Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

27 de julho de 2010

Saindo de férias com crianças (check list)

Quem viaja com crianças precisa de um cuidado especial na hora de arrumar as malas, uma dose extra de atenção para não esquecer nada, pois, algumas coisas podem ser facilmente substituídas com uma passadinha na farmácia ou no supermercado, outras ficam bem mais difíceis.


Minha mala atual é uma viagem de praia, para Porto Seguro. Após o mapa que ajuda na localização das praias, vem uma listinha de itens que quem viaja com crianças não pode esquecer.

Mapa de localização  das praias de Porto Seguro e Região

Mesmo viajando no verão, além de roupas para todos os climas, quem viaja com crianças não pode se esquecer de:

- Reforçar a farmacinha (a minha tem até bolsa de gel para compressa quente ou fria, porque já precisei);

- Repelente de insetos;

- Brinquedos para o carro, ônibus ou avião;

- Brinquedos para a areia. Aqueles baldinhos são caríssimos nas cidades turísticas e se você for comprar para trazê-los para casa, já leve na mala de viagem.

- Se o bebê for pequeno, uma piscininha inflável ajuda muito na praia;

- Boia de braço ou de corpo para divertirem-se com segurança na piscina do hotel;

- Talheres (eu sempre esqueço e tenho que comprar colher para o iogurte);

- Procure saber antes de viajar onde poderá ser atendido pelo seu plano de saúde em caso de necessidade;

- Leve o telefone do pediatra ou outro especialista que já conhece a criança;

- Chegou ao destino, procure um mercado e abasteça o frigobar com iogurtes, achocolatados e outros itens para lanchinhos da criançada;

- Agências oferecendo passeios tem aos montes, procure por uma que negocie o valor das crianças (geralmente até 10 anos);

Na bagagem de mão não pode faltar: 
- Itens de higiene (fraudas, lenços umedecidos, escova de dente, etc); 
- Uma troca de roupa; 
- Um agasalho mais quentinho; 
- Uma toalha de banho (já serviu até como cama no chão do aeroporto com voo atrasado 5h); 
- Toalhinha de mão e boca; 
- Lanchinho (bolachas, frutas, etc); 
- Um brinquedinho para passar o tempo; 
- Remédios, principalmente para ouvido e nariz; 
- Chicletes para os maiorzinhos mascarem no pouso e evitar dor de ouvido; 
- Documentos e afins;
- Disposição para aguentar o pique das crianças e a certeza de que viajar com filhos é tudo de bom!

logo mala

26 de julho de 2010

Fazendo as malas

       Posso ficar um mês inteiro em casa que não vou descansar tanto quanto uma semana longe de tudo que faz parte do meu dia a dia. Achei pela internet a fora, no Beto no Blog, exatamente o que sinto:

"Acordo sentindo falta de mar, cansado das paredes da minha casa, olhar pela mesma janela. Quero espiar por outros espaços, sentir outros cheiros, escutar outras palavras (...)"

Então vamos às malas:
Não sei você, mas eu arrumo a mala da família inteira com o maior prazer.
- Dependendo da ansiedade para a viagem, você vai começar a arrumar a mala faltando 1 mês para viajar! Mas mesmo que sua ansiedade esteja sobre controle comece pelo menos uns 3 dias antes da data da partida.
- Faça uma lista com tudo que vai precisar e vá acrescentando itens conforme for se lembrando. A maior parte desses intens podem ser comprados onde você estiver, mas custam mais do que eles valem, você vai perder tempo e pode precisar daquela pinça na hora mais improvável.
- As agências de viagem geralmente entregam um checklist com itens básicos. Use-o, sem dúvida é um bom começo.
- São 4 pessoas na família? Prefira levar 4 malas mais vazias que 3 malas cheias para diminuir bagagem. Na volta isso geralmente é um problema por conta das "comprinhas" feitas na viagem.
- Leve uma bolsa de viagem vazia, ela poderá voltar cheia.
- Lembre-se: se houver danificação de sua mala depois de despachada, zíper estourado por exemplo, é muito difícil (ou impossível) conseguir reembolso pelos danos se for comprovado excesso de bagagem.
- Eu misturo a roupa de todos em todas as malas. Pode parecer desorganizado, mas se uma mala extraviar, ninguém ficará sem o que vestir até que ela seja localizada.
- Coloque tudo que vai levar sobre a cama antes de guardar na mala. Separe a quantidade de roupas de acordo com os dias que vai estar viajando e acrescente mais algumas extras.
- Leve roupas que se combinam: uma bermuda que pode ser usada com 3 blusas, por exemplo.
- Prefira roupas que não amassam. Eu não levo ferro de passar de jeito nenhum.
- Etiquete as malas por dentro e por fora. Eu coloco meu endereço, telefone e o hotel onde estarei hospedada de tal até tal data.
- Líquidos (shampoos, cremes, loções, etc) e objetos pontiagudos (tesouras, alicates e afins) devem ir na bagagem que será despachada. É proibido levá-los na bagagem de mão.
- Calça jeans, moleton, tênis, botas, ocupam muito espaço na mala. Se você vai para a praia e levá-los é apenas uma prevenção, use essas peças para viajar. No corpo elas não pesam tanto quanto na bagagem.

Velhos truques:
- Meias e pequenos objetos vão dentro dos sapatos.
- Leve o shampoo e o condicionador pela metade. Menos peso e mais espaço na mala ao voltar.
- Roupa íntima pode ser a mais velhinha para ir pro lixo depois de usada.
- Se a mala não está cheia, a roupa pode amassar com mais facilidade. Preencha o espaço vazio com um travesseiro velho para ser deixado pra trás na volta.

Na bagagem de mão:
- Um agasalho, pois na cabine do avião faz frio.
- Netbook, tablet ou afins. Respectivos carregadores.
- Remédios, em alguns casos com as respectivas receitas.
- Uma muda completa de roupa.
- Objetos de uso pessoal de primeira necessidade (escova, creme dental, pente, etc).
- Dinheiro, documentos, vouchers.
- Joias. Poucas, use o bom senso.
- Equipamentos eletrônicos e carregadores.

Check list

Que será diferente de acordo com o tipo de viagem: frio ou calor; uma semana ou 3 dias, passeio ou trabalho, etc

ROUPAS 
❏ Calças jeans
❏ Calça social
❏ Bermuda/Shorts
❏ Camisas
❏ Camisetas
❏ Meias
❏ Roupas íntimas
❏ Pijama/Camisola
❏ Moletons
❏ Cangas/Saídas de banho
❏ Maiô/Sunga
❏ Sobretudo
❏ Jaqueta
❏ Vestidos
❏ Saias

CALÇADOS
❏ Sandália
❏ Chinelo
❏ Botas
❏ Sapato social
❏ Tênis

ACESSÓRIOS PESSOAIS
❏ Óculos de sol
❏ Óculos de grau
❏ Lente de contato
❏ Cintos
❏ Jóias
❏ Acessórios
❏ Bolsa/carteira social
❏ Fivelas/Elásticos
❏ Chapéu/Boné
❏ Relógio

COISAS ÚTEIS
❏ Talheres (p/ crianças)
❏ Isqueiro
❏ Fita adesiva
❏ Botões
❏ Kit costura
❏ Barbante
❏ Lápis/Caneta
❏ Agenda/Caderninho de anotações
❏ Secador de cabelos

BÁSICOS
❏ Máquina fotográfica
❏ Filmadora
❏ Pilhas
❏ Adaptador
❏ Transformador
❏ Dicionário
❏ Telefones úteis
❏ Guia de viagem
❏ Mapas
❏ Guia de Albergue
❏ I-POD/Discman
❏ CD

HIGIENE PESSOAL
❏ Escova de dente
❏ Fio dental
❏ Pasta de dente
❏ Cortador de unhas
❏ Lixas de unha
❏ Alicate de cutícula
❏ Esmalte e removedor
❏ Pente
❏ Escova de cabelo
❏ Tesoura
❏ Shampoo
❏ Condicionador
❏ Sabonete
❏ Creme hidratante
❏ Talco
❏ Band-aid
❏ Cotonete
❏ Maquiagem
❏ Absorventes
❏ Esponja para banho
❏ Protetor solar

OUTROS (complete sua lista)











Boa viagem!
mala

25 de julho de 2010

Esqui na América do Sul

capa da revista especial da Viagem e Turismo sobre esqui na América do Sul.
Esse é o título da Edição Especial da VT, lançada em maio/2010 que conta tudo sobre o esqui na Argentina e no Chile. Desde pacotes, crianças esquiando, novidades das estações mais badaladas e apresenta estações pouco conhecidas como Antillanca e Chapa Verde, no Chile; La Hoya e Caviahue, na Argentina.

A jornalista Talita Ribeiro escreveu sobre os pacotes para Bariloche e eu dei minha opinião sobre o pacote oferecido pela CVC. Minhas filhas amaram se ver na revista. Isso foi bom, o ruim foram as cobranças sobre quando vamos para Bariloche de novo.

Para quem está esperando agosto, o auge da neve para esquiar, a revista é um ótimo guia para iniciantes e iniciados no esporte. Meu exemplar será guardado com muito carinho, pois vou precisar muito dele em 2011 e além disso foi enviado gentilmente pela Talita Ribeiro. Muito obrigada.


Matéria da Revista Viagem em Turismo sobre esqui na América do Sul.
    Essa foto é daquelas que só o fotógrafo contratado (e bem posicionado) consegue tirar. Nem sempre valem o custo benefício, a minha por exemplo está desbotando, mas jamais eu deixaria de trazer esses sorrisos pra casa!


       Para matar a saudade dei uma espiadinha em Bariloche através da câmera ao vivo do Centro Cívico e vou deixar aqui esse link que eu adoro:

24 de julho de 2010

Viña del Mar e Valparaíso - Chile


Localização de Viña del Mar e Valparaíso
        Esse é um passeio para o dia todo, saindo e voltado a Santiago. Quem chega a Viña ou Valpo de ônibus, sem agência, deve ter um roteiro pré-definido do que fazer e onde ir. É preciso saber por onde começar para não perder muito tempo e conhecer todos os lugares atrativos. Os pontos turísticos estão espalhados pelas duas cidades.

Quinta Vergara
Por exemplo, poucos turistas conhecem a Quinta Vergara, um lugar muito lindo para se visitar, que fica perto do terminal de Viña del Mar. A poucos metros do Cassino existe um Bar de gelo (Antarctic Ice Bar) onde tudo: copos, cadeiras, mesas, paredes... estão feitos de gelo e o lugar tem uma temperatura de -5°C sempre.(vídeo no final do post)

Quinta Vergara
As agências cobram em média USD50 pelo passeio, desde Santiago do Chile. Outra opção é usar o metrô e as linhas de ônibus e na rodoviária onde chegar contratar uma agência local que leva aos principais pontos turísticos.

Se estiver de carro ou com uma agência onde é possível negociar o roteiro, saiba que no caminho pra Valparaíso e Viña del Mar pela Ruta 68, você passa pelo Vale do Casablanca, onde existem 4 viñas para visitação: Veramonte, Emiliana, Viña Mar e Indomita.

Para ir sem agência: tome o metrô com destino à estação “Universidad de Santiago”, que fica na linha 1 (vermelha). Preste atenção, pois nesta linha há 3 estações com nome “Universidad”: Católica, do Chile e de Santiago. Tome a saída sul saindo no Terminal Alameda, que é um dos 3 terminais rodoviários de Santiago. Subindo as escadas rolantes, estão os guichês das empresas de ônibus: Pullman à esquerda e Turbus à direita. Compre os bilhetes de ida e volta. Comprando as duas juntas fica mais barato e o bilhete de volta fica em branco, você volta a hora que quiser. Você pode escolher ir por Viña e voltar por Valpo ou fazer o contrário. O tempo de viagem é praticamente o mesmo (cerca de 1:30h) Ao sair deste terminal, o ônibus ainda para em um outro, que é o terminal de Pajaritos.

LhamaValparaiso é uma cidade portuária, que fica colada com Vina del Mar, com casinhas montadas em morros. Recebe dezenas de cruzeiros durante todo o ano, e é a principal porta de entrada e saída marítima do país. Lá também ficam os (poucos) navios de guerra do país! A cidade é tombada pelo patrimônio histórico da ONU, tudo é cultura.
Visite o Cerro Bellavista, donde se tem uma vista incrível do Pacífico e do porto, além das casas do local, bem pitorescas.
Não deixe de conhecer a casa de Pablo Neruda (La Sebastiana) e almoçar no Restaurante Giratório, tendo uma visão geral do porto. Suba ate o mirante tire boas fotos, faça um breve city tour, aproveite a feirinha do mirante e vá correndo para Vina del Mar! Cobram 5 dólares pra tirar foto com uma llama.

Fruta ChilenaVinha Del Mar fica do lado de Valparaíso. É uma praia para a socialite do Chile. Lugar que vale a pena conhecer. É uma cidade moderna, com seu famoso hotel-cassino que lembra o de Mônaco, e uma grande quantidade prédios luxuosos. Há o relógio de flores, e as praias do Pacífico, lindas, embora com águas muito frias.
Passear por Reñaca, almoçar em Concon e não perder o pôr do sol.

Museo Fonk, onde tem um moai original da ilha de Páscoa. Em frente ao Cassino existe uma praça muito bonita e, seguindo a orla mais alguns metros á frente, há uma praça com playground e outras atrações para crianças e também algumas lanchonetes. Experimente o famoso sorvete de lúcuma, uma fruta típica do Chile. Lá é possível ver leões-marinhos.



23 de julho de 2010

Outros passeios em Santiago do Chile

         Nem de longe dá pra esgotar as opções de passeios que Santiago oferece. Uma dica é procurar a Sernatur e lá buscar material sobre muitos outros pontos e passeios turísticos como o Tren del Viño, Restaurante Giratório, Viña del Mar, Valparaíso e muito mais...

Vista da cidade de Santiago do Chile
- Sernatur É um centro turístico onde dá pra pegar um mapa da cidade e um mapa turístico, dentre outros folhetos. O atendimento é rápido e simples. Peça pacotes de turismo para as montanhas, litorais e vinhedos e o atendente agenda tudo pra você, e por ótimos preços. Av. Providência, 1550 (entre estação Pedro Valdívia e Los Leones – linha 1 do metrô). Domingo não abre.

Praça em Santiago do Chile

Parque Florestal - Na borda do Rio Mapocho, que cruza a cidade. Suas alamedas sombreadas o levam ao Museu de Belas Artes e à ponte Pio Nono. O parque é aberto e tranqüilo. Mas à noite não é recomendável passear por ali.

Museu de arte em Santiago do Chile




Museo Nacional de Bellas Artes - O acervo supera 5 mil peças, entre pinturas, esculturas, gravações e desenhos de artistas de todo o mundo. - Parque Forestal, s/nº, 633-0655. 10h/19h (ter. a dom.).
Bairro Bella Vista, La Chascona(Neruda).


Cajón del Maipo - Santiago do Chile




Cajón del Maipo - Apesar de ser pouco divulgado como ponto turístico, é muito frequentado pelos santiaguinos. É ótimo para quem gosta de Turismo Aventura. Existem agências especializadas em Rafting, trekking, entre outros. As paisagens são de tirar o fôlego e muito diferentes das brasileiras.

Barris de vinho em vinícola de Santiago do Chile


Vinícolas

_ Concha y Toro – Você conhece a antiga casa da família, os vinhedos e antigas adegas, a do vinho Casillero Del Diablo, protegida pelo fundador, Don Melchor, com a anedota de que o diabo morava ali, é o hit.


Plantação de uva em vinícola de Santiago do Chile

Cousiño Macul - tem um ar mais familiar. Dá pra ir de metrô até a última estação e só mais um trechinho de taxi! En metro, tome la linea 4, bájese en la estación Quilín y diríjase al oriente. La entrada a la viña se encuentra a alrededor de 2.000 metros a la izquierda
http://www.cousinomacul.cl

Vinícola Undurraga, em Santiago do Chile

- Undurraga - Super charmosa. Os guias simpáticos e os preços valem a pena. No pacote estará incluso a taça da degustação que é gravada com o nome da vinícola. É menos comercial que a Concha y Toro.


Estádio em Santiago do Chile onde o Brasil ganhou a Copa do Mundo de 1962.


Estádio Nacional - o Brasil ganhou uma Copa do Mundo lá, em 62. Pra quem quiser ir de metrô, basta tomar a Linha 5, verde, e descer na estação Nuble. A entrada lateral do estádio fica a cerca de 3 quadras da estação. Chegando lá, dirija-se ao depatamento de “Comunicaciones y Marketing”, para pegar uma autorização e visitar as dependências do estádio. Pode-se ir ao campo (mas não pode pisar o gramado), pista, bancos de reserva, arquibancadas, cabines de rádio e dependências internas. Do lado de fora, pode-se visitar quadras de tênis, velódromo, piscinas, jardins, etc. O Estádio Nacional fica na Calle Pedro de Valdívia, sentido sul! Sao visitas guiadas de segunda a quinta de 09:00 a 13:00 - 15:00 a 17:00 horas, sexta de 09:00 a 13:00 e 15:00 a 16:00.
sescanella@chiledeportes.gov.cl
mala

22 de julho de 2010

City Tour em Santiago do Chile

Eu não abro mão desse passeio que muita gente considera chato ou só "obrigatório". Eu adoro city tour! Em Santiago as opções para fazê-lo são muitas:

- Pode-se contratar uma empresa de turismo receptivo e pagar em torno de USS30 pelo roteiro determinado por eles;

- Contratar o serviço de um guia e fazer um "walking tour", usando, se for necessário, o serviço de transporte público da cidade;

- Turistik Bus - um ônibus double deck, tipo os Londrinos. Uns são abertos outros fechados em cima. Tem guia em todo percurso mas, as explicações são com som mesmo. Você pode descer e subir onde e quando estiver a fim, entre as 9h30 e 18h30. Paradas:

1.- Plaza de Armas: calle Monjitas frente al #821 Ônibus turístico em Santiago do Chile
2.- Mercado Central: calle Puente frente al #889
3.- Plaza de la Constitucion: calle Teatinos frente al #254
4.- Santa Lucia: Av. Libertador Bernardo O'Higgins frente al #406
5.- Providencia: calle Lota frente al #2229
6.- El Golf: Av. Vitacura frente al #2841
7.- Parque Arauco: modulo TURISTIK ubicado en el Boulevard de Parque Arauco
8.- Alonso de Cordova: Av. Alonso de Cordova frenta al #3107
9.- Sheraton: frontis Hotel Sheraton:
10.- Bellavista: Av. Bellavista frente al #112
11.- Museo Nacional de Bellas Artes: frontis Museo Nacional de Bellas Artes
- Ou conhecer o centro da cidade por conta própria, de metrô. Eu "estudei" o guia de Santiago, peguei as dicas no Orkut, pesquisei no Google Earth, e o meu roteiro ficou assim:
- Metrô - Descer na Estação Moneda e visitar:

Localização das atrações turísticas do centro de Santiago do Chile.
- Palácio la Moneda - Troca de guarda dia sim, dia não, às 10h em ponto, e termina às 10:30. Coisa de filme. Em 2010 aconteceu em dias:

JUL - PARES
AGO - IMPARES
SET - PARES
OUT - PARES
NOV - IMPARES
DEZ – IMPARES

Plaza de La constitucion – onde acontece a troca da guarda, na Rua Agustinas onde há museus, restaurantes, casas de câmbio. Visitar o Centro Cultural La Moneda, no subsolo.

- Passeo Ahumada (início) - Rua central onde tudo acontece. São uma loucura os preços. Começa desde a estação metrô Universidad de Chile e acaba na estação Plaza de Armas.
“Mall del Centro” é um shopping pequeno, mas completo.

- Café com piernas (há vários pelo Passeo Ahumada)- É uma área para fumantes (ou seja, o cheiro é terrível). No Chile é proibido fumar na maior parte dos lugares, portanto, os fumantes se concentram nesses bares. Lá existem umas mulheres LINDÍSSIMAS ou com vestido curto ou com roupa de tigresa coladinha no corpo.

Localização de atrações turísticas do centro de Santiago no Chile
Seguindo pelo Passeo Ahumada até a Plaza de Armas:
- Plaza de Armas - Marco zero da cidade onde estão prédios históricos. Há um contraste interessante entre os prédios antigos e os novos todos de vidro.
- Catedral Metropolitana (11h/19h) - é linda e merece uma visita. Fica numa praça onde está um belo exemplar de gingko biloba.

- Edifício dos Correios (9h/17h, seg. a sex.) – no primeiro andar há o Museo Postal e Telegráfico (grátis).

Museus: dois que são obrigatórios e complementam-se:

- MUSEO DE ARTE PRECOLOMBINO - É pequeno, mas vale a visita pelas interessantes peças arqueológicas que mostram a riqueza artística dos ancestrais. - Bandera, 361,688-7348. 10h/18h (ter. a sáb.), 10h/14h (dom.). entrada $2.000.

- MUSEO HISTÓRICO NACIONAL - A história do Chile contada em 70 mil peças, entre móveis, armas e pinturas de arte sacra, do período pré-colombiano ao século 20. - Plaza de Armas, 951, 638-1411. 10h/17h (ter. a dom.). entrada $600 e gratuita aos domingos.

Localização de atrações turísticas do centro de Santiago do Chile
- Mercado Municipal - para conhecer e almoçar. Existem muitos peixes diferentes e deliciosos, além de morangos (frutillas), cerejas deliciosas e doces. Coma um tipo marisco que se chama "machas" O restaurante mais famoso do mercado é o "Donde Augusto". Não deixe de comer um salmão no mercado municipal. Eles tentam vender a Centolla para os turistas, que custa 100 dólares, mas há opções bem mais econômicas, como a jaiva (caranguejo), locos (frutos do mar raros), machas, entre outros que custam 15 dólares em média.

- Vega Central e Vega Chica – são mercados do outro lado do Rio Mapocho, bem populares (nada turísticos) com corredores feiosos, mas onde se encontra de espigas de milho a móveis de vime.

Localização de atrações turísticas do centro de Santiago do Chile
Bom passeio! Conte como foi quando voltar.
mapa


21 de julho de 2010

Selo Blog de Ouro

Selo

Aniversário do Blog... hoje ele faz uma semana...rs

E ganhei de presente este selo da Millena, do Blog Saúde e Companhia.
Obrigada pelo selo! E desculpe se eu cometer alguma gafe, pois ainda sou bem nova na "blogosfera".


Regras:
-Colocar a imagem dos selos no blog;
-Linkar no blog que te indicou ao selo;
-Indique outros blog para ganharem o selo;

Indico:
- Estação Primeira do Samba
- World Cruises
- Atividade Física e Saúde
- Cia dos Botecos
- De leste a oeste
- Fisioterapia Quintana

Compras em Santiago do Chile

Shopping Parque Arauco, Santiago do Chile.

- Há vários Shoppings (Malls) espalhados pela cidade, mas o imperdível é o Parque Arauco, que é o maior shopping da América Latina. O barato de lá é um NÃO MUITO CARO no Brasil que ainda vale a pena. Praça de alimentação ao ar livre, com muitas opções de restaurantes, cafeterias, restaurantes, etc. Os shoppings seguem, basicamente, os mesmos horários dos brasileiros, exceto aos domingos, que abrem às 11h e fecham às 21h .


- Mall Las Condes - possui as lojas mais famosas (Armani, Calvin Klein, Tommy... ). Roupas de marcas famosas lá costumam ser 40% mais baratas que aqui no Brasil, é uma das poucas coisas que realmente vale a pena comprar!

- Ripley, Paris e Falabella – são três redes de lojas de departamentos, tipo Americanas. Há várias lojas espalhadas pela cidade inteira e todo mundo volta dizendo que adorou:.
http://www.ripley.cl/
http://www.paris.cl/
http://www.falabella.com/

Mapa das compras em Santiago do Chile
Legenda: Paris; Ripley; Falabella

- Estação central do metrô - Lá existe uma espécie de Brás (Saara para os cariocas). Muito interessantes os preços. Excelente opção para se comprar aquelas lembrancinhas baratas (bonés, canecas, tocas, pantufas, chaveiros, etc). Como é um bota-fora, não tem todas as numerações e modelos, mas vale a pena conferir. Tem bastante segurança e uma bela praça de alimentação. Para passar o dia inteiro.

- Outlets – o outlet da ADIDAS fica na Calle Pedro de Valdivia, 3400 (Providência). É o PARAÍSO para os homens. Bolas de futebol por 30 reais, tênis por 100 reais, camisa do time Universidad de Chile por 40 reais, agasalho completo por 80 reais.
Em frente, tem o outlet da NIKE. Os preços não são tão interessantes para os homens, mas são convidativos para as mulheres.

- Feirinha Santa Lucía – No metrô Santa Lúcia, em frente ao Cerro Santa Lúcia. É um bom lugar para comprar lembrancinhas, tem do país inteiro.

- Supermercado Jumbo ou Santa Isabel – Para comprar vinhos e chocolates. Vinhos excelentes por 1 dólar. Todas as marcas são boas. Chocolates: comprem com amêndoas inteiras.

- Supermercado Diez (para comprar vinhos)
http://www.supermercadodiez.cl/ Los Conquistadores, 2230 e 2260 (Providência)

Sugestões de Vinhos:
Odjfell Armador Carmenere 2005
Missiones Rengo Cuvee Carmenere 2006
Miguel Torres Reserva Cabernet 2002
Caliterra Tributo Syrah 2005
Valdivieso Premium Merlot 2006
Maques Casa Concha Cabernet 2006
Montes Alpha Syrah 2006
Morandé Ed. Limitada Syrah / Cabernet 2004
Todos entre R$20 e R$30 lá, e em média R$70 aqui.

- Oficina Zurdoteca – Zurdos em espanhol são as pessoas canhotas. Para quem é destro pode parecer uma bobeira, mas quem é canhoto sabe a importância de ter, por exemplo, um abridor de latas que consigam manusear. Minha filha é canhota e estava louca pra ir nesta loja. Calle Luis Thayer Ojeda 0180 of.1207, Providencia , T:(2) 3330864, (horário: lunes a viernes de 11:00 a 19:00 h)

- Procure por casacos de neve da Colúmbia (um dos melhores do mundo) e com preço muito melhor que na Argentina.

- Se você gosta de alfajor, dê uma passada na loja da Havanna, no bairro de Providencia.

- Compre alguma jóia de Lapis Lazuli. Essa pedra só tem no Chile ou na África do Sul.

                        Aprenda espanhol na internet.
mala



20 de julho de 2010

Esqui no Chile

Esqui no Chile - Vale Nevado
     Não se esqueça do protetor solar. Luvas, óculos e botas impermeáveis são essenciais, mesmo que você não vá esquiar. Se der, alugue o equipamento um dia antes, no fim da tarde. De manhã todas as lojas de aluguel estão lotadas, e perde-se muito tempo escolhendo e provando equipamentos. Há outras empresas, além da Ski Total, que levam para as estações com preços melhores, como a Ski Vans.

- Valle Nevado (são 3 hotéis). Fica a uma hora do centro de Stgo, por uma estrada sinuosa, com as famosas 60 curvas. A Ski Total faz esse passeio todos os dias saindo do Shopping Alto Las Condes ou da Av. Apoquindo 4900. Você pode alugar as roupas, os skis e o skipass (teleférico) lá mesmo na Skitotal. Não precisa fazer ese passeio com guia, porque lá é como praia, não há o que explicar.
Leve um lanchinho, porque é passeio para o dia inteiro e lá as coisas são caríssimas, tipo um chocolate quente por 20 reais. Os únicos restaurantes são os dos hotéis. Não se acanhe, os europeus são os primeiros a tirar o lanche da mochila.

- Farellones, El Colorado, La Parva - pela mesma estrada do Valle Nevado existem mais 3 estações, muito usadas pelos próprios chilenos. Ficam antes de Valle. Lá há opções como alugar uma cabaña, por exemplo. Para quem não vai esquiar Farellones e El Colorado são opções mais baratas, mais próximas e com outras opções além do esqui.

- Nevados de Chillán (Sul) é mais agradável para quem não sabe esquiar muito bem porque tem alternativas, como as termas e a região dos lagos para conhecer. São vários hotéis que fazem parte do complexo.

- Portillo - Fica a 4 horas da capital. É pra onde vão as feras do esporte. Lá a ordem é esquiar até cansar. Não se faz outra coisa. A neve é de excelente qualidade, o lugar é bonito, mas para uma primeira visita, a localização não favorece.

- Pucón (Sul) - a estação é bem mais modesta, mas fica aos pés do vulcão Villarrica e a cidade é charmosa demais. Recomendo, mesmo com frio, uma passada por essa cidade. Também há cabañas para alugar e em baixa temporada, os preços são ótimos.


Estações de esqui menos conhecidas:

- Antillanca - tem apenas um hotel no sopé do Vulcão Casablanca. Além disso um pub, um restaurante, um bar na base e uma cafeteria entre as 14 pistas.

- Chapa Verde - Não possui hotel, é preciso hospedar-se na cidade de Rancágua e chegar até lá co um ônibus especial. Fica a 70 km ao sul de Santiago.
mala

19 de julho de 2010

Santiago com Crianças

           Quando esta mãe desavisada fechou a viagem para Santiago, imaginou que as crianças “brincariam” na neve todos os dias, como aconteceu no ano anterior quando fomos à Bariloche. Depois fui vendo que não é bem assim. As muitas opções na cidade e as poucas opções para quem não vai esquiar, tornam esses dois destinos completamente diferentes, embora tenham em comum as estações de esqui.
      Como viajamos em família, tento escolher passeios que agradem a todos, alguns que divirtam as crianças, outros específicos para adultos em que elas possam ir também. Nunca tive problemas com isso, pois minhas filhas encaram qualquer programação numa boa. Não reclamam nem de espera em aeroporto e olha que já enfrentamos atrasos de até 7 horas!

Filhote de tigre do zoológico em Santiago do Chile- Cerro San Cristóbal - tem miradores, zoológico, piscinas públicas, zonas de piquenique, restaurantes, Jardim Japonês, entre outras coisas. Suba de teleférico e desça de funicular, ou faça o inverso. O topo proporciona uma excelente vista da cidade quando não há contaminação ambiental. O ZOO é modesto, no morro; você sobe e vem descendo conhecendo as jaulas. Tem tigre branco e urso polar. Tente deixar o dia a vontade para visitar este cerro, é bem grande. Saindo por trás do Cerro San Cristóbal se chega à La Chascona, uma das casas de Pablo Neruda, aberta ao público. A casa fica no Bairro Bella Vista.
Parque Metropolitano de Santiago, s/nº. Funicular: 13h/20h (ter. a dom., de nov. a abr.),13h/19h (ter. a dom., de mai. a out.). Teleférico: 14h/20h (seg.), 10h30/20h (ter. a dom., de nov. a abr.). De mai. a out. fecha uma hora antes.
http://www.parquemet.cl/
http://www.fundacionneruda.org/

Parque de diversões Fantasilandia, em Santiago do Chile. - Parque O'Higgins - Uma diversificada área de lazer, localizada a cerca de dez quarteirões ao sul da Alameda. O lugar dispõe de um pequeno lago, playground, quadras de tênis, piscinas, palco para espetáculos de música e dança, pista de patinação no gelo (somente no inverno), clube hípico, restaurantes e lojas, além de uma aquário com diversas espécies de peixes e outros animais marinhos e um museu de insetos e conchas. Aqui dentro também encontra-se o maior parque de diversões do Chile, a Fantasilândia. Não sei se é uma boa opção, quando for vou pesquisar mais.
http://www.fantasilandia.cl/splash


Museu de História Natural, Santiago, Chile- Museu de Nacional História Natural – fica no parque Quinta Normal e já na entrada tem um esqueleto enorme de baleia. Depois do sucesso no cinema de “Uma noite no museu” eu imagino que o local faça sucesso com as crianças.
http://www.mnhn.cl/

Atração Aquaball no Mall Sport, em Santiago do Chile
- Mall Sport – um shopping exclusivamente esportivo. Tem pista de patinação, parede de escalada, entre outras opções e o lugar é lindo. Tem até um lago artificial com vários barcos em exposição. Mesmo que você não esteja pensando em comprar um, é bonito de ver. Nesse eu iria com certeza, minhas filhas estavam loucas pra flutuar numa bola de ar que fica boiando numa piscina, se chama Aqua Ball. No link abaixo tem um vídeo dessa atração:


Mapa para chegar ao MIM - Museo Interactivo Mirador - Santiago do Chile- MIM (Museo Interactivo Mirador) – este quem estava louca pra conhecer era eu e não as crianças. Como o nome já diz é um museu de experiências científicas, onde a crianças vai “mexer” em tudo. Tem também um aquário. Passeio para se ir com calma e aproveitar tudo.
http://www.mim.cl/





Tubing em Farellones - Esqui em Santiago do Chile.





- Neve – Claro, é o que as crianças “de todas as idade” querem ver. A estação mais indicada é Farellones. De acordo com VT de março/2009: “Farellones tem apenas duas pistas, próprias para iniciantes. A estação é focada nos adolescentes – o ingresso é 20% do valor das outras, e o pub, point na região. É também a única a ter o Tubing, hit entre as crianças, um disco que lembra uma câmara de pneu de caminhão que é jogado barranco abaixo com um infeliz dentro”.
mala


Viagem frustrada

        Em abril/2009 fechei uma viagem para Santiago do Chile e comecei a “estudar” o roteiro. Quanta animação!! Viajaríamos em agosto... se não surgisse a tal “Gripe Suína”, que transformou sonhos em pesadelos nas férias de muita gente.
          No auge da epidemia de H1N1, Ricardo Freire escreveu no site Viagem na Viagem: Se você resolver mesmo viajar, vá com espírito de aventura, sabendo que vai ter histórias para contar. (Desde “eu fui à Argentina no auge da gripe suína e não aconteceu nada, haha” até “eita, inventei de ir à Argentina em plena gripe suína e passei cada perrengue na volta…)”
                                                                                             
Guias e revistas de viagem sobre Santiago no Chile     Pois é, eu escolhi não ter histórias para contar e cancelei tudo. Restou a frustração de uma viagem cancelada, a dor de cabeça para restituir os valores pagos (o hotel, por exemplo, paguei à vista) e muito material informativo sobre Santiago e arredores: revistas, guias, mapas, dicas do Orkut...
       Aprendi bastante sobre Santiago, realmente viajei sem sair de casa. De vez em quando aparecem, via Orkut, pessoas que leram minhas mensagens na comunidade e querem informações. Algumas eu até consigo dar! Muitas dicas tirei de uma comunidade no Orkut, chamada "Santiago - Chile (dicas)". Não era uma comunidade com muitos membros, mas só de gente que sabia o que dizer, inclusive moradores da capital chilena. Tem também um grupo de contatos do MSN onde trocam experiências, respondem dúvidas e até treinam espanhol pra evitar as armadilhas do "Portunhol".

O que eu aprendi e concluí sobre Santiago do Chile
Localização do hotel Diego de Velazquez, em Santiago, no Chile.
- Melhor bairro para me hospedar: Providência - Encontrar hotel que acomoda a família (2 adultos e 2 crianças) em um único apartamento é missão árdua. O mais recomendado pelo custo benefício foi o Diego de Velasquez, mas os quartos eram pequenos demais e não confirmavam a reserva. Então o próprio hotel indicou o Andes Suítes, que fica a meio quarteirão e é do mesmo dono. O inconveniente é que o café da manhã é servido no Diego de Velazquez. http://www.hoteldiegodevelazquez.com/ http://www.andes-suites.cl/

- Melhor meio de transporte é o metrô, mas táxi também é barato em relação ao que pagamos no Brasil. A vantagem do táxi é que você “vê” a cidade enquanto vai de um lugar para outro. http://www.metrosantiago.cl/ 

- É uma cidade tranquila. Há Carabineros (polícia) por toda a parte.

- O melhor lugar pra trocar dólares por pesos é na Calle Agustinas, por ter várias casas e, consequentemente, ser possível pesquisar.

- Comida chilena é 8 ou 80: ou não tem tempero ou é cheia de pimenta, páprica e curry. Mas todas as redes de fast food se encontram por ali.

- Nossa ideia incial era ver neve, mas a cidade e arredores oferecem tantas opções, que for fim decidimos ir apenas 1 ou 2 dias para as estações de esqui. É muito difícil escolher o que deixar de fora entre museus, vinículas, praias, parques, compras, etc

- Estação de esqui no Chile é pra quem vai esquiar. Parece obvio, mas me surpreendeu quando descobri que não há muitas opções para quer quer só passear.

Vou separar outros posts por assunto e reunir tudo aqui porque não desisti de Santiago, só adiei por tempo indeterminado.


18 de julho de 2010

Quem precisa de autorização para viajar?

Postagem atualizada em junho/2016

 Autorização de viagem ao exterior

Resolução nº 131, de 26/05/2011

Na hipótese do menor de 18 anos viajar sem a companhia de um dos pais ou sem a companhia de ambos, é necessária a autorização do pai e/ou da mãe ausente com firma reconhecida. Nesses casos os documentos necessários são:                 

- Passaporte válido e carteira de identidade original emitida pela Polícia Civil. Para viagens pela América do Sul não é necessária a apresentação do passaporte.

- É importante destacar que a carteira de identidade deve estar em perfeito estado de conservação e com foto que identifique, com clareza, o portador. A carteira de identidade não tem prazo de validade. A informação de que o documento é válido por 5, 7 ou 10 anos é incorreta. No entanto, a foto deve identificar nitidamente o portador do documento, que no caso de crianças, exige a atualização com o passar dos anos.

- Certidão de nascimento não é válida para viagens ao exterior e travessia de fronteiras.

- A autorização deve ser em duas vias com firma reconhecida contendo data de validade de até 2 anos. Para acessar o formulário padrão clique aqui.


- Leia também a cartilha com orientações sobre viagens de crianças e adolescentes ao exterior, elaborada pelo Conselho Nacional de Justiça.

                 Modelo de autorização para viagens sem um dos pais

Autorização de Viagem Internacional para Menores 
Res. 131/2011-CNJ
(Válida até __/__/____)

        Eu, (nome do pai ou da mãe), portador do RG ___________, expedido em ___________, residente à Rua ___________________, nº, na cidade de ____________, UF:_____, tel. de contato (__) ________, na qualidade de (mãe/pai), AUTORIZO que o(a) menor ____________________, nascida em __/__/____, sexo _________, natural de __________, passaporte nº ____________, expedido em __/__/____, RG ____________, expedido pela ____, em __/__/____, viaje com destino ao exterior, na companhia de, ________________________, RG _____________, expedido pela ___, em __/__/____, passaporte nº ___________, expedido em ________, residente à Rua _________________________, ___, cidade de _____________, UF:__.
                                    (Cidade) , __ de _______ de 20__.
                                                      
                  
                                                _______________________________
                                                 (nome do genitor/genitora)
                                                                        (RG do genitor/genitora)


Foto da web com criança brincando dentro da mala



17 de julho de 2010

Free Travel Guides


  Mergulho em Fort Lauderdale

                  São Guias turísticos grátis de diversas partes do mundo. Não são como os guias especializados que compramos, mas têm muitas imagens e são um começo para se pensar no próximo destino de viagem. Para procurá-los, acesse o Google e no diretório "Imagens", digite: brochure + request + (lugar de seu interesse) e vão aparecer várias imagens de catálogos grátis que você pede preenchendo um formulário (em inglês) e depois chegam pelo correio.
Material gratuito de divulgação dos parques da Disney, em Orlando - Florida












Alguns que recebi:  

Carolina do Norte

Disney (Parques e hospedagem: o DVD é lindo desde o encarte que se abre em pop-up formando o castelo da Cinderela; dividido em vários capítulos)

Disney Weddings (casamentos realizados na Disney e a estrutura que eles oferecem para o evento. O DVD tem 16 min, no final do post coloquei uma amostrinha.)



Só um pedacinho dos 16 minutos do vídeo.
Quer mais guias? Nosso Slide Share está recheado. Clique aqui.
mala