Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12 de maio de 2013

O Brasil para os brasileiros - Diogo Mainardi

Diogo Mainardi no programa de Jô Soares           Saudades de abrir a revista Veja no domingo e ler a coluna de Diogo Mainardi. Mas como isso não é mais possível, vou recordar um texto polêmico (como todos os outros do autor) sobre o turismo no Brasil. Leia preparado para o desafio que é qualquer texto de Diogo Mainardi.

O Brasil para os brasileiros

            "Eu tenho uma regra. Uma regra elementar. Qualquer um pode segui-la. Funciona sempre. Quando a imprensa publica repetidas reportagens sobre o aumento do turismo brasileiro para os Estados Unidos, está na hora de juntar suas economias, ir correndo até o cambista da esquina e trocar tudo por dólares. Em seis meses, seu dinheiro terá dobrado de valor. Não há a menor possibilidade de erro. Outro dia, O Globo publicou uma reportagem dessas. Continha cinco sinais inequívocos de descalabro cambial: 1) Depois de dois anos, a loja de departamentos americana Bloomingdale's voltou a exibir a bandeira verde-amarela em sua fachada. 2) Os vôos da Varig para os Estados Unidos estão com a lotação completa para os próximos três meses. 3) As escolas de esqui no Colorado agora oferecem cursos em português. 4) A Disney estima um crescimento de 17,2% de visitantes brasileiros em Orlando. 5) Uma vereadora do Partido Verde do Rio de Janeiro foi passar as férias com a família em Nova York e aproveitou para assistir à montagem do espetáculo A Gaiola das Loucas, na Broadway. Trata-se da mesma vereadora cujo caminhão de som me acordou diariamente durante a última campanha eleitoral. Escute o conselho de seu amigo Diogo. Os números não batem. O real irá despencar. Ponha o carro à venda e compre dólares. Ponha o apartamento à venda e compre dólares. Depois me escreva agradecendo.
           Não que haja algo de errado em querer viajar para os Estados Unidos. Pelo contrário. Quem nunca foi até lá deve pegar o primeiro avião e se mandar imediatamente. Entre viajar para os Estados Unidos e rodar pelo Brasil, é muito mais recompensador viajar para os Estados Unidos. O potencial turístico brasileiro costuma ser grandemente superestimado. Jamais seremos uma meta preferencial dos estrangeiros. O país tem pouco a oferecer. Só desembarcam aqui os turistas mais desavisados. Ou então os que buscam sexo barato. O mundo está cheio de lugares mais atraentes que o Brasil. Da Tunísia à Croácia, da Indonésia à Guatemala. Temos muitas praias. Mas nosso mar é feio. Turvo. Desbotado. Com despejos de esgoto. Pouco peixe. Peixe ruim. Chove demais. Chove o ano todo. Não temos monumentos. Não temos ruínas arqueológicas. Nossas cidades históricas são um amontoado de casebres ordinários e igrejas com santos disformes. Não temos o que vender porque não sabemos fazer nada direito. Não temos museus. Sou um pervertido, e teria o maior interesse em conhecer o museu da Base Aérea de Brasília, onde está exposta a taça de champanhe manchada de batom que dona Marisa usou na inauguração do avião presidencial. Mas como convencer um turista dinamarquês de que vale a pena fazer o mesmo? Nossas florestas estão sempre em chamas. Não sabemos comer. Desrespeitamos as normas básicas de higiene, contaminando os estrangeiros e a nós mesmos. Roubamos. Com um pouco de sorte, até matamos. O Brasil só serve para os brasileiros. A Embratur deveria parar de fazer propaganda enganosa sobre o país no exterior. Por falar em exterior, para onde vamos no Carnaval?"
Diogo Mainardi
Revista Veja - 26/01/2005
http://veja.abril.com.br/260105/mainardi.html

            O autor paulistano teve uma coluna semanal na Revista Veja de 1999 ao final de 2010 quando se mudou com a família para Veneza, na Itália. Como colunista de Veja colecionou processos contra si por "crimes de opinião". Não compartilho das opiniões radicais sobre o Brasil, mas sou fã do autor pelos textos que expõem algumas verdades incômodas.

Entrevista no programa de Jô Soares, em novembro/2007.



Leia mais um texto 'do contra': O Inferno da Disney, por Fernanda Torres.

Um comentário:

  1. Que ótimo! Li e reli em voz alta pros meus filhos e todos gostamos muito. Embora ele fale muita verdade de uma vez - o que deve ser a causa do incômodo que provoca - não deixa de falar verdades que muita gente preferiria ocultar. Muito bom!

    Outro dia vc me perguntou sobre que curso, afinal, a Ângela escolheu... Direito! Ela tinha 9 anos quando disse que seria uma juiza. Depois esqueceu-se disso e enveredou por outros caminhos... Passou em Jornalismo na federal de Ouro Preto, cursou quase dois anos de Letras na federal de Alfenas... parou tudo. Fez um ano de cursinho e queria outra federal (não sabia bem em que), mas depois que o nosso país decidiu que nem todos são iguais perante a lei, ficou infinitamente mais difícil entrar. Daí... passou em primeiro lugar na PUC-Minas... está feliz, gostando do curso. Graças a Deus!
    E o dia das mães, foi bom? Tenho certeza de que sim! Outro dia ri muito quando vc falou em "criONÇAS"... rs. Mãe realmente é todos os dias... inclusive nesses em que as criONÇAS se manifestam... rs
    Parabéns!
    Obrigada pelo carinho lá no minas!
    Abraço e linda semana!

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.