Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

30 de maio de 2011

Sempre Beach Park

         O Beach Park é o único passeio fora da cidade de Fortaleza que repeti nas 5 vezes que estive na capital cearense. Conhecer é imperdível, voltar é uma opção. Não há dúvidas de que seja o melhor parque aquático do Brasil, por isso vale a visita mesmo para quem não vai se aventurar nas atrações mais radicais.

Beach Park - Fortaleza - CE
1996, 2004, 2007, 2009, 2011


           Há atrações para todos os gostos e idades. A que mais chama a atenção é o toboágua 'Insano' que tem 41 metros de altura. É preciso coragem, eu nunca tive, mas vi uma senhora de quase 70 anos descendo. Chegou à base sob aplausos de quem assistia e repetiu a aventura outras vezes. Quem quiser só relaxar pode optar pela piscina de ondas, pelas bóias, pela Correnteza Encantada ou pelos toboáguas mais suaves como os do Ramubrinká que são os meus preferidos.

Beach Park - Fortaleza - CE
2004, 2007, 2009, 2011

     As crianças que já se divertiam muito no Acqua Show, principalmente com o balde gigante, agora têm uma atração planejada principalmente para divertir os menores, o Acqua Circo, que foi recentemente inaugurado onde antes existia um cenário sem muita serventia chamado de Portal de Atlantis. As minhas são criOnças, já passaram dos 11 anos e mesmo assim não resistem ao colorido das atrações infantis. Ao todo são 19 atrações, das moderadas às mais radicais.

Beach Park - Fortaleza - CE

         O Beach Park inclui além do Aqua Park, dois resorts, a praia, loja de lembranças, restaurantes entre outros itens que constituem a estrutura do complexo. Pode-se entrar e sair do parque quantas vezes quiser, pois tudo no entorno faz parte do complexo, não existem outras opções por ali. 


      O Beach Park sempre foi o carro-chefe para apresentar o Ceará para os turistas, mas desta vez senti que as coisas estão mudando. Contratei o transfer aeroporto/hotel/aeroporto com a Olivestur/CVC e já nesse primeiro contato, a guia de turismo citou o parque explicando que o passeio (que antes era feito no primeiro dia) foi deixado para o último dia de estadia em Fortaleza, 'pois assim os turistas não se assustam com os preços e não ficam achando que tudo no Ceará é caro do mesmo jeito'. A sugestão dela era que conhecessem as praias do Ceará e, se sobrasse dinheiro até terminar a semana, fossem ao Beach Park. 
          O guia de uma outra agência local respondeu a um turista que pedia sua opinião: 'O Beach Park é inesquecível, você jamais esquecerá o que gastou lá dentro.' Comentários desse tipo deixam claro que está havendo um certo boicote das agências de receptivo em relação ao Beach Park. Deixar para o último dia, além de ser pouco convidativo, impossibilita que o turista compre o passaporte de 3 dias consecutivos por R$159,00. Sem contar a ênfase dada ao fato de que não há nada para se fazer na praia do complexo, ou seja, quem não pretende entrar no Aqua Park, nem vá.
       Entre o que se anuncia e o que é verdadeiro há uma boa distância. A explicação mais coerente que ouvi foi que justificando-se através da mesma 'lei'(?) que determinou a retirada das barracas de praia da orla de Salvador, o Beach Park adiantou-se a uma possível determinação judicial e modificou sua estrutura de praia. Com isso, os turistas ficaram sem opção e o receptivo da CVC foi obrigado a modificar seu City Tour que terminava ali. Além disso, outras empresas de receptivo, que cobram R$25,00 pelo transfer até o complexo, perderam os clientes que não querem entrar no Aqua Park.
      Bom, vá e tire suas próprias conclusões. Em Aquiraz, município onde se localiza o Beach Park, também fica a Prainha que tem o Centro de Tapioqueiras, com tapiocas de todos os sabores doces e salgados. O guia brincou que se alguém pedir tapioca de feijão, elas fazem. É um programa para quem estiver de carro ou fizer um passeio com os bugueiros que ficam pela praia.


Divirta-se!

28 de maio de 2011

Ibis Indaiatuba/Viracopos

Hotel Ibis Indaiatuba

Quem viaja a partir de Viracopos, em Campinas, às vezes precisa pernoitar para um voo de madrugada, por exemplo, e claro procura um hotel barato para passar a noite. Foi o que fiz e o Ibis Indaiatuba entrou para a lista de furadas. E não só minha, pois há vários relatos nos sites de opiniões sobre hotéis, mas só vi isso depois da viagem.

O padrão Ibis já é conhecido por quem se hospeda na rede: conheceu um, conheceu todos, o problema desse é a localização. A distância de 6km, desde o aeroporto de Viracopos, anunciada no site está correta, mas para chegar até o hotel é preciso passar 2 vezes por um pedágio de R$9,15, o que faz com que uma corrida de táxi custe R$64,00, ou seja, quem chega por via aérea para passar a noite e seguir viagem no dia seguinte, paga R$85,00 da diária e R$128,00 de táxi aeroporto/hotel/aeroporto. Totalmente inviável.

No meu caso, o absurdo dos absurdos foi que me programei para passar 2 noites no Ibis Indaiatuba: uma na ida e outra na volta da viagem, pois parecia a melhor alternativa para conciliar os voos. Enfim, paguei para 4 pessoas R$302,00 de passagens aéreas da Azul, ida e volta (Ribeirão/Campinas/Ribeirão) e R$248,00 de táxi aeroporto/hotel/aeroporto.

Seria fácil resolver o problema, se o hotel tivesse traslado gratuito, como acontece com o Ibis Guarulhos que oferece o serviço de hora em hora. Mas o traslado do Ibis Indaiatuba hotel/aeroporto só acontece em 3 horários (6h, 7h e 8h) e custa mais ainda que o táxi: R$38,00 por pessoa. Como estávamos em 4 foi oferecido um desconto, R$27,00 por pessoa, ou seja, no lugar dos R$64,00 do táxi, a opção oferecida é pagar R$108,00 do serviço do hotel. Fazer o quê? Ser viajante inclui esses imprevistos.

A outra opção próxima ao Viracopos é o hotel Golden Park (antigo Shelton Inn), mas a diária de R$149,00 é meio salgada para quem está só de passagem. Um táxi do aeroporto até lá custa em torno de R$35,00. Os demais hotéis da cidade se encontram no centro da cidade, que fica a 20km do aeroporto.

Se estiver sem crianças (que não era meu caso), há um motel nas proximidades do aeroporto que, segundo o taxista, é muito usado por quem precisa apenas passar a noite para viajar no dia seguinte. Custa R$42,00 por 12 horas e o táxis até lá R$35,00.

Em frente ao hotel, que fica na estrada, passa ônibus circular entre Campinas e Indaiatuba que parte do aeroporto ou vai até ele. A recepção do hotel tem os horários; no máximo a cada meia hora, desde as 5h até as 23h. Funciona para quem está com pouca bagagem, eu estava com 3 malas que totalizaram 58kg, mais a bagagem de mão.

A Azul oferece ônibus gratuito com vários itinerários e horários que podem ser verificados no site. Por exemplo, de Campinas à Piracicaba são 40 min e o ônibus para num shopping com um hotel Ibis bem em frente. É uma opção para quem tem muito tempo e quer gastar pouco.

Há também um ônibus desde o aeroporto até o centro de Campinas por R$9,00 por pessoa. Para quem está em família não muda muita coisa pois além desse valor multiplicado, os hotéis do centro são mais caros. Até o próprio Ibis que no centro da cidade custa R$105,00.

Enfim, apesar de continuar achando um absurdo o tal do pedágio, a opção mais barata para 4 pessoas foi essa mesma. O problema maior ali é a falta de infraestrutura hoteleira próxima ao aeroporto que não acompanhou o crescimento de suas atividades.

Se não houver alternativa melhor é bom saber:
- Diária R$85,00 para quarto duplo, sem café da manhã.
- O Ibis só tem quartos duplos, mas para crianças até 12 anos, o hotel tem um Plano Familiar com 50% de desconto no segundo apartamento. Peça o plano, pois eles podem se 'esquecer' de oferecê-lo.
- Há promoções no site, mas não se acumulam com o Plano Familiar. Reservando (e pagando) com antecedência peguei uma promoção de R$68,00 a diária, mas perdi o desconto do 2º apartamento.
- Café da manhã custa R$12,00 por pessoa e crianças até 12 anos pagam metade.
- O táxi chamado pelo hotel custa R$60,00 até o aeroporto.
- O padrão Ibis garante o melhor preço na diária porque o próprio hóspede carrega suas malas, não há serviço de quarto e o frigobar fica vazio. Se tiver fome ou sede, vá até o bar que fica aberto 24horas, pegue o que precisa e leve para seu quarto.
- As únicas opções de alimentação estão no próprio hotel, pois lembrando os vizinhos sertanejos, o Ibis Indaiatuba é "um lugarzinho no meio do nada".

- E por fim:


"Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha um pedágio
tinha um pedágio no meio do caminho
no meio do caminho tinha um pedágio"


18 de maio de 2011

Rio de Janeiro



Eu nunca fui ao Rio de Janeiro, o máximo que me aproximei de terras cariocas foi numa escala aérea. Mas depois de assistir ao filme "Rio" vi que tudo que se fala sobre a 'Cidade Maravilhosa' é verdade. As paisagens do filme são deslumbrantes, os estrangeiros devem achar que nem existem de verdade, mas nós brasileiros sabemos que são reais e que 'o Rio de Janeiro continua lindo'.

Qualquer referência ao turismo no Brasil em sites estrangeiros sempre remete ao Rio de Janeiro. Chega a ser injusto devido a tantas belezas que encontramos no país. E já era assim mesmo antes de ser escolhida como sede da Copa do Mundo/2014 e das Olimpíadas/2016. No Youtube são inúmeros os vídeos de divulgação da cidade, sempre acompanhados de comentários apaixonados de turistas ansiosos para conhecer tantas belezas:
"It's my dream to go to Rio De Janeiro!It's great city! I'm love with it."

"Rio de janeiro is an artificial island? very beautiful city, one day I'll know Brazil is to be congratulated"

"Rio= best city I'n the world!!!!"

Dá um certo frio na barriga em imaginar se vamos corresponder às expectativas ou nos transformaremos em piada mundial. Melhor nem pensar nisso...
Cena do filme Rio

Sim, há problemas por lá, mas o que interessa nesse post são só as belezas do Rio de Janeiro merecidamente exaltadas pelo filme em sua homenagem. Então se você ainda não assistiu, não deixe de ver. Quem tem viagem marcada pra lá com certeza vai querer conhecer todos os pontos turísticos mostrados.
Cena do filme Rio

E, se ainda não existe, em breve as agências de turismo receptivo vão começar a oferecer a "Rota Rio Movie", pois são por esses locais que os turistas chegarão perguntando.
Cena do filme RioEncontrei um guia em .pdf bem rico e detalhado de informações (em inglês) sobre o RJ. Clique aqui para fazer o download. E outro que está disponível abaixo. Ou seja, na prática eu não conheço nada, mas teoria estou acumulando bastante.


15 de maio de 2011

Scrapbooking Digital

        Como eu não encontrei isso antes??
      O Scrapee.net é um site de fotomontagens onde há ferramentas para tudo que você imaginar fazer com suas fotos: colocar moldura, acrescentar texto, tranformar em gif animado, fazer quebra-cabeças, montar mosaicos e editá-las como preferir.
       As montagens abaixo estão exageradas, pois estava testando os recursos, mas há opções para todos os gostos e temas.
        Divirta-se!

Montagem de foto no site ScrapeeMontagem de foto no site ScrapeeMontagem de foto no site ScrapeeMontagem de foto no site Scrapee

13 de maio de 2011

Preparativos para Fortaleza

Fortaleza - CEEstá chegando o dia de embarcar para Fortaleza para minhas férias ensolarada (assim eu espero) nas praias cearenses. Então tenho que deixar os preparativos que estavam juntos e misturados e me concentrar no roteiro da próxima semana.

A primeira coisa é confirmar e reconfirmar os voos, porque depois que descobri na hora do check-in que meu voo de volta pela Passaredo, 3 dias depois, estava cancelado, eu quero tudo verificado com antecedência.


Preços dos passeios

É bom ter uma ideia do quanto se vai gastar nos passeios pela região. Mandei e-mail solicitando orçamento dos passeios que me interessavam para 15 agências de turismo receptivo. Só 5 me responderam, as outras estão excluídas de minhas opções, pois eu desconfio de uma empresa 'séria' que não responde às mensagens de seus clientes em potencial.
Responderam ao meu e-mail: Jota Gomes, Malveira Turismo, Net Tour, Ocean View Turismo e C Brasil
Não responderam ao meu e-mail: Camocim Turismo, Fortaleza Fiesta, Dunnas Travel, Girafa Tur, Heliance, Trip Time, World Friends, Velas Tur, e outras 2 que o formulário foi preenchido no próprio site.

Pelas respostas que recebi já deu pra saber que os preços não variam, a não ser nas negociações cara-a-cara, na praia de Meireles à noite, onde as vans ficam paradas uma ao lado da outra e a concorrência acirrada pode ser um incentivo a uma boa oferta.
Y-Park (Museu da Cachaça) - R$30,00 + R$16,00(ingresso)
Beach Park - R$25,00 + R$120,00 (ingresso)
Lagoinha - R$ 35,00
Mundaú- R$ 40,00
Águas Belas R$ 30,00

Programação

É bom saber a programação dos lugares que pretende visitar, assim os passeios são melhor aproveitados:


Todo mês, no dia 17, a programação inteira é gratuita.


O Planetário abre de quinta a domingo, por isso vou deixar a visita para um desses dias.

- Museu do Ceará

A entrada é bem baratinha e tem um dia da semana que é grátis.


Nos meses de janeiro e julho o shopping oferece transporte grátis desde as praias de Meireles e Iracema.


Mas se você prefere ir de táxi, dê uma olhada nas tarifas.


Para alguns descontos e vantagens é bom dar uma olhada nos sites de promoções dos cartões de crédito, e se increver nos sites de compras coletivas um pouco antes de viajar. Além das várias ofertas de restaurantes, há shows de humor pela metade do preço, descontos em hotéis e até promoções de passeios pela metade do preço.




Furadas

Qualquer desconto vale a pena, e faz com que o turista se sinta mais viajante, mais integrado à cidade, só não caia na história do "almoço grátis"; eu já caí uma vez:

Por toda a Av. Beira Mar você vai se deparar com corretores oferecendo um almoço grátis, ou jantar, ou passeio de barco, para que você vá conhecer "um empreendimento maravilhoso que vai mudar para sempre as suas férias." Bem, tem coisa que é melhor perder do que achar. Saiba mais aqui. Só não são piores que os repentistas de praia, porque esses pra mim são insuportáveis!

Leia também: Furadas em Fortaleza

11 de maio de 2011

De Turista a Viajante, por Heitor Pergher

Caricatura com turistas.
Recebi do Heitor um comentário que me deixou primeiro curiosa e depois muito feliz pelo blog “De Turista a Viajante” servir de inspiração para um texto tão bem escrito. Abaixo segue o texto que foi publicado originalmente no blog “Around de World” onde eu também viajo. Visitem e se encantem.

"Há quem diga que não há diferença. Ok, mas discordo! Entendo que uma análise desatenta pode nos levar a acreditar que esses dois termos possuem o mesmo significado, mas garanto que não têm. Um turista difere, e muito, de um viajante. Verás, jovem iniciante ou experiente apreciador de viagens; deves bem compreender a diferenciação entre esses dois termos e, com sorte, enquadrar-te-á num deles.
Talvez um dos maiores motivos causadores dessa imprecisão sejam os próprios dicionários em geral. Segundo o Dicionário Priberam on-line, o significado do termo “turista” é:

“turista s. 2 gén. Pessoa que viaja por diversão ou recreio dentro ou fora do país.”

Já o termo “viajante”, definido pelo mesmo dicionário:
“viajante (viajar + -ante) adj. 2 gén. s. 2 gén. pessoa que viaja.”

Deves estar te perguntando: “- Por que distinguir dois termos que nem mesmo o dicionário faz questão de diferenciar adequadamente?”. Não há dúvida de que a definição apresentada é insatisfatória. A distorcida acepção do dicionário subentende que somente o turista viaja por prazer.
Bem, o autor certamente não se aprofundou suficientemente sobre esse assunto! A distinção entre os termos não se resume a haver diversão ou não no ato de viajar.
Acredito que o estudo de casos práticos seja a melhor forma de se abordar essa distinção. Exemplificando: o “viajante”, quando decide visitar os Estados Unidos, define sua destinação por ter ouvido falar sobre um incrível local no interior do Estado de Nova York ou pela exuberante beleza natural de Connecticut, por exemplo. Nada de excepcional... compra sua passagem on-line, sem intermédio da agência de turismo. Ao chegar, aluga um carro e se dirige ao seu albergue – localizado em Nova Jersey, já que os de Manhatam são caríssimos. A hospedagem, da mesma forma, é planejada diretamente pelo viajante. Descarrega suas malas e sai quase que imediatamente para fazer alguma coisa, havendo planejamento ou não. Fica alguns dias em Nova York e depois parte. Vai de carro à Washington, D.C, Delaware e outros Estados pouco conhecidos. Não deixa de ver o importante, mas o usual e o corriqueiro também lhe agradam.
O fator motivador do passeio aos Estados Unidos do “turista” é aquela brilhante e chamativa vitrine da agência de viagens, estampada com fotos da Disney e da Estátua da Liberdade. O destino escolhido, obviamente, é a Flórida. Único Estado Americano existente para o turista brasileiro. Para ele, é lá onde ficam o Grand Canyon, a Estátua da Liberdade, os parques temáticos da Disney e todas as outras atrações dignas de visitação. Acerta toda a viagem nos mínimos detalhes com a agência de turismo, evitando qualquer responsabilidade sobre o planejamento. Tudo será delineado para o melhor aproveitamento possível do tempo durante sua estadia. Não terá tempo nem para cagar!
Ao chegar a Orlando e descobrir que a Estátua da Liberdade não se localiza na Flórida o turista se irrita profundamente e ameaça processar a agência por propaganda enganosa e danos morais. Seu tour pelos EUA se resume aos parques da Disney World e a visitas ao Walmart, bestbuy, Radioshack, dentre outras. Dificilmente tem contato com algum americano, já que anda sempre “escoltado” por seu guia turístico. O hotel em que fica hospedado é de no mínimo quatro estrelas, estrategicamente localizado próximo aos parques. Atração à parte! O turista viaja com a intenção de aproveitar ao máximo a comodidade oferecida, e só as vezes lembra que está lá para conhecer o país também...
Como podes ver, ser turista tem suas vantagens! Comodidade é uma delas. Então, se consideras o conforto qualidade primordial de uma boa viagem és um turista. Uma vez, me disseram que quanto mais estrelas o hotel possui mais distante o viajante ficará de conhecer a população local. E isso é a mais pura realidade! Os hotéis luxuosos seguem o mesmo padrão em todo o mundo e normalmente a cultura local é ignorada e distanciada do hóspede.
Assim sendo, o “viajante”, sedento por cultura local, se hospeda em albergues, mesmo que tenha de dividir o quarto com outras pessoas, sacrificando o seu próprio conforto. Na verdade, dividir quarto pode ser muito recompensador, já que as pessoas que estarão com você trarão vasta bagagem de experiências de todos os cantos do mundo.
Não desprezo a figura do turista. Pelo contrário, todos nós já fomos um algum dia! É como que uma fase inevitável. Deve ser superada para se atingir o tão almejado título de “Viajante”. Porém, fica a dúvida! Como ter certeza se sou “turista” ou “viajante”? Bem, acredito que quando perceberes que não mais tens medo e não mais dependes de ninguém para deixar o país, terás certeza que passaste de turista a viajante."

5 de maio de 2011

Revele suas fotos com desconto


Tem sorteio no blog!!



Quem gosta de fotografia precisa conhecer a Uniko e suas opções charmosas e criativas de revelação. São várias sugestões e suportes diferentes para personalizar seus álbuns.
O Fotozine (Photo + Magazine) é uma revista que você monta on-line e, numa parceria com a Uniko, o blog De Turista a Viajante vai sortear para seus seguidores.
Regras para participar:

- Ser seguidor do blog De Turista a Viajante;

- Deixar um comentário 'numerado' com seu e-mail ou blog para contato;

O sorteio será pelo resultado da Loteria Federal do dia 21/05/2011 e o ganhador receberá por e-mail o vale-presente com o código para resgatar seu prêmio no site da Uniko.


Mas não acabou!!

Use o código acima para revelar suas fotos da forma que quiser no site da Uniko e pague com 25% de desconto. Essa oferta é especial para os leitores do blog De Turista a Viajante e vale por um ano, podendo ser usada várias vezes.

Boa sorte e boas fotos em suas revelações!




- Regras do sorteio


- Resultado deste sorteio (21/05/2011)

4 de maio de 2011

O que é Fotozine?

É uma revista fotográfica em que você registra os melhores momentos de uma viagem, um aniversário, uma formatura ou o que você quiser usando suas fotos preferidas. É uma ótima ideia de presente para o Dia dos Namorados, Dia das Mães, Dia dos Pais ou até mesmo um aniversário de 15 anos. Já imaginou a alegria da aniversariante ao ver os melhores anos de sua vida impressos numa linda publicação?

Clique nas imagens abaixo para conhecer alguns exemplosFotozine - álbum de fotos em forma de revista














Fotozine - álbum de fotos em forma de revista

















Fotozine - álbum de fotos em forma de revista
Fotozine - álbum de fotos em forma de revista


















Gstou da ideia? Então use o código abaixo para fazer o seu Fotozine com 25% de desconto no site da Uniko. A promoção vale também para outros produtos da Uniko.