Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 de agosto de 2012

Entrevista: João Pessoa, por Cinthia Maria

Cinthia Maria Bezerra Pinheiro
Nome: Cinthia Maria Bezerra Pinheiro
Profissão: Professora

Apresente-se: Sou professora militar há oito anos do Colégio da Polícia Militar do Estado da Paraíba, leciono as disciplinas de gramática e redação. Casada e com um filho de dez meses, nestas férias, tenho observado destinos de viagem tranquilos e que abriguem crianças com conforto e tranquilidade. E a nossa amada João Pessoa é um desses destinos!
João Pessoa - PB

* Vamos caracterizar João Pessoa através de uma moradora da capital da Paraíba e não das agência de turismo:
 - melhor época do ano para se visitar:
Isso depende do que se busca. Se você quer mais agitação, a melhor época é o verão, mais especificamente o mês de janeiro. Mas se quer experimentar a tranquilidade da capital paraibana, todos os outros meses do ano são propícios. Junho e julho são os meses mais tranquilos porque são as férias e muitos viajam deixando a cidade bem vazia.
João Pessoa - PB
- melhor praia: 
A praia mais conhecida de jampa é a praia de Tambaú, contudo não tem sido o melhor ponto do nosso litoral. Melhor mesmo seguir alguns quilômetros à frente, em direção à vizinha cidade de Cabedelo e visitar a praia do Bessa, que faz fronteira com as duas cidades. Salientando-se que Cabedelo faz parte da Região Metropolitana de João Pessoa, assim como Bayeux e Santa Rita.

- melhor lugar para se hospedar:
Em se tratando de hospedagem a melhor área mesmo é o litoral. Nas praias de Tambaú, Manaíra e Bessa você encontra desde hotéis mais caros a pousadas charmosas e que cabem melhor no bolso de todos. Nos demais bairros a hospedagem é regular e fica distante dos locais legais de serem visitados.

- Para quem indica:
João Pessoa - PBDefinitivamente João Pessoa é uma cidade para famílias ou grupos não tão jovens. Como eu falei antes, é uma lugar para quem busca tranquilidade nos momentos de lazer. Casais em lua de mel também acho que gostariam.

* O que há de melhor para se fazer em João Pessoa?
Durante o dia você pode ir a uma das praias de águas mornas de nosso litoral (ai coisa maravilhosa!) Cabo Branco, Tambaú, Manaíra ou Bessa. Recomendo, pra quem gosta de barco, fazer o passeio para Areia Vermelha, saindo da praia do Poço (logo depois da praia do Bessa); ou para “Picãozinho”, saindo de Tambaú. Tem Catamarãs saindo quando a maré está baixa e eles cobram uns R$25 por pessoa. Em Picãozinho há até a possibilidade de um mergulho e tirar fotos com os peixinhos.
João Pessoa - PB
Um restaurante legal com comidas regionais e de muito boa qualidade, recomendável para o café da manhã ou para o almoço é o “Mangai”, localizado na praia de Manaíra.
Outro roteiro sentido litoral sul seria dar um pulinho na cidade vizinha de Conde. Ela abriga as praias de Jacumã que fica a alguns quilômetros de Jampa e numa só reta encontramos as praias  do Amor,  Carapibus, Tabatinga, Coqueirinho e a famosa praia de naturismo: Tambaba.
Nessa área os restaurantes são bem simples e muitos são típicos de beira-mar, vendendo aquele peixe frito maravilhoso...

Para o lado norte, depois da praia do Bessa temos a praia de Camboinha e Intermares (já em Cabedelo) e a praia do Jacaré, onde no final da tarde tudo se volta para o espetáculo do pôr do sol, que sempre é acompanhado pelo bolero de Ravel, tocado pelo Jurandir do Sax, dentro de uma canoa, nas águas que marcam o encontro do rio com o mar. Esse momento ninguém pode vir a João Pessoa e deixar de viver. É mágico!
João Pessoa - PB
À noite, temos bares, boates e restaurantes na orla pessoense, partindo do Cabo Branco sentido praia do Bessa. A vida noturna de Jampa não é muito agitada. Nada agitada se comparada a São Paulo ou até mesmo a nossa vizinha Recife. Mas é isso que nos faz felizes, essa agitação comedida e controlada, que nos diverte e nos acalma.
Recomendo os restaurantes “Fellini” na praia do Cabo Branco que possui música ao vivo e bailarinos à disposição para acompanhar quem se aventura na dança de salão.
O “Marinas” que é um bar e restaurante muito elegante e mais tranquilo, também no Cabo Branco. Em Tambaú, recomendo o bar “Johnny People”, muito legal e que sempre traz uma banda tocando pop rock nacional e internacional. Fica na área chamada “Feirinha de Tambaú” e é nessa redondeza que vemos os solteiros desfilando... rsss
Na orla do Bessa as sugestões seriam o “Vila Madalena” também bar e restaurante com música ao vivo. Muito legal e abriga gente de todas as idades. E o “Restaurante Sal e Brasa” esse recomendo pela variedade e pelo bufê sempre impecável e o rodízio de carnes espetacular. Não é muito barato, mas vale a pena!
João Pessoa - PB
* Que lugares só os moradores conhecem? Dê algumas dicas para quem quer ser mais que ‘turista’ na cidade.
Coisas que turistas pouco veem: a Casa do Artista Popular que fica no Centro da Cidade, próximo à Praça da Independência. De lá você pode ir ao Mosteiro de São Francisco, uma construção barroca lindíssima e que vale a pena ver. Logo em frente fica a Academia Paraibana de Letras que vale a parada também.
Outra dica seria ir de trem saindo de João Pessoa – Centro para Cabedelo. Conhecer a cidade por outro ângulo: o dos moradores!
Recomendo também a visita ao Espaço Cultural José Lins do Rêgo que abriga um museu do escritor paraibano e diversos espaços voltados à arte e cultura, como: Cine Banguê, teatro Paulo Pontes, Teatro de Arena, Planetário e etc. A cada última quinta-feira do mês a Orquestra Sinfônica da Paraíba se apresenta no teatro Paulo Pontes, localizado neste Espaço. A entrada é franca!
* Que lugares são só para ‘turista ver’? Não valem a viagem.
João Pessoa - PBPerguntinha difícil... Acho que o Centro Histórico de Jampa. Os casarões foram reformados, mas falta mesmo vida para o lugar. Não há muito o que se ver, tipo museus interessantes ou algo parecido...
Shoppings também não recomendo, porque são a mesma coisa em todo lugar!
* Em um City Tour, que não seja apenas panorâmico, o que é imperdível visitar na cidade?
A Igreja de São Francisco, A Basílica de Nossa Senhora das Neves, a Casa do Artista Popular e o Espaço Cultural.

* Saindo de João Pessoa, o que a região oferece de atrativos?
Conde – as praias que citei acima: praias do Amor, Jacumã, Tabatinga, Carapibus, Coqueirinho e Tambaba.
Cabedelo – Camboinha, Intermares e a praia do Jacaré com o pôr do sol acompanhado do bolero de Ravel.
João Pessoa - PB
* Como é a estrutura das praias de João Pessoa?
Eu acho fraca a estrutura. Tem bons bares, mas em pequena quantidade e muitos fecham cedo. Para quem quer aproveitar a noite, fica difícil. Outro ponto que me entristece muitas vezes é o atendimento. Há lugares em que o atendimento é divino, mas ainda há alguns que deixam a desejar. Reclame para ver se melhora!!! Rsssss
Mas não faltam lugares bons para comer, principalmente em Tambaú.

* Falta alguma coisa à sua cidade em relação a outras capitais do nordeste?
Muita coisa!
 Falta melhorar o transporte público, a rodoviária, o aeroporto. Expandir, reformar, etc.
João Pessoa - PB A sinalização vertical é ruim. Se você quiser ir a algum lugar sem saber onde é, somente pelas placas não consegue. A saída é perguntar aos transeuntes.  Isso eu acho impagável!

* O que faltou dizer aos turistas e viajantes sobre João Pessoa?
Que infelizmente Jampa tem conseguido uma coisa que as grandes cidades têm já há muito tempo: aumentar a violência. O índice de criminalidade nas áreas suburbanas tem crescido assustadoramente e é bom o turista ou viajante ficar esperto como em qualquer metrópole brasileira.

João Pessoa - PB* Quais são suas preferências de viagem?
- Mochila ou mala? Mala
- Inverno ou verão?  Verão
- Hotel ou acampamento? Hotel
- Alta ou baixa temporada? Baixa temporada.
- Terra, ar ou mar? Ar.
- Classe econômica ou primeira classe? Tanto faz.
- Pacote ou roteiro próprio? Roteiro próprio. Odeio coisas engessadas para o meu lazer.
- Guia impresso ou aplicativos? Aplicativos para Ipad, por favor. rssss
- Fast food ou comida típica?  Comida típica. Odeeeeio fast food.
- Turista ou viajante? Turista.

Entrevista de julho:

7 comentários:

  1. Oi, Silmara!
    Fiquei com vontade de conhecer João Pessoa, pois não gosto de praias muito cheias. Fiquei tentada pela "agitação comedida e controlada" do lugar. rs
    Abraço,
    Jussara

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, ficou faltando falar da beleza da "Estação Cabo Branco", um excelente ponto turístico para todas as idades!

    ResponderExcluir
  3. Lembrei-me da Estação Cabo Branco depois que tinha lhe enviado a entrevista...
    Eu a incluiria no tópico: "Que lugares são só para 'turista ver'" :D

    E o Farol do Cabo Branco vale a pena por conta da vista do litoral lá do alto!

    ResponderExcluir
  4. Recordei agora de quando fui a João Pessoa há muitos anos atrás, 1986. Nossa! Adorei a cidade, justamente pela calmaria, aquela lagoa me lembrou demais a Lagoa Rodrigo de Freitas aqui do Rio de Janeiro, em miniatura. Isso ficou na minha memória. Outro lugar que adorei visitar, que na época era ponto turístico foi o Hotel Tambaú Tropical, lindíssimo. Adorei, agora, relembrar essa viagem , e o mais legal é que fiz com minha irmã e uma amiga, só nós três. Foi sensacional! Valeu a entrevista. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Em João Pessoa chove muitooo de abril a outubro, os melhores meses são de novembro a março!

    ResponderExcluir
  6. Joao Pessoa eu recomendo, principalmente pra casais, é perfeito, porque não é muito agitado. Pode caminhar pela orla sem ouvir aquela barulheira de carros que se presencia em Recife, por exemplo. O que se vê mais são bicicletas, pessoas caminhando, o canto dos pássaros... Sem falar que a orla é muito limpa e bem cuidada. Nada de prédios gigantescos na orla. As praias, por sinal, são lindas e de um verde difícil de descrever. A praia que eu mais gostei foi Cabo Branco. Como eu fui à Recife e depois Jampa, pude fazer um comparativo e é uma diferença muito grande. 10 x 0 jampa!!!

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.