Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 de abril de 2012

Entrevista: Buenos Aires, por Pablo Blacher

Guia Pablo Blacher Buenos Aires
           
            Quando estive em Buenos Aires pela primeira vez queria aproveitar ao máximo o curto espaço de tempo permitido por uma escala de navio, por isso, contratamos os serviços do Pablo que recomendo sem restrições.
              
Nome: Pablo Blacher
Atividade profissional: Guia de turismo


1- Apresente-se: Quem é Pablo Blacher?
Sou portenho, nascido na cidade de Buenos Aires-Argentina, torcedor do melhor time de futebol - River Plate e, como vocês, amo viajar. Sempre gostei de receber pessoas de outros países, apresentar a cidade, mostrar nossos costumes e fazer amizades. No ano de 2004 fiz um empreendimento pessoal com objetivo de organizar os passeios turísticos para as pessoas que visitam Buenos Aires, oferecendo um serviço personalizado e adaptando os passeios aos gostos e necessidades das pessoas.

2- Apresente-nos Buenos Aires: Por que é a mais europeia das capitais latinas?
Porque com suas grandes avenidas, parques, prédios, variada arquitetura e sua vida noturna tem um certo ar parecido a Paris ou Barcelona. Os portenhos na sua maioria são descendentes de europeus (grande parte de Espanhois e italianos) que trouxeram, a maioria no século 19, sua cultura, culinária, assim como teatros, museus, restaurantes e Cafés, hotéis, monumentos, esculturas e galerias. A partir dessa cultura dos imigrantes Buenos Aires criou uma arte própria como o tango mundialmente famoso.

3- O que é importante saber sobre Buenos Aires antes de chegar à capital portenha?
Se gostar de frio escolha o período de maio a agosto; se gostar do calor, de setembro a abril. O mês mais quente é janeiro e o mais frio, julho. Você vai ter muitas possibilidades de hospedagem, hostels, hotéis de todas as categorias, apartamentos mobiliados e casas de família. Época de turismo é o ano inteiro. Pesquise sobre os eventos que vão acontecer no seu período, já que sempre há festivais, shows e eventos interessantes. Principalmente escolha uma programação à sua medida, já que aqui se pode fazer todo tipo de roteiros: culturais, noturnos, de parques temáticos, de crianças... tem para todos os gostos e idades.

4- O que os brasileiros procuram em BA? O que ainda precisam conhecer melhor?
Os brasileiros procuram conhecer os pontos turísticos importantes, fazer compras em lojas e shoppings com preços em conta, ir aos outlets das marcas, comer bem, se divertir muito e aproveitar a vida noturna: bares, boates e cassinos. Os torcedores de futebol visitam o estádio de Boca e River, e nunca deixam de ir a um bom Show de Tango.

5- Quanto tempo de estadia é o ideal para conhecer Buenos Aires e arredores? Quais são os passeios imperdíveis?
Acho que o ideal é entre 1 semana e 10 dias pra conhecer bem, mas a maioria vem por 4 dias e também dá pra fazer uma programação muito boa. Passeios imperdíveis são:

- Delta do Tigre (Passeio de barco no Rio Tigre)
- Ir para La Boca e conhecer a rua colorida Caminito
- Ir à feira de Antiquários de San Telmo
- Visitar o Bairro de Recoleta e o Cemitério de Recoleta
- Jardin Japonês e o Rosedal
- Parque Temaiken (Zoo estilo americano)
- Tierra Santa (Parque temático religioso)
- Café Tortoni (Bar mais antigo de Buenos Aires)
- Puerto Madero e o Ponte da Mulher
- Cidade de Colônia, no Uruguai
- Visita ao Teatro Colon
- Visita pra à cidade de La Plata
- Assistir a um Show de Tango

6- Muitos turistas brasileiros em escalas de cruzeiros ou a caminho de Bariloche passam apenas 1 ou 2 dias em BA. O que é essencial visitar em tão pouco tempo?
Normalmente pelo pouco tempo, um roteiro pra alguém que vem de Navio se for um dia é nos principais pontos turísticos, ver um pouco de cada lugar e ir a um show de Tango. Se o barco ficar 2 dias poderiam optar em ir a um parque temático ou fazer compras no segundo dia.

7- Qual a melhor época para conhecer Buenos Aires: inverno ou verão?
Como falei anteriormente toda época é boa, dependendo se as pessoas gostam de frio ou de calor. Os passeios e roteiros podem ser feitos no ano inteiro e nos feriados. As únicas datas inconvenientes são o 1º de Maio, o 25/12 e 31/12 quando fica tudo fechado. Pra quem quer conhecer o Rosedal (Parque de Rosas) Outubro é quando estão todas as rosas florescidas.

8- O que causa mais estranheza aos brasileiros na Argentina em relação aos hábitos culturais?
Que nas refeições sempre servem pão. Que os homens se cumprimentam quando são amigos com um beijo. Que as baladas começam às 2:30h, que as lojas abrem tarde demais (10h), os cortes de cabelo de argentinos e argentinas.

9- Qual o diferencial dos serviços oferecidos por Pablo Blacher?
Procuro que sua visita a Buenos Aires seja inesquecível e que os passeios sejam diferentes a qualquer proposta massiva. Oferecer passeios à tua medida, de acordo com a idade, gostos pessoais, família ou grupo de amigos. Passeios que gostem de fazer. Sempre pra mim é uma alegria e prazer receber pessoas do Brasil e além do profissional me levo muitas amizades.

10- O que falta dizer a quem pretende visitar Buenos Aires pela primeira vez?
Espero que vocês que estão lendo o Blog façam uma visita por Buenos Aires que tenho certeza que vão amar essa cidade, eu pessoalmente espero conhecer vocês e recebê-los por aqui.

Para encerrar, conte-nos suas preferências:

- Mochila ou mala? Mala para viagens urbanas onde me hospedo em hotel e uma mochila pequena pra poder levar comodamente água, mapas, e guardar as compras. Mochila pra viagens longas a lugares de natureza, turismo aventura com transporte em trens e ônibus de longa distância.

- Inverno ou verão? Verão pra ir pra praia, sol, colorido e alegria das pessoas. Inverno pra a montanha, neve. Agora isso sim, qualquer programação ir fora da época de chuva, furacão e outros que aí sim podem atrapalhar uma viagem.

- Hotel, hostel ou apartamentos de temporada? Apartamento pra me sentir como em casa.

- Alta ou baixa temporada? Prefiro baixa temporada, evitar filas em restaurantes, melhores precos, e melhor atendimento e astral.

- Terra, ar ou mar? Tudo o que seja possível conhecer, viajar é o máximo!

- Classe econômica ou primeira classe? Classe econômica, agora que ninguém fique do lado da janela que é meu !!!

- Pacote ou roteiro próprio? Roteiro próprio, com uma boa pesquisa a lugares para ir por conta combinado com algumas excursões.

- Guia impresso ou aplicativos? Obrigatório passar pelo balcão de informações de turismo do lugar pra pegar mapas, prestadores turísticos e começar a aventura.

- Fast food ou comida típica? Comida típica para experimentar os sabores do lugar.

- Turista ou viajante? Turista e viajante mas sem deixar de sentir a alma dos habitantes, a essência das paisagens, entrar nas raízes dos costumes do lugar, gastronomia e jeito de ser e estar.

Pablo Blacher Guia em Buenos Aires

Contatos do Pablo:
E-mail: info@buenosaires-trip.com.ar

MSN: infobuenosairestrip@hotmail.com

Facebook: Guia Pablo Blacher

Leia também: 
Un poco más de Buenos Aires
Aprenda espanhol na internet


Entrevista de março:
Bariloche, por Vanessa Olivatti.
 
Entrevista de maio:
Santiago do Chile, por Sousas Tour
logo mala

4 comentários:

  1. Que show e super diferente a entrevista! Gostei muito^^ Quero ir á Buenos Aires!^^ Me gusta mucho!
    Beijocas.

    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei a entrevista,fui lendo e voltando no tempo..recordando minha viagem a BA,as comidas,os costumes, os cabelos (kkkk) tudo!Amei !!
    Bjs,boa semana!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns por mais esta entrevista. É muito gostoso relembrar BA. E parabéns ao Pablo pelo belo trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Mto boa a entrevista! Tive o prazer de contratar os serviços do Pablo e assim como você... também recomendo sem restrições!

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.