Roupas em Bariloche

             Na onda dos preparativos juntos e misturados entre as viagens para Fortaleza e Bariloche, comprei minhas botas de neve.
            Quando fui para Bariloche em 2008, o pacote da CVC já incluía a roupa de neve que, como eu já disse em outros posts, era um horror! Além de sujas e fedidas, eram diferentes para quem fez o pacote 'Bariloche Clássico' e 'Bariloche Total'.

            As botas não têm pé direito e esquerdo e o lugar para pegá-las era um verdadeiro mercado de peixe. As luvas não são inclusas no aluguel e nem compensa, porque rasgam fácil e, caso aconteça, você terá que pagar. Custavam na época que fui em torno de R$10,00 as mais baratas.

            Na Calle Mitre você encontra roupas para alugar desde 20 pesos por dia. Em algumas lojas você aluga por 6 dias, por exemplo, e pode trocar por outra durante a semana se estiverem sujas. Quanto mais pro final da Mitre você andar, mais barato vai ficando. Quanto mais perto do Hotel Panamericano Casino você estiver, mais caro é o aluguel.

            Eu não entendo nada de qualidade de roupa de neve, mas acho que o problema não é passar frio com alguma delas e sim a higiene mesmo, o cuidado que cada loja tem. Em 2008, eu comprei no Brasil a segunda pele (roupa térmica) para a família toda. Colocava essa roupa coladinha, um moletom por cima e a roupa de neve. Ninguém passou frio. Toda essa 'produção' é só para ir pros cerros; na cidade você usa um sobretudo na rua, pois em todo lugar que entrar tem aquecedor. Eu levei roupa demais, dessa vez quero as malas mais vazias pra caber mais chocolate e alfajor na volta.

             Como eu já tinha intenção de voltar (muitas vezes...) fiquei de olho nas promoções da Decathlon e comprei as jaquetas de neve pra mim e para meu marido por R$69,90 cada, no final do ano passado. Não vou comprar para as crianças porque estão em fase de crescimento e seriam pra uma viagem só, então prefiro as roupas alugadas pra elas.

              Agora comprei as botas da Quechua pra família inteira!! Lindas e com pé direito e esquerdo por R$129,00 cada uma, divididos em até 6x. Já li vários comentários de que são muito boas, quando eu voltar eu conto mais.

        10/02/2012              
        Em tempo: usei e indico tanto a jaqueta quanto as botas da Quechua. Infelizmente a Decathlon, que vende a marca com exclusividade no Brasil, não tem tanta qualidade assim no atendimento. Recebi vários e-mails de pessoas que enviaram a pergunta pelo site da loja e não obtiveram respostas me pedindo informações sobre onde comprar as botas.
        Eu fiz o teste (e-mail, Facebook e Twitter), inclusive acrescentando o link da postagem para mostrar que o interesse era real, e nenhum retorno. Fui me informar pessoalmente na loja de Ribeirão Preto (onde comprei as minhas) e a resposta foi que existe entrega pelo correio apenas nas lojas de São Paulo. Mandei e-mails direcionados a essas lojas e... nada. Em Ribeirão disseram também que eu poderia deixar a sugestão de venda on-line no formulário próprio, mas como não encontraram o impresso do formulário para que eu o preenchesse, sugeriram que eu enviasse um e-mail... círculo vicioso que não leva a lugar algum...
        Recebi retorno apenas pelo Twitter dizendo que não existe venda on-line mas acho que o consumidor merece mais que 140 caracteres como resposta.
        Enfim, peço desculpas aos leitores pela indicação involuntária de um mau serviço. Se alguém souber de outra forma de adquirir os produtos da Quechua, deixe um comentário.





7 comentários:

Daniel "Beça" disse...

Rá minha esposa ia gostar dessa bota...rs - Visite nós (eu) no meu blog: http://ofensivopornatureza.blogspot.com

frauafu disse...

Parabéns pelo blog, já estou seguindo, dá uma passadinha no meu ?


http://frauafu.blogspot.com/

ana carolina disse...

também tenho essas botas da Quechua para neve e são ótimas - usei na Patagônia Argentina e no Atacama. E em Curitiba elas funcionam tranquilamente quando o frio aperta e quero calçar algo parecido com pantufas.

Obrigada pela visita ao blog. O que eu postei lá foi na verdade sobre o Vale do (rio) Itajaí e não sobre a litorânea cidade de Itajaí (onde eu imagino que desemboque o rio). Para quem gosta de trekking, rapel, rafting e cachoeiras vale uma visita.

Gostei do seu blog, vou passear por ele.

Samantha disse...

Estou indo para Bariloche em agosto com meu marido e meus filhos.
Li que vc indica as roupas da Decathlon, que pagou um preço ótimo, mas olhando no site vi que tem diversas opções e preços e fiquei na dúvida de quais são impermeáveis e realmente aquecem.
Vc poderia me indicar o modelo e marca das que vc comprou?
Meu e-mail p.figueiredo@uol.com.br
Obrigada.
Samantha

Silmara Colombo disse...

Samantha, e-mail respondido.

Isabel disse...

Olá Silmara, você poderia indicar quais jaquetas de neve comprou na Decathlon? Fiquei com a mesma duvida da Samantha... A jaqueta com a segunda pele e o moletom deram conta de proteger do frio?

Silmara Colombo disse...

Oi, Isabel.
Sim, a segunda pele + moleton + jaqueta impermeável esquentou bem. A minha é da marcar Quechua.