lado, escravidão e sofrimento do outro e, no meio, a religião e catequização. 
     Em Olvido, uma tenda em estilo indígena é coberta por cédulas de diversos países sul-americanos, a casinha indígena é cercada de ossos e esses por uma barreira formada por velas empilhadas. Uma crítica à história colonial do continente americano.
Olvido e Missão/Missões
         E como chegar a todas essas interpretações? Os monitores estão ali para ajudar os visitantes a entenderem a essência do artista, além disso, há catálogos espalhados pelos ambientes explicando cada obra e sua história. As instalações amplas e vistosas são uma marca reconhecida do trabalho de Cildo Maireles, porém, a criatividade do artista desdobra-se em diferentes suportes como o desenho, a pintura, a escultura, a criação de sons e os mais inusitados materiais. Mais que entendidas, as obras de Cildo Meireles são para ser sentidas.
Produção de sons com lixas de diferentes texturas
       O prédio do SESC Pompéia já é em si uma atração a ser visitada. Ali funcionou uma antiga fábrica de tambores e a reforma que transformou a construção no que hoje é o SESC Pompeia é um projeto da arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi. A obra começou em 1977 e durou nove anos. Para contar toda a história arquitetônica do prédio e também detalhes da vida da arquiteta Lina Bo Bardi, às sextas, sábados e domingos a programação tem uma visita guiada por educadores patrimoniais. As vagas são limitadas a 30 pessoas por horário (às 11h ou às 15h) e as senhas precisam ser retiradas 30 min antes no hall do teatro.
Prédio e maquete do SESC Pompeia
Serviço
Local: SESC Pompeia
EndereçoRua Clélia, 93, Pompeia - São Paulo - SP
Datas: de 26-09-2019 a 02-02-2020
Visitação: de terça a sábado, das 10h às 21h30 / domingos e feriados, das 10h às 19h30.
Entrada gratuita


     Para saber mais sobre Cildo Meireles assista ao longa metragem sobre sua obra, produzido sob a direção de Gustavo Moura e lançado em 2009. Veja aqui.
Obra de Cildo Meireles

Leia também: atrações em outras unidades do SESC
- Exposição GOLD, de Sebastião Salgado no SESC da Av. Paulista
- Palácio Quitandinha - SESC de Petrópolis
logo mala

       Temporada 2019/2020 de cruzeiros marítimos

       Novembro chegando e com ele inicia-se a temporada 2019/2020 de cruzeiros na costa brasileira. O primeiro navio a chegar é o MSC Fantasia em 20/11/2019, no Rio de Janeiro, e até 14/04/2020 temos navios em águas brasileiras, data em que o Costa Fascinosa parte em direção a Gênova.

              Para ajudar a escolher o seu cruzeiro fizemos uma listinha com informações básicas sobre datas e roteiros de cada navio. As escalas e portos de embarque variam de acordo com as datas e duração do cruzeiro. Escolha o seu e se já tiver escolhido veja as sugestões de passeios e atrações em cada escala.

Pullmantur - Soberano

Foto do site oficial

- Travessia - 18/11/2019 (12 noites) - embarque em Barcelona e desembarque no Recife
- Costa brasileira -  de 04/12/2019 a 27/02/2020
- Embarques - Santos, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Balneário Camboriú
- Nº de noites - de 2 a 7 noites (na costa brasileira)
- Travessia (volta) - 04/03/2019 (11 noites) - embarque em Recife e desembarque em Lisboa.
- Escalas (click nos links) - SantosRio de Janeiro, Salvador, Balneário Camboriú, Búzios.

MSC SeaView

Maquete do MSc Sea View exposta na AbavExpo

- Travessia - 16/11/2019 (20 noites) - embarque em Barcelona, desembarque em Santos
- Costa brasileira - 13/12/2019 a 16/03/2020
- Embarques - Santos, Salvador
- Nº de noites - 3, 4, 6, 7, 8 (na costa brasileira)
Travessia (volta) - 19/03/2020 (16 noites) - embarque em Santos, desembarque em Barcelona
- Escalas (click nos links) - Santos, Búzios, Salvador, Ilha Grande, Ilhéus, Rio de Janeiro, Balneário Camboriú, Porto Belo.

MSC Poesia


MSC Poesia
Travessia - 26/11/2019 (19 noites) - embarque em Gênova, desembarque em Santos
Costa brasileira - 15/12/2019 a 22/03/2020
Embarques - Santos
Nº de noites - 7
Travessia (volta) - 29/03/2020 (22 noites) - embarque em Santos, desembarque em Copenhagen
Escalas (click nos links) - SantosMontevideu, Punta del Leste, Buenos Aires.


Imagem do site CVC Viagens

Travessia - 23/11/2019 (20 noites) - embarque em Veneza, desembarque em Santos
Costa brasileira - 13/12/2019 a 06/03/2020
Embarques - Santos e Itajaí
Nº de noites - 7
Travessia (volta) - 13/03/2020 (22 noites) - embarque em Santos, desembarque em Veneza
Escalas (click nos links) - SantosMontevideu, ItajaíBuenos Aires.

MSC Fantasia

MSC Fantasia

Travessia - 02/11/2019 (20 noites) - embarque em Gênova, desembarque em Santos
Costa brasileira - 20/11/2019 a 06/03/2020
Embarques - Santos e Rio de Janeiro
Nº de noites - 3, 5, 6, 7, 8
Travessia (volta) - 09/03/2020 (19 noites) - embarque no Rio de Janeiro, desembarque em Gênova
Escalas (click nos links) - Santos, Rio de Janeiro, Salvador, Ilhéus, Búzios, Balneário Camboriú, Porto Belo, Ilha Grande, Punta del Este, Buenos Aires, Ilha Bela

Costa Fascinosa

Foto do site oficial da companhia

Travessia - 17/11/2019 (20 noites) - embarque em Savona, desembarque em Santos
Costa brasileira - 07/12/2019 a 03/04/2020
Embarques - Santos
Nº de noites - 3, 4, 6, 7, 8
Travessia (volta) - 14/04/2020 (19 noites) - embarque em Santos, desembarque em Gênova
Escalas (click nos links) - SantosBalneário Camboriú, Ubatuba, Ilhabela, Abraão, Portobelo, Salvador, Búzios, Rio de Janeiro, Cabo Frio.

Costa Pacífica

Foto do site CVC Viagens
Travessia - 16/11/2019 (15 noites) - embarque em Savona, desembarque no Rio de Janeiro
Costa brasileira - 31/12/2019 a 06/03/2020 (o navio se alterna entre Brasil e Argentina em sua passagem pela América do Sul)
Embarques - Rio de Janeiro
Nº de noites - 7 ou 8
Travessia (volta) - 06/03/2020 (17 noites) - embarque no Rio de Janeiro, desembarque em Gênova
Escalas (click nos links) - Rio de Janeiro, Ilhabela, Montevidéu, Buenos Aires

Prévia da temporada 2020/2021:
        A MSC Cruzeiros iniciou as vendas da temporada 2020/2021 em setembro/2019, durante a 47ª Abav Expo. Na próxima temporada a companhia também trará para as águas brasileiras quatro navios: MSC Fantasia, MSC Sinfonia, MSC Preziosa e MSC Grandiosa, que fez o maior sucesso com sua maquete no estande da MSC, e ainda o MSC Orchestra que partirá do porto de Buenos Aires com roteiros pelo litoral brasileiro. Programe-se!
Maquete do MSC Grandiosa

Maquete do MSC Grandiosa
logo mala

Batman 80 - a exposição
           Em comemoração aos 80 anos do Batman, o Memorial da América Latina proporciona aos fãs do Homem-Morcego uma experiência imersiva e interativa em Gotham City para enlouquecer todas as idades, afinal o herói milionário é atemporal em sua eterna aparência entre 25 e 40 anos de idade. São mais de uma dezena de salas cenografadas para ambientalizar os objetos que contam a história de oito décadas do herói.
Mansão Wayne
       Nos portões da mansão Wayne, por onde se entra na exposição, os monitores avisam: "Crianças, não percam seus adultos!" e a advertência faz todo o sentido, pois os pais ficam tão empolgados com tudo por ali que se esquecem que os anos passaram e que agora, além de fãs que finalmente realizam o sonho de adentrar na Batcaverna, são responsáveis pelos filhos que os acompanham. A exposição tem sentido único, sem tempo determinado para cada sala onde principalmente as crianças mais velhas (os marmanjos) se deliciam em selfies e fotos posadas que recheiam o Instagram com as hashtags #batman80 #batmanexpo #batmanexpo80, entre outras. 
        Se você nem é assim tão fã do Cavaleiro das Trevas, ou de super heróis em geral, ou está pouco se importando se #batmanfaz80... mesmo assim não perca!
Batman 80 - a exposição

Por que visitar Batman 80 - a exposição?

         Em primeiro lugar porque a exposição de São Paulo é parte de uma programação oficial mundial em comemoração ao octogésimo aniversário do Homem-Morcego e  foi criada em parceria com a Warner Brasil mediante licença da Warner Bros. e da DC Comics. No dia 21 de setembro, para celebrar o Batman Day, onze cidades ao redor do mundo emitiram o Bat-sinal de pontos estratégicos. Em São Paulo a ação aconteceu em um dos prédios da Av. Paulista. As outras cidades foram Melbourne (Austrália), Tóquio (Japão), Berlim (Alemanha), Paris (França), Barcelona (Espanha), Londres (Reino Unido), Montreal (Canadá), Cidade do México (México), Nova York e Los Angeles (Estados Unidos). Ou seja, não é uma simples exposição, é um evento mundial.
Bat-sinal na exposição Batman 80
          Em segundo lugar, porque a experiência inédita conta com um acervo de mais de 500 peças de colecionadores e itens raros como gibis antigos e brinquedos de todos os tempos: bonecos, roupas, carros ... alguns bem curiosos como o boneco de Bruce Wayne que troca de roupa e foi produzido em uma edição limitada a apenas 200 exemplares vendidos com exclusividade na loja F.A.O Schwarz, em Nova York (2008), ou a pistola de água produzida em Hong Kong em 1966 um tanto fora dos padrões: a água é colocada pelo traseiro do boneco inclinado, para espirrar aperta-se um pino saliente entre as pernas do boneco que cospe a água pela boca. No mínimo estranho, veja a foto abaixo. Muitos desses brinquedos expostos os visitantes vão reconhecer como aquele que tiveram quando criança ou que gostariam de ter tido.
Brinquedos colecionáveis do Batman
        Boa parte do acervo exposto pertence à coleção de Marcio Escoteiro, advogado carioca, considerado o maior colecionador do Batman do país e um dos maiores do mundo. Sua coleção tem cerca de 7 mil itens que ficam em sua própria casa na Barra da Tijuca e guardados em depósitos no Rio. Cerca de 1% da coleção está exposto no Memorial da América Latina. Essas peças estiveram presentes também na exposição Quadrinhos, que ficou 6 meses em cartaz no MIS (Museu da Imagem e do Som) entre 2017 e 2018 e teve como grande atração justamente a BatCaverna.
BatCaverna
           Além da BatCaverna e da mansão Wayne, onde os pais de Bruce Wayne foram assassinados quando ele tinha apenas oito anos de idade, o trajeto da exposição explora outros locais de Gotham City onde vivem pessoas que fazem parte da vida e da história do bilionário Homem-Morcego, como o apartamento da Mulher-Gato (Selina Kyle) e o asilo Arkham - o hospital psiquiátrico onde são confinados os criminosos psicóticos inimigos do Batman: Charada, Vaga-lume, Pinguim, Cara de Barro, Ventríloquo, Silêncio, Duas-Caras... Já eu maior inimigo,  o maior vilão vilão dos quadrinhos, tem um espaço exclusivo na exposição: o covil do Coringa.
Asilo Arkham e seus vilões
         A interatividade da exposição está por todos os lados, então fique atento para não perder nada. Na mansão Wayne olhe para as janelas onde de tempos em tempos passam morcegos voando e os vidros se estilhaçam; no apartamento da Mulher-Gato (todo rosa), além dos gatos na janela, atenda ao telefone para ouvir a voz da moradora e faça uma selfie na banheira dela. Também dá para ser Harlequina, em um painel para colocar o rosto, e participar das brincadeiras do Coringa com máscara do Batman em 3D.  No mapa de Gotham City clique nos pontos numerados piscando na tela e descubra mais sobre cada um dos locais. Além disso, não tenha pressa e aproveite cada áudio disponível na exposição, faça cada uma das leituras descritivas sobre as peças, tire todas as fotos que desejar... porque quando se chega à última sala e a próxima porta é a da saída é impossível evitar um Ahhh!! de lamento por ter chegado ao final.
Interatividade na exposição Batman 80 anos
         Quer mais um motivo para visitar a exposição? A curadoria é da empresa de cenografia Caselúdico que tem em seu portfólio outras exposições memoráveis como Castelo Ra-Tim-Bum (Memorial da América Latina/2017), espaço de Memória do Farol Santander, Quadrinhos (MIS/2018), Mickey 90 anos (Shopping Iguatemi JK/2019), entre várias outras. Ou seja, se veio dessa turma pode esperar que é coisa boa! Tanto que o Fantástico, antes mesmo da abertura da exposição ao público, fez uma matéria especial para aguçar nossa vontade de ver de perto o mundo do Homem-Morcego. Veja aqui.
Peça da exposição Batman 80 anos
           Além dos ambientes internos da exposição, a diversão e as fotos começam antes mesmo de se atravessar os portões da mansão Wayne com os carros e painéis que ficam no lado de fora. Quando estivemos lá, em um sábado pela manhã, estava acontecendo no auditório ao lado a formatura de 200 alunos de Pedagogia e tenho certeza que nenhuma outra turma terá um álbum tão original quanto o daqueles formandos de beca ao lado do Batmóvel, do Robin ou na entrada secreta da BatCaverna. A experiência continua na praça de alimentação tematizada que, assim como a loja e as peças externas da exposição, tem acesso livre, sem a necessidade de ingresso. Mas lá dentro há muito mais a ser visto, não se contente com tão pouco.
Painel externo da exposição Batman 80 anos

Site oficialBatman 80 Expo
Ingressos: R$35 (de terça à sexta-feira, das 12h às 21h)
           R$45 (sábados, domingos e feriados, das 10h às 21h)
(Meia-entrada para estudantes, idosos, professores e portadores de necessidades especiais conforme legislação vigente. Entrada gratuita para crianças até 4 anos)
Período: de 05-09-2019 a 15-12-2019
Local: Memorial da América Latina (portões 8, 9 ou 13)
EndereçoAv. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda - SP
Batman 80 anos - a exposição
logo mala

Armandinho e o caderno do Batman

Leia também
Olá, Maurício - exposição gratuita sobre os 60 anos de carreira de Maurício de Sousa no Centro Cultural FIESP da Av. Paulista.
Mastercard Surpreenda

     Que 'para viajar mais é preciso gastar menos' ninguém questiona, mas se os gastos cotidianos são inevitáveis, ainda assim dá para converter parte desses gastos em benefícios. Algumas dicas  nós demos em '7 dicas para economizar na próxima viagem', hoje vamos falar do Mastercard Surpreenda, o programa que transforma seus gastos com cartões de crédito de bandeira Mastercard em pontos que você troca por vouchers para adquirir produtos em dobro dos parceiros: compre um, leve mais um. 
        Em primeiro lugar é preciso cadastrar seu(s) cartão(ões) no site do programa e a cada fatura paga ir acumulando pontos que são computados automaticamente em seu perfil. Os vouchers resgatados utilizam 10 ou 15 pontos em cada produto trocado no esquema 'compre 1 e leve 2'. Grande parte dos parceiros são do ramo de alimentação, por isso é uma boa opção durante as viagens, principalmente porque a maioria das marcas parceiras do programa estão nos grandes shoppings, das grandes cidades... e quem mora em cidades onde essas marcas não estão presentes não consegue aproveitar essa promoção. 
       Eu, por exemplo, só tive oportunidade de trocar em minha própria cidade vouchers do Mc Donalds e do Habib's. Já em destinos turísticos a probabilidade de aproveitar as promoções é bem grande, então não custa se programar um pouquinho e incluir no check list de viagem uma olhada no site do Mastercard Surpreenda para conferir os estabelecimentos que você encontrará no destino para onde for, principalmente nos shoppings mais próximos de seu hotel. Afinal, de nada adianta economizar na alimentação e  gastar no transporte, certo? Bem, para mim, ter um shopping por perto é pré-requisito para a escolha do hotel, especialmente por conta da praça de alimentação que permite desde lanches rápidos até refeições mais sofisticadas. O hábito vem de quando minhas filhas eram pequenas, por conta dos supermercados, e nunca saiu de minhas preferências.
       Os voucher são válidos por 15 dias após resgatados e cada parceiro tem suas próprias regras que estão descritas em "Termos e condições" de cada item que você escolher no site para regate. Além disso, para validar a promoção é preciso pagar sua compra com cartão Mastercard.  Confesso que já perdi alguns voucher por conta das diferentes regras de cada parceiro que me passaram desapercebidas, por exemplo:
Alfajores Havanna
Havanna - o voucher regatado (10 pontos) não pode ser utilizado em lojas físicas da marca (eu tentei na loja do Shopping Ibirapuera, em SP), apenas em compras pelo site parceiro do programa que oferece alfajores em caixas de 6 ou 12 unidades, nos sabores chocolate, cacau ou sortidos; além de doce de leite em potes de 450gr ou 800gr, galletitas de limão e outros produtos sazonais (ovos de Páscoa, por exemplo). Poderia ter utilizado o voucher depois, já que a compra pode ser feita pela internet, mas não achei vantajoso, pois além dos preços acima daqueles praticados nas lojas físicas, ainda há o valor do frete.
Pizza Hut promoção Mastercard Surpreenda
Pizza Hut - a promoção vale apenas para as lojas da grande São Paulo, com exceção do Shopping Raposo Tavares. Cada voucher resgatado (10 pontos) dá direito a comprar um e ganhar outro produto igual entre os integrantes da promoção: pizza, breadsticks pepperoni ou slider de brigadeiro. O detalhe das 'letras miúdas' é que o voucher precisa ser impresso, ou seja, na contramão do consumo sustentável, a Pizza Hut quer papel. Tentei utilizar o voucher que estava no celular na loja do West Plaza e não houve negociação. O atendente apenas repetia "só voucher impresso". Como a promoção é válida apenas para São Paulo, voltei para casa com três cupons que não puderam ser utilizados.

        Como encontrar uma boa promoção "não tem preço", tenha paciência (e leia as letrinhas com atenção) que vai dar certo:
Outback promoção Mastercard
Outback - Com 15 pontos se resgata o voucher para uma mais uma Bloomin’Onion ou Kookaburra Wings, ou ainda a combinação das duas, que foi o que escolhemos. Ambas as opções são deliciosas, o detalhe indigesto para o qual não me atentei é que a promoção é válida de segunda a quinta-feira, com exceção dos feriados. Lá estava eu desistindo de mais um cupom Mastercard em um sábado à tarde, no West Plaza, em SP, quando o gerente Lucas saiu da loja e veio nos convidar a entrar pois abriria uma exceção aceitando o voucher. O mais interessante é que eu havia lido internet a fora que o atendimento da Outback Steakhouse muda quando se utiliza vouchers da promoção Mastercard Surpreenda, não foi o que aconteceu, pelo contrário, fomos extremamente bem atendidas. Nosso atendente (Leandro) se desculpou pela falta de kiwí para a caipirinha que pedi e precisei trocar por morango; a surpresa foi quando chegou em minha mesa justamente a caipirinha de kiwí, pois mandaram buscar a fruta no supermercado do shopping. Fomos conhecer a cozinha impecável em organização e higiene. Depois de tanta atenção, ao fecharmos a conta, Leandro nos perguntou se poderia acrescentar os 10%... claro que sim! Detalhe: não, em nenhum momento eles souberam que eu era autora de um blog de viagens.
Cookies da Mr. Cheney
Mr. Cheney - o café especializado em cookies e receitas americanas tem promoção válida de 'compre um cookie e ganhe mais um' (10 pontos) em qualquer dia da semana, com voucher mostrado no celular e atendimento de primeira. Trocamos nossos voucher no West Plaza, em SP. Os cookies são diferenciados, macios, em vários sabores e com a opção de serem aquecidos na hora de servir. A promoção não vale para sabores especiais (mais caros) e para o aeroporto do Galeão-RJ. Lembrando que em qualquer um dos parceiros é utilizado um voucher 'por produto' e não 'por compra', ou seja, se você quer comprar três cookies (para ganhar mais três), resgate três vouchers.
Amor aos pedaços - mais uma troca deliciosa e sem complicações. A cada 10 pontos é possível resgatar um voucher para um dos docinhos preferidos em toda festa: brigadeiro tradicional, brigadeiro branco ou bicho-de-pé. A lista de lojas participantes está nos "termos e condições" da promoção e são todas em São Paulo capital. Troquei meus voucher no Shopping Bourbon apenas mostrando os códigos que a atendente anotou. Ainda estava na loja quando entrou uma moça também com voucher da Mastercard e  atendimento foi exemplar. Lembre-se que se quiser saborear os três sabores de docinhos é preciso resgatar três vouchers, ou então, se deliciar com dois deles comprando um sabor e escolhendo outro grátis. Pelo menos, ali na loja do Shopping Bourbon isso era possível.
Mc Donalds na promoção Mastercard Surpreenda
Mc Donalds - a promoção tem sunday de chocolate ou caramelo, batata frita média e nuggets. A cada 10 pontos você compra um produto e resgata outro igual. Após receber o voucher, é preciso entrar no site da promoção e colocar o código no espaço determinado para gerar cupom específico para um dos produtos escolhidos. Esse cupom final é enviado no e-mail indicado para ser utilizado na loja escolhida, onde a atendente vai copiar o código alfanumérico para liberar a promoção. Parece complicado, mas é light, chegando na loja como o cupom definitivo não há mais burocracia. Não vale para o serviço de delivery e drive thru. 
logo mala