Chegando a Balneário Camboriú-SC


Vista da cidade desde o Molhe da Barra Sul
                Chegamos à Balneário Camboriú pelo aeroporto de Navegantes, onde já nos aguardava o transfer contratado com uma empresa de receptivo (R$95,00, para 4 pessoas). Até Balneário são uns 30min e no trajeto o guia Pedro Henrique foi nos dando dicas sobre a cidade, inclusive me fazendo desistir da ideia de ir 2 dias seguidos ao Beto Carrero World por ser muito cansativo, ele tinha razão. Em pleno domingo, a cidade estava fervendo, com gente para todo lado. A primeira impressão foi de ‘muvuca organizada’, gostei!
 
Bondindinho: embarque e desembarque em qualquer ponto do trajeto.
                Depois de todos devidamente acomodados e alimentados já eram 16h. Para aproveitar o restinho da tarde, fomos fazer o passeio no Bondindinho.  A passagem custa R$3,00 e o trajeto passa por toda a Av. Atlântica e Av. Brasil, parando para embarque e desembarque em qualquer lugar dessas avenidas, basta dar sinal. Ao todo são 10 veículos eleitos como o transporte oficial dos turistas na cidade, portanto o idioma mais ouvido dentro deles é o espanhol principalmente dos argentinos, mas também de uruguaios, paraguaios e chilenos. No final da tarde de domingo estavam bem lotados, com muita gente em pé, mas durante a semana é mais tranquilo.
               O trajeto inteiro pelas duas avenidas demorou aproximadamente 1h e meia, não só pelas inúmeras paradas para embarque e desembarque, mas também pelo trânsito que é bem 'amarrado'. É uma ótima opção para reconhecimento do terreno, sem pressa. Durante o passeio pudemos ver que o local mais movimentado da praia é o centro perto do calçadão e do Atlântico Shopping, localizar opções de alimentação já conhecidas como SubWay (Rua 1600) e Mc Donald's (Rua 1400), além de poder classificar as duas avenidas: Av. Atlântica - bares e restaurantes; Av. Brasil - comércio (a quantidade de farmácias é impressionante).


Molhe da Barra Sul e Morro da Aguada
               O ponto final é o Molhe da Barra Sul, de onde saem os bondinhos aéreos ou os passeios nos barcos piratas que vão até a praia de Laranjeiras. Há também uma passarela mar adentro, além de restaurantes e elementos decorativos que atraem os inúmeros flashes. Passeamos por ali, fotografamos e voltamos ao hotel outra vez de Bondindinho.

Obs: A Barra Sul é o ponto de partida e chegada dos Bondindinhos, sempre que se chega ali é preciso pagar nova passagem se quiser continuar o trajeto.

3 comentários:

Jussara Neves Rezende disse...

Olá, Silmara, você vai continuar contando sobre a viagem, não vai? Tô amando! Eu não sou nada prática e você oferece detalhes práticos super importantes nos seus comentários!
Obrigada pelos comentários no minasdemim. O gadget "seguidores" está com problemas desde que criei o blog. Está online agora, mas às vezes demora para carregar. Na sua próxima visita vc tenta de novo, tá bem? Os filhos tão crescidos, menina, vc viu? A mãe deles ainda "engana", mas o Gabriel não gosta nada de ser confundido com meu irmão... rs. AMEI vc dizer que á análise que fiz da tela da D. Nilza Lentz (é este o nome dela - consegui depois de postar) estava sensível o bastante. Obrigada, de coração.
Abraço!

Veronica Kraemer disse...

Sil querida, este lugar é lindo, né?
Tem tanto tempo que fui, não era assim tão cheio.
Bom ler este post!
Sil, obrigada por seu carinho lá no blog, fiquei super feliz!
Bjos e tudo de bom pra ti
Vero

Karla Hack dos Santos disse...

Nossa.. faz um tempinho que não vou a Bal. Camboriú! Deu até saudade....
Passeio ótimo!!

;D