Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

22 de maio de 2012

Guest Post - Bariloche é viciante!

           Escrito por mim e para mim, explico:

          Passeando pela blogosfera encontrei em um blog de viagens explicações sobre o guest post que se encerravam assim: 'Meu caro amigo blogueiro e viajante, gostou da ideia??? Entre em contato!!!' Entrei, claro, meu prazer em escrever ultrapassa os limites do meu próprio blog. Escrevi o texto conforme as exigências (que não eram poucas), com no mínimo 500 palavras, anexei as fotos e aguardei a análise... e continuo aguardando... até hoje... 4 meses depois... Ao clicar em 'contato' lê-se no distinto blog a seguinte mensagem: '...irei responder o mais rápido possível. Geralmente, respondo ainda no mesmo dia ou no próximo dia útil' (oi???).
          Nenhum blogueiro é obrigado a aceitar um guest post se não estiver de acordo com a linha de seu blog, mas respeito é fundamental. Eu jamais deixo uma mensagem recebida sem resposta e todos os meses convido alguém para uma entrevista tratando meu convidado com a melhor atenção possível.
       Enfim, não vou descartar um texto que pode ser útil aos leitores numa época em que as postagens sobre Bariloche têm a cada dia mais acessos. Então segue o guest post de Silmara Colombo (eu mesma) para o De Turista a Viajante (da mesma):
Refúgio Neumeyer - Bariloche - AR
Eu sou o pontinho vermelho na neve.

            Nas duas temporadas em que estive em San Carlos Bariloche-AR (2008 e 2011), voltei com a mesma sensação de querer mais e já começar a pensar na próxima viagem para lá.
       É o destino de inverno preferido pelos brasileiros, tanto que o apelido de ‘Brasiloche’ se justifica pelo idioma mais ouvido por lá nessa época: o português. Por falar em língua estrangeira, não se preocupe com a comunicação, o ‘portunhol’ é fluente em todo lugar. Eles se esforçam para entender os brasileiros e mesmo que você queira treinar seus conhecimentos de castelhano e arriscar um ’gracias’, pode ouvir como resposta ‘obrigada você’.
      Dizem que a cidade no verão é linda e que as opções de passeios são ótimas, mas o brasileiro vai para lá por causa da neve. Há quem sonhe em conhecer as montanhas branquinhas, mas tema pelo frio exagerado. Bobagem, frio passamos aqui no Brasil quando somos surpreendidos com temperaturas mais baixas, pois na maior parte de nosso território passamos o ano todo sem tirar o moleton do armário. Nos cerros (montanhas), usa-se roupas especiais e impermeáveis que mantém o corpo aquecido e seco. Quando se está na cidade, um casaco mais grosso é suficiente para caminhar pela rua e tirá-lo quando entrar em um ambiente fechado, já que todos possuem aquecedor.
        Neve lembra esqui e já vêm à nossa cabeça as imagens dos competidores dos esportes de inverno. Não é bem assim. Ninguém faz duas horas de aula e desliza lindamente (e em segurança) montanha abaixo, esquiar é difícil, exige prática. Se o sonho é calçar os esquis, você pode realizá-lo com o esqui nórdico (plano) ou mesmo o esqui alpino (montanha) em pistas para iniciantes. Só não vale tomar isso como obrigação, achar que ‘tem’ que esquiar porque havia neve, isso equivale a pensar que ‘tem’ que surfar porque viajou para a praia.
         Há muitas outras opções por lá, ninguém vai à Bariloche para ‘ver’ a neve. Além das opções de esqui, há o esquibunda, preferido dos brasileiros por ser mais divertido e seguro, patinação no gelo, caminhadas com raquetes, teleféricos, passeios de barco, de quadriciclo, com motos de neve... e muito mais.
      Hummm, a comida!! Não existe unanimidade em nada, portanto já vi quem reclamasse da falta do feijão, mas não tem lógica ir para outro país e esperar encontrar tudo igual ao seu. Furada em Bariloche é reservar hotel com meia pensão, pois são inúmeros restaurantes para todos os gostos e bolsos. Os amantes da boa gastronomia não vão gostar da notícia, mas Bariloche se rendeu à maior franquia mundial de fast food e inaugurou um MC Donald’s em janeiro/2012. Esqueça o regime porque não dá para ignorar os chocolates, eles estão por toda parte em formatos, cores e sabores variados. São deliciosos, impossível resistir.
          O grande engano dos brasileiros é concentrar a atenção nos gastos com passagem e hospedagem e depois ser surpreendido com os preços dos passeios que são mais caros que aqueles feitos no Brasil. Pesquise antes, programe-se e viaje tranquilo. De preferência em agosto, quando a probabilidade de haver neve é maior. Em junho e julho possivelmente haverá neve no alto das montanhas, mas fazer o boneco de neve e o anjinho deitado no chão vai ser um pouco difícil.
            Planos sempre existem, se vão se concretizar ou não é outra história, em todo caso já comecei minhas pesquisas para Bariloche 2012! Quem sabe não nos encontramos por lá?!

Silmara Colombologo mala


 Meus guest posts em blogs que levam o convite a sério:
- 365 dias viajando (Fortaleza além do pacote turístico) - 28/01/2012
- Peppe de Paula Turismo Brazil (Turista ou viajante?) - 01/02/2012
- Cantinho da Si (Beto Carrero World) - 02/02/2012
- Romance em Alto Mar (Surpresas para Namorados) - 25/02/2015
- New York's Secrets (Carol de Mello) - 22/03/2015


Vai viajar? Conheça o Guia Essencial de Bariloche e Villa Angostura. Clique aqui.
Guia Bariloche

8 comentários:

  1. Bacana, Silmara!

    Fiquei pensando em como Bariloche é perigoso para quem tem intolerância à lactose. Meu caso. :(

    Mas, mesmo assim, não desnimei. :P

    []'s,
    Camila

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o seu texto. Você escreve muito bem, prende a nossa atenção. Fiquei com uma vontade de ir para Bariloche agora mesmo e ficar lá esperando a neve chegar, rsrs.
    Nós brasileiros, passamos muito frio aqui no Brasil, porque a grande maioria dos estabelecimentos não são preparados com aquecedores. Em muitos lugares, se quiser ir comer uma pizza fora de casa no inverno tem que ir "encapotado", senão passa um friozão.

    Um abraço, Fabiana.
    http://relatosdeturista.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Camila e Fabiana, fico feliz de verdade que tenham gostado do post, afinal foi um texto rejeitado como Guest Post. Enfim, não era tão ruim, não é? rs

    ResponderExcluir
  4. Oi Silmara! Vocês postaram há muito tempo no meu blog (Retratos & Relatos), só que só agora estou voltando a ativa e com a corda toda. Se quiserem postar lá um guest post serão super bem-vindos! Abraços! Maira.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Maira, seu blog é inspirador, até escrevi um post sobre um outro que vi por lá:
    http://www.deturistaaviajante.com/2012/03/miniaturas-de-shampoo-do-hotel.html

    ResponderExcluir
  6. Silmara, eu acho que já te disse que meu filho tem mania de Bariloche: ainda não foi, mas deve ir em breve; fala nisso desde sempre! Vou mandar seu link pra ele.
    Amei a legenda "Eu sou o pontinho vermelho na neve"... rsrs
    Abraço!
    Jussara

    ResponderExcluir
  7. Estou planejando ir em final de setembro 2013, sera que terei sorte de um pouco de neve? adorei o blog, logo farei as perguntinhas basicas. obrigada

    ResponderExcluir
  8. Nenhuma época é certeza de ter neve, mas a mais provável é entre a segunda quinzena de agosto até o final de setembro.

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.