Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 de fevereiro de 2013

Museus de New York - História Natural

Cartaz do filme "Uma noite no museu"
      Para quem gosta de visitar museus como eu,  New York é um prato cheio, há muitos deles sobre variados temas na cidade (veja aqui). O tempo curto e a quantidade de outras coisas para se ver e fazer por NYC exige que se escolha quais visitar, além disso, por mais que se goste de museus, repetir sempre a mesma programação  ficaria monótono e cansativo. Eu consegui ir a dois dos quatro museus que gostaria de conhecer:


Não visitei:
- The Metropolitan Museum of Art (MET): deixei para a próxima viagem à New York porque merece uma visita sem pressa. São mais de 2 milhões de obras caracterizando mais de 5000 anos de história da arte. Não é para dar apenas uma passadinha.

- The Museum of Modern Art (Moma) - fica bem próximo ao hotel onde estava hospedada (Sheraton New York), então me programei para visitá-lo no final da tarde da sexta-feira quando a entrada é gratuita das 16h às 20h. Mas choveu e perdi uma das 3 preciosas noites que tive em New York no hotel.

           Para quem viaja com crianças, assistir ao filme "Uma Noite no Museu" vai ajudar bastante os pequenos (e até os maiores) a se interessarem pelas exposições do Museu de História Natural, o site oficial  sugere um tour com as atrações mostradas no filme. São muitas peças e exposições, é um passeio para 4 ou 5 horas, há praça de alimentação, bares para lanches rápidos, um terraço de frente para o Central Park, além de várias lojas de lembranças e brinquedos. 
Central Park visto desde o Museu de História Natural - New York
Central Park visto desde o AMNH. Atravessando o parque, do outro lado encontra-se o MET, na mesma direção.

               Descendo na estação 81 do metrô, você sai dentro do museu, por uma outra entrada e não o hall que aparece no filme com o dinossauro. Esse espaço tem entrada gratuita, é nele que são vendidos os ingressos de quem chega pela entrada principal. 
Museu de História Natural - New York
Hall de entrada em frente ao Central Park

            Por falar em ingressos, o preço 'sugerido' é de 19 dólares, mas o visitante pode pagar o quanto quiser para visitar o museu sem acesso às exposições especiais. Deve ser muito habitual as pessoas pagarem um dólar, como vi várias fazendo na fila, porque eu dei uma nota de 10 dólares, disse que era para os quatro e a moça me perguntou se eu queria troco (change).

Fachada do Museu de História Natural - New York
Entrada principal do Museu.
            São 4 andares, suba de elevador até o último e venha descendo depois de visitar cada um. Um mapa é imprescindível para se localizar entre as inúmeras salas, mesmo assim alguma coisa ficará para trás, é muito grande. Não deixe de visitar o planetário e outras salas do Earth and Space Tour

Planetário do Museu de História Natural - New York

            Para voltar, vale uma caminhada pelo Central Park em direção à 59th Street. Se o tempo é curto vamos otimizá-lo: seguindo pela Rua 59, na outra ponta do parque, você sairá quase em frente ao cubo transparente de entrada da Apple Store que é subterrânea. Mesmo quem não vai comprar nada, entra para conhecer e a loja está sempre lotada.

Apple Store em New York

          Um mapinha para ajudar a entender a logística: saia do Museu de História Natural (A) e caminhe por dentro do Central Park até a 59th Street, siga por ela até o outro lado do parque na Fifth Ave, onde fica a primeira  e principal loja Apple. Navegue por ele clicando com o mouse.
        
Exibir mapa ampliado


Um comentário:

  1. Oi Silmara!
    Também adoramos museus, e é uma coisa que eu sempre gostei e a Júlia acabou gostando, sem que eu forçasse muito.
    No começo o Ogro ficava assim,meio deslocado, mas agora tomou gosto pela coisa.
    Também está na nossa lista de desejos conhecer este museu, deve ser muuito legal. O que somos rápidas em compras e shopping, acho que somos lerdas em museus, queremos ler cada plaquinha...rsrs...
    Beijos!
    Marcia

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.