Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

19 de julho de 2010

Viagem frustrada

        Em abril/2009 fechei uma viagem para Santiago do Chile e comecei a “estudar” o roteiro. Quanta animação!! Viajaríamos em agosto... se não surgisse a tal “Gripe Suína”, que transformou sonhos em pesadelos nas férias de muita gente.
          No auge da epidemia de H1N1, Ricardo Freire escreveu no site Viagem na Viagem: Se você resolver mesmo viajar, vá com espírito de aventura, sabendo que vai ter histórias para contar. (Desde “eu fui à Argentina no auge da gripe suína e não aconteceu nada, haha” até “eita, inventei de ir à Argentina em plena gripe suína e passei cada perrengue na volta…)”
                                                                                             
Guias e revistas de viagem sobre Santiago no Chile     Pois é, eu escolhi não ter histórias para contar e cancelei tudo. Restou a frustração de uma viagem cancelada, a dor de cabeça para restituir os valores pagos (o hotel, por exemplo, paguei à vista) e muito material informativo sobre Santiago e arredores: revistas, guias, mapas, dicas do Orkut...
       Aprendi bastante sobre Santiago, realmente viajei sem sair de casa. De vez em quando aparecem, via Orkut, pessoas que leram minhas mensagens na comunidade e querem informações. Algumas eu até consigo dar! Muitas dicas tirei de uma comunidade no Orkut, chamada "Santiago - Chile (dicas)". Não era uma comunidade com muitos membros, mas só de gente que sabia o que dizer, inclusive moradores da capital chilena. Tem também um grupo de contatos do MSN onde trocam experiências, respondem dúvidas e até treinam espanhol pra evitar as armadilhas do "Portunhol".

O que eu aprendi e concluí sobre Santiago do Chile
Localização do hotel Diego de Velazquez, em Santiago, no Chile.
- Melhor bairro para me hospedar: Providência - Encontrar hotel que acomoda a família (2 adultos e 2 crianças) em um único apartamento é missão árdua. O mais recomendado pelo custo benefício foi o Diego de Velasquez, mas os quartos eram pequenos demais e não confirmavam a reserva. Então o próprio hotel indicou o Andes Suítes, que fica a meio quarteirão e é do mesmo dono. O inconveniente é que o café da manhã é servido no Diego de Velazquez. http://www.hoteldiegodevelazquez.com/ http://www.andes-suites.cl/

- Melhor meio de transporte é o metrô, mas táxi também é barato em relação ao que pagamos no Brasil. A vantagem do táxi é que você “vê” a cidade enquanto vai de um lugar para outro. http://www.metrosantiago.cl/ 

- É uma cidade tranquila. Há Carabineros (polícia) por toda a parte.

- O melhor lugar pra trocar dólares por pesos é na Calle Agustinas, por ter várias casas e, consequentemente, ser possível pesquisar.

- Comida chilena é 8 ou 80: ou não tem tempero ou é cheia de pimenta, páprica e curry. Mas todas as redes de fast food se encontram por ali.

- Nossa ideia incial era ver neve, mas a cidade e arredores oferecem tantas opções, que for fim decidimos ir apenas 1 ou 2 dias para as estações de esqui. É muito difícil escolher o que deixar de fora entre museus, vinículas, praias, parques, compras, etc

- Estação de esqui no Chile é pra quem vai esquiar. Parece obvio, mas me surpreendeu quando descobri que não há muitas opções para quer quer só passear.

Vou separar outros posts por assunto e reunir tudo aqui porque não desisti de Santiago, só adiei por tempo indeterminado.


4 comentários:

  1. Muito intereesante seus comentários sobre Santiago do Chile. Tô indo pra lá amanhã e anotei tudo!!! Grato!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Silmara,

    Estou indo para Santiago agora em março de 2011. Gostei muito das suas dicas! Estou lendo tudo aqui!

    Petter

    ResponderExcluir
  3. "porque não desisti de Santiago, só adiei por tempo indeterminado."

    Oi Silmara, quando li, não pude deixar passar em branco. Afinal acabamos ficando no mesmo "barco". bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Silmara
    Viajei para Santiago em Agosto de 2011, na verdade pelo mesmo motivo, férias frustradas pelo vulcão chileno para Bariloche, então optei pelo Chile, tenho um blog também sobre as minhas viagens (estou começando ainda!) e já postei algumas informações sobre o Chile, se quiser alguma informação ou os seus leitores é só acessar: viagensdafamiliacarvalheira@blogspot.com
    Abraços,
    Flávia

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.