Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25 de agosto de 2011

Passeios pela cidade de Bariloche II

Trenzinho
Trenzinho turístico em Bariloche - AR


               Embora pareça passeio infantil, ele é bem mais histórico que recreativo. É o tipo de programa que pode agradar a um viajante; a um turista dificilmente. 

Vista de Bariloche do alto da cidade.
Panorâmica: cidade, torre da catedral, lago e a cordilheira

              O City Tour Panorâmico sai de um ponto fixo atrás dos arcos do Centro Cívico diariamente em  6 horários: 10h, 11:30h, 14h, 15:30h, 17h, 18:30h. Dura em média 1h15min e circula por ruas de Bariloche bem além das Calles Mitre e Moreno. Durante todo o percurso um guia falando em 'portunhol' fluente vai contando um pouco da história de Bariloche e suas origens, mostrando casas conservadas como patrimônio histórico e parando num ponto de onde se pode ver tanto a cidade quanto os cerros que ele aponta e nomeia um por um.

Passeio de trenzinho turístico em Bariloche
Casa de madeira dos primeiros colonos, consevada como patrimônio histórico.

               Não espere ver só belezas, o que será mostrado é a verdadeira San Carlos de Bariloche. A cidade dos moradores e não dos turistas. Uma das coisas que pude observar é que nesse passeio vi muito mais cinzas que nos arredores dos hotéis e principais pontos de circulação dos turistas. Segundo o guia,   as cinzas cairam em um único dia (04/06), depois disso foram areias vulcânicas que as previsões estabelecem um prazo de 10 anos para sumirem do solo de Bariloche.

Passeio de trenzinho turístico em Bariloche
Ao fundo, as construções em tons de marrom
formam um Conjunto Habitacional.

 

Passeio de trenzinho turístico em Bariloche 
                 O guia explica que os preços praticados pelos estabelecimentos comerciais da Calle Mitre e seus arredores são muito altos para o padrão de vida dos barilochences que fazem suas compras no 2º centro comercial da cidade, que fica nos arredores do Shopping Patagônia, onde os preços são bem melhores.
                Durante o passeio são servidos bombons da fábrica Frantom e é nela que o passeio termina, bem em frente ao lago, na rua abaixo do Centro Cívico. Lá, através de vidros, pode-se ver a preparação do chocolate, é servido um copo de chocolate quente, que segundo minha filha foi o melhor que tomou em Bariloche, mas o objetivo mesmo é demonstrar os produtos e vender, claro. Ali não estão nem os melhores chocolates e nem os melhores preços.

Passeio de trenzinho turístico em Bariloche
Paradinha para foto no lago, em frente à Franton.
                Não é uma atração imperdível, mas se estiver pela cidade com tempo de sobra, aproveite para conhecer Bariloche de verdade. Ao final, atravesse a Av. Bustillo para ver e tirar fotos no lago Nahuel Huape e a alguns metros estará o Neviska, do qual falei no tópico anterior.

Passeio de trenzinho turístico em Bariloche
Fachada do restaurante La Marca
             Se fizer o passeio perto do horário das refeições, uma boa opção é almoçar ou jantar no Restaurante La Marca, que fica em frente ao ponto do trenzinho. Ao contrário de outros da cidade, esse restaurante não fecha entre os horários de refeições. Fomos almoçar às 16h e tudo estava delicioso.
              O passeio custa 40 pesos para adultos e 35 pesos para crianças.

Passeios pela cidade de Bariloche III

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.