City tour em Gramado e Canela


City Tour em Gramado
Jardineira parada no pórtico.
         A maioria das agências de receptivo (e são muitas) oferece o City Tour casado entre Gramado e Canela. Como a cidade é bem pequena e bem fácil de se localizar por ali, não achei vantajoso e preferi fazer o City Tour separado das 2 cidades pela Jardineira das Hortênsias. O passeio de jardineira custa R$16,00 e dura 2 horas, com 2 paradas para desembarque: o pórtico e o Lago Negro. Há outras paradas para fotografias de dentro do próprio ônibus. O Sr. Dias, que dirige a jardineira, é extremamente simpático e passa também pelos bairros 'não turísticos' de Gramado dando informações sobre a cidade de apenas 33 mil moradores fixos.

1/2 hora de parada no Lago Negro.
           Ele nos mostrou a "Gramado dos Turistas" e "Gramado dos Moradores", uma cidade tão tranquila que a delegacia fecha para almoço e nem abre aos finais de semana. Deu até dicas de compras: vinhos bons e baratos -  vá ao mercado. Quer gastar como turista? Compre na Av. Borges de Medeiros. Quer gastar como o gramadense? Visite as lojas da Rua São Pedro.
          Além da Jardineira das Hortênsias, há outra agência que faz esse city tour panorâmico em Gramado. A Vitória Tour tem um passeio bem parecido por R$10,00. Em alguns lugares em que passamos vimos o ônibus aberto deles. O panfleto de divulgação da Vitória Tour oferece os melhores preços de passeios, o que não me animou foi a quantidade de locais comerciais em que fazem paradas. Não que eu não goste de fazer compras (mulher assim não existe!), mas a ânsia dos guias de turismo pelas comissões não pode se sobrepor ao lazer do turista, e em Gramado isso é muito nítido. Nos locais de 'compras' as paradas costumam ser maiores que em outros. Não visitei 'nenhum' lugar nos passeios que fiz em que não deixei alguns reais além do valor pago pelo passeio.
           Fechei o city tour de Canela para o mesmo dia à tarde e o Tour Uva e Vinho (até Bento Gonçalves) para o dia seguinte. No 'pacote', Canela saiu por R$28,00, ou seja, total de R$44,00 o city tour nas 2 cidades. Nas agências o preço único para 'Gramado e Canela' chega à R$80,00.
City Tour em Canela
Em frente à fábrica de chocolates Lugano.
               A primeira parada foi na fábrica de chocolates Lugano que se diferencia das outras por produzir seu próprio chocolate e não apenas derreter o chocolate de outras marcas. Não faz muito sentido ir até Gramado para consumir chocolate da Nestlé ou Lacta em formatos diferentes, então experimentei, gostei e não fiquei comparando com outras lojas. Todo o chocolate que trouxe foi da Lugano. Tanto esta como as demais fábricas ficam abertas em horário comercial, de 2ª a 6ª. Já as lojas no centro da cidade abrem diariamente até às 21 horas.

Produção na fábrica de
chocolates Lugano.
          Não há diferença de preço entre a fábrica e as lojas, mas o guia nos segurou 5 min dentro da Van explicando a vantagem de comprar ali um chocolate mais fresco, diretamente da fábrica e claro, não se esquecer de dizer o nome do guia ao pagar suas compras. Quem faz o passeio da jardineira em Gramado, ganha um cupom com 10% de desconto para compras do chocolate Lugano.
         A segunda parada é no Mundo a Vapor. Mesmo quem decide não pagar os R$15,00 da entrada não deixa de fotografar ao lado da locomotiva da fachada. Não existe álbum de quem visitou Canela que não tenha uma foto dessas. Para concluir se vale a pena visitar o museu tenho que citar Fernando Pessoa: Tudo vale a pena. Se a alma não é pequena. Lá dentro o que há são maquetes e miniaturas funcionando a vapor, uma pequena praça de alimentação e, claro, lojas de souvenirs. Não é imperdível, mas já que está por lá... É legal conhecer, mas não acho que alguém volte para um 2ªvisita.

          A próxima parada foi o Parque do Caracol, onde fica a cachoeira tão divulgada nas fotos da região. A entrada custa R$12,00, mas sai por R$10,00 para quem chega com as agências. Há um mirante para ver a cachoeira e também um observatório com 30m de altura que permite uma visão de 360º do parque, com binóculos a disposição, custa R$6,00 por pessoa. Aqui descobri que o esforço do guia em ser simpático e 'instrutivo' começava a ter efeito contrário. Ele falava demais!! Perdemos 15min do tempo prá lá de insuficiente para conhecer o parque, ouvindo sua 'aula' sobre os movimentos migratórios do sul do país. Perdi as contas de quantas vezes ouvi sobre a importância das araucárias e o crime inafiançável para quem derrubar uma delas.

             O Castelinho Caracol é uma construção conservada com seus móveis e objetos originais da família alemã que a construiu. Foi cenário de novelas globais como Chocolate com Pimenta (que não me lembro), em que era a prefeitura; e a recente A Vida da Gente (que não assisti), em que era a casa da personagem de Nicette Bruno. É uma visita rápida e cara, são R$6,00 para entrar e pagar mais R$17,00 por um pedaço de Apfelstrudel, torta de maçã preparada com a original receita alemã.
              A última parada é a igreja no centro de Canela, com vários pontos comerciais ao seu redor que o guia lembra que fecham às 18h, então é bom correr para dar tempo de fazer as últimas comprinhas sempre lembrando de mencionar o nome de quem o levou até ali. Esse City Tour é o tipo de passeio que todo turista vai fazer, de uma forma ou de outra. São aqueles pontos turísticos meio que 'burocráticos', que você tem que visitar para dizer que conheceu um pouco da cidade. Voltando a Fernando Pessoa, tudo vale a pena para conhecer, mas com exceção do Parque do Caracol, nenhum dos outros receberá novamente minha visita quando voltar à Gramado.
       


3 comentários:

Jussara Neves Rezende disse...

Silmara, eu aqui lendo e pensando: Qdo for, quero só os chocolates e o parque... rs. Daí vc fala sobre voltar ao parque... imagino a beleza do lugar e o quanto o tal guia deve ter sido inconveniente com a falação. Que chato!
E os chocolates? Hummmm... vontadeeeee!
Bjo&Carinho,
Jussara

Morgana Lacerda disse...

Vcs fecharam por qual agencia os passeios de Canela e do Vinho? Pela Vitori Tour mesmo? Obrigada!

Silmara Colombo disse...

Oi Morgana, fechei pela Jardineira das Hortênsias. A mesma do ônibus que faz o city tour em Gramado.