Fim do Splash Parque Ribeirão


"O Splash Beach está (estava) localizado na rodovia que liga Ribeirão Preto a Bonfim Paulista, numa área de 113.740 m² (destes, 30 mil são de área verde, com árvores nativas, frutíferas, flores e plantas ornamentais) e conta com seis milhões de m3 de água, complexo de toboáguas, quadras de vôlei de areia, restaurantes e outras atrações, mas é a piscina de ondas a sensação do parque. O Parque foi projetado para receber diariamente cinco mil pessoas confortavelmente, oferecendo 1.000 vagas fixas no estacionamento (carros) e mais 20 vagas para ônibus."

Essa é descrição encontrada em vários sites sobre as atrações turísticas de Ribeirão Preto e região, mas o parque não existe mais. Encerrou suas atividades, por ordem judicial, em meados de 2008. Durante algum tempo, o site do próprio parque aquático ficou ativo, talvez pela esperança de seus administradores de reabri-lo, não sei. O caso é que até ingressos continuaram a ser vendidos on-line e há casos de quem comprou e descobriu na porta que ele estava fechado.


A postagem ficou meio off-topic, afinal trata-se de uma atração que já não existe, mas vale a pena ser lembrada. O Splash Beach Parque tinha a única piscina com ondas surfáveis da América do Sul e por conta disso teve suas ondas testadas por grandes personalidades do surf. Em seus poucos anos de atividade (de 2003 a 2008) recebeu shows inesquecíveis como Natiruts, Rappa e Jota Quest.




Mesmo depois de anos fechado, continua promovendo grandes eventos. É o maior criadouro do Aedes Aegypti da região. Calcula-se que haja 600 milhões de litros de água parada nas piscinas desativadas do parque. Isso faz com que Ribeirão Preto registre um número altíssimo de casos de dengue anualmente. Em 2010 foram mais de 4000!!
Há mais especulação que respostas concretas sobre as causas do fechamento. O que fazer com o criadouro gigante também não se sabe. Mas a pergunta que não quer calar é:

“Como um parque aquático, localizado numa região sem praia, onde a temperatura chega facilmente aos 40°, consegue falir???”

Para entender a pergunta sem resposta, assista ao vídeo feito e postado no Youtube por algum saudosista que mostra o 'antes' e o 'depois' do Splash Beach Parque:




13 comentários:

Nane Balda disse...

retribuindo a visita carinhosa no meu blog!!!

já estou te seguindo

bjus

nane

Niddo disse...

nuss conseguiram falir um parque aquatico em uma regiao quente e sem praia... mas pq diabos não tiram aquela agua dali?!?! soh se transformou no maior foco de dengue do mundo!

lorena bombonato disse...

Bom sou de Ribeirão Preto, tive a oportunidade de conhecer o Splash, e há boatos que ele não faliu, mas sim teve que ser fechado pq tinha instalações irregulares, jogava água suja em algum lugar que não me lembro bem. O parque era maravilhoso, e dava dinheiro não teria como falir de uma hora para outra ! Saudade =(

Silmara Colombo disse...

Oi, Lorena. Eu também frequentava o Splash Parque e seu fechamento é algo inexplicável. Uma pena!

Simone Aline disse...

Caramba, Silmara, triste mesmo! =/
Parecia ótimo... e numa região sem praia. Dizem que aqui no Rio os parques não dão certo por causa das praias. Temos o "Terra Encantada" completamente abandonado... e é triste de ver. Imagino um parque assim! =/ Aff!

Anônimo disse...

nossa vei ate hoje eu fico pensando no dia que eu fui aii eu ate tava pensando em ir ai de novo mais na hora que eu vi isso acabado fiquei muito triste agora tenho que ir em olinpia mesmo aaaaaaa que peninhaa

Anônimo disse...

Muito triste cara , é de cortar o coração passei bons momentos como pode deixar acabar assim , sera que um dia ele volta ?

Anônimo disse...

Acho que 600 MILHõES de Litros d'água lá não tem não!!! Porém até hoje ainda tem muita água parada, fui lá nos dias de glória (quando funcionava) e recentemente, é muito deprimente ver que toda aquela magia acabou!!!

fun station disse...

Passei la na frente hj realmente e muito triste

juliana disse...

Ate hoje nao me conformo de este imenso park ter fechado relembro com carinho bons momentos que passei ai com meu filho que na epoca tinha 5 anos e hoje ele tem 10, mais se lembra claramente,eu adorava aí e nunca trocaria de ir aí para ir em olimpia ,pois lá é super lotado e nao se desfruta das atrações pelas imensas filas.Seria um sonho se pudessem reativar o splach...

Anônimo disse...

Eu lembro eu ia bastante la num podia reabri ia ser o melhor clube de riberao o ipanema nao chega aos pes do que era o splesh park

Anônimo disse...

Não falem merda. Não faliu. O Reginaldo, proprietário do parque só não aceitou pagar valores abusivos da fiscalização (como acontece no Ceasa que cobram 5 mil de cada pedra pra não entregarem que estão vendendo produtos sem nota). O dono de um loteamento ao lado do parque que tinha esquema com a polícia quis entrar de sócio e ele não aceitou.

Anônimo disse...

Reginaldooo , tive prazer de conhece-lo , cara otário, babaca, prejudicou varios funcionarios , assism como eu tambem sai prejudicado de la , so pensava em usasr drogas e a ex mulher dele ajudou a se afundar , hoje perdeu uma puta de um patrimonioo e triste muito triste , masi é aquele velho ditado se nao esta bom deus tira e foi o q aconteceu nao deu valor PERDEU