Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 de outubro de 2011

Rancho Beneli

                   Quem já leu a crônica de Luís Fernando Veríssimo, Minhas Férias, consegue entender o porquê do chamado turismo rural ou ecotutrismo ganhar tantos adeptos. Seja para estadias em hotéis fazenda, camping ou simples bate-volta para passar o dia em sítios, pesqueiros e afins, cada vez mais se procura o sossego do ambiente rural, principalmente famílias com filhos pequenos que não querem que as crianças cresçam como o personagem de Veríssimo:

(...)Meu pai decidiu fazer camping este ano porque disse que estava na hora de a gente conhecer a natureza de perto, já que eu, a minha irmã (Su) e o meu cachorro (Dogman) nascemos em apartamento, e, até os 5 anos de idade, sempre que via um passarinho numa árvore, eu gritava "aquele fugiu!" e corria para avisar um guarda; (...)
           Na região de Ibitinga-SP, mais conhecida por sua Feira de Bordado, fica o Rancho Beneli, uma boa opção para esse contato com a natureza nos finais de semana. O rancho está localizado na cidade de Tabatinga e oferece almoço aos domingos. Enquanto os pais se deliciam com a saborosa comida de fazenda, as crianças se divertem no gramado onde os poneis pastam livremente.

Rancho Beneli - Tabatinga - SP

                Não pense nesse rancho como um lugar cheio de atividades onde também se pode almoçar. Não há por lá passeios a cavalo, nem pescaria, nem tiroleza, nem arvorismo, nem nada do que costuma ser anunciado nos ambientes rurais dedicados ao lazer. Pense em um restaurante que, além de oferecer ótima comida, possibilita que seu almoço de domingo seja à sombra de amoreiras, com poneis pastando ao seu lado e crianças descobrindo felizes um curso de água natural, sem o cloro das piscinas que conhecem.

Rancho Beneli - Tabatinga - SP
Luísa pegando amoras.
                   Os poneis não podem ser montados e são meio ariscos. Há também cavalos presos em suas baias. O almoço custa R$20,00 por pessoa (com sobremesa) e o serviço é excelente, mesmo quem escolhe sentar-se longe do barracão onde a refeição é servida, tem um garçom passando a todo momento para atender aos pedidos de bebidas.
           Não só as crianças se divertem, há um pequeno açude com barcos a remo onde muito marmanjo acha que vai conseguir fácil manejar o barco. Aí a diversão é de quem está do lado de fora assistindo as remadas descoordenadas que fazem com que os aventureiros fiquem rodando em círculos até conseguirem voltar para a margem. Sem dúvida, muito divertido!
                  

Um comentário:

  1. Muito bom este post, ri muito também com a crônica Minhas Férias.
    Uma boa dica realmente, e foge do lugar comum do passeio padrão de São Paulo,compras, lanche e cinema no shopping!

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.