Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

15 de agosto de 2011

Cheguei!!

                Voltei hoje de Bariloche depois de alguns transtornos na ida explicados no post anterior.
                Continuando a jornada:

Chegando a Bariloche em avião da Andes
           Depois do voo de domingo, 'cancelado' com 3 horas de atraso, na segunda-feira o voo saiu exatamente no horário (10h30min) com previsão de 4h30min até Esquel. Durante a viagem o comandante avisou que havia condições de pouso em Bariloche e iríamos direto para lá. Foi uma festa no avião.
            Já havia lido comentários negativos sobre a Andes Linhas Aéreas, algumas opiniões eu compartilho, outras eu achei exageradas. As aeronaves não são novíssimas, mas são boas; as comissárias não falam Português mas para pedir água não é tão complicado se fazer entender. Quanto aos lanches, não há como negar: são horríveis! Um kit com um alfajor, que nada se parece com as delícias que encontramos em Bariloche, uma barrinha de cereais que não foi aceita nem pelo meu olfato, por isso nem tentei o paladar, e um Club Social. Para quem estiver com muita fome, afinal é um voo de no  mínimo 4 horas, eu recomendo começar pela barrinha, depois o alfajor para esconder o gosto da barrinha e por último o Club Social pra tirar o gosto açucarado do alfajor. Encerre com um copo de refrigerante para ajudar a descer ou água, suco nem pensar.
            Enfim, 'se' ou 'quando' houver outra opção, eu não viajarei pela Andes novamente, mas no momento é a melhor alternativa, afinal cheguei morrendo de fome, mas direto no aeroporto Bariloche.

Aeroporto de Bariloche
Aeroporto Internacional de Bariloche
               Nosso voo foi adiado um dia e voltamos hoje, completando uma semana em Bariloche, não sobrando nada a reclamar sobre dias perdidos. O voo saiu de Bariloche, mas hoje se enrolaram um pouquinho, ficamos 40 min dentro da aeronave esperando a decolagem, em um dia ensolarado e sem trânsito aéreo nenhum, pois só a Andes está operando naquele aeroporto. Hoje o voo foi divertido, todo mundo com sacolinhas com lanchinhos trazidos 'de casa' para substituir aqueles distribuídos pela Andes, parecia um piquinique.
               Tanto no voo de ida quanto no de volta fomos acompanhados por uma funcionária (?) da CVC chamada Sidnéia, que se fosse uma boneca daquelas que falam, diria apenas duas frases. Apertando o bracinho direito: "Não sei.", apertando o bracinho esquerdo: "Fale com seu agente de viagem."
               De perguntas sobre o local do pouso até o preenchimento do cartão de imigração todas as respostas eram "não sei". Claro que isso era tremendamente irritante vindo de alguém ostentando um crachá da CVC, o que teoricamente indica que representa a operadora. Quando algum passageiro demonstrava essa irritação, ouvia como resposta: "Fale com seu agente de viagem.". Fiquei me perguntando se a presença dessa senhora acompanhando o voo encareceu meu pacote, pois era totalmente dispensável.
                Antes de viajar imprimi os cartões de imigração pelo site da Andes e é muito prático, gostei.
                Para verificar seus voos consulte o site dos aeroportos argentinos.
           

2 comentários:

  1. Voce não disse nada sobre sua estadia em Bari.....

    ResponderExcluir
  2. Clique na tag 'Bariloche' ou no link do final da postagem e vc encontrará vários posts sobre minha estadia.

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.