Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 de dezembro de 2012

Olimpíada de Língua Portuguesa 2012

Medalhas da Olimpíada de Língua Portuguesa
Minhas medalhas de bronze e prata: vivências que valem ouro.
        Quem acompanha o blog já sabe: sou professora de Português e apaixonada pela profissão que escolhi. Pois bem, nos anos pares acontecem as edições da Olimpíada de Língua Portuguesa que tem uma tag dedicada a ela no blog: OLP . Esse foi um dos motivos para me afastar do blog em 2012, eu estava muito atarefada trabalhando com 6 turmas em 3 categorias: poemas, crônicas e artigo de opinião. Como resultado tive uma aluna com medalha de prata em poema e uma com medalha de bronze em artigo de opinião. Os textos premiados podem ser lidos nos links.
Primeira viagem de avião
Rumo à Belo Horizonte-MG
     Sem exageros posso afirmar que a OLP, foi a responsável pela maioria das minhas lágrimas em 2012, sejam elas de alegria, emoção e até de frustração. É inexplicável, por exemplo,  como o Estado de São Paulo que tem o maior número de professores e alunos participantes não tenha 'nenhum' vencedor, numa premiação com 20 medalhas de ouro. Mas algumas decepções inevitáveis não são maiores que a experiência proporcionada a alguém que viaja pela primeira vez de avião, entre tantas outras.
      Os classificados para a fase regional da competição viajam com seus professores para uma capital por 3 dias. Esse ano uma aluna minha foi para Fortaleza (poema) e a outra para Belo Horizonte (artigo de opinião). O aluno que chega à final, viaja para Brasília levando também um responsável. Nas 3 edições juntas (2008, 2010 e 2012) já ajudei a proporcionar essa experiência de voar pela primeira vez para 5 pessoas entre mães e alunas. Nunca vou esquecer a fascinação de minha aluna em 2010 sobrevoando São Paulo para pousarmos em Congonhas: "Olha, professora, é igualzinho da novela!"
      Nesse ano, para mim, o momento mais emocionante foi minha aluna de 11 anos diante do mar pela primeira vez. Quando voltou da viagem, por mais que lhe perguntassem sobre a medalha de prata, sobre o avião, o hotel em Fortaleza, a viagem agendada para Brasília... nada superava o brilho dos olhos dela ao falar do mar. Tão tocante que fiz uma montagem no Prezi para este momento único, distraidamente registrado, e é essa a imagem que quero guardar no coração para que em 2014 eu tenha ânimo para possibilitar que ela se repita.





"Foi assim como ver o mar
Foi a primeira vez que eu vi o mar
Onda azul, todo azul do mar
Daria pra beber todo azul do mar
Foi quando eu mergulhei no azul do mar"

2 comentários:

  1. Silmara,
    Parabéns aos ganhadores, aos pais e aos professores.
    Te admiro muito, você é um doce de pessoa.
    Hoje em dia há poucos professores como você, que ama o que faz.
    E mais uma vez PARABÉNS...
    Besitos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Mi. Vindo de alguém tão apaixonada pelo que faz, esse elogio é um grande incentivo. Bjos e feliz Natal!

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.