Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 de janeiro de 2015

Check list para cruzeiro marítimo

         Escolher um cruzeiro é bem cheio de detalhes (navio, tipo de cabine, roteiro, data, turno do jantar. all inclusive ou não...) mas a partir do momento do embarque é só alegria 24 horas por dia. Como estaremos em alto mar grande parte do tempo, ou dependendo do roteiro em países estrangeiros, arrumar as malas exige um pouco mais de atenção. O MSC Poesia (no qual embarcaremos amanhã) será nosso quarto cruzeiro, então já deu pra aprender algumas coisinhas:



Malas
- Não há limite de bagagem, o que é ótimo, pois a vida diurna e noturna do navio são completamente diferentes. Até o por do sol: shorts, biquíni e saída de banho; a noite chega trazendo vestidos e salto alto para os restaurantes, bares e teatro.
- Mas não se empolgue e exagere na bagagem por vários motivos: 1º Se o trajeto casa/porto/casa for feito de avião, não se esqueça dos 23kg permitidos pelas companhias aéreas. 2º Em um carro que transporta 4 pessoas onde irão tantas malas? 3º As cabines são apertadas e ficar tropeçando em malas não é agradável. 4º Quanto mais bagagem levar, mais malas para procurar no desembarque.
- Eu sempre levo uma bolsa de viagem vazia dentro da mala para acomodar as compras na volta.
- Deixe uma roupa leve e chinelos na bagagem de mão para embarcar e começar a usufruir de tudo, pois provavelmente você chegará à cabine antes de sua mala.

Remédios 
- Os enjoos são o maior medo de quem pensa em fazer o primeiro cruzeiro, por isso, consulte um médico e não esqueça os remédios contra enjoos. Falei sobre eles aqui.
- Uma necessaire com uma pequena farmacinha sempre vai comigo: band-aid, spray secante, antitérmico, analgésico, xarope, remédios de uso frequente, remédios contra enjoo... enfim, em alto mar não haverá uma farmácia logo ali para comprar aquele medicamento esquecido.

Seguro Viagem
- Em viagens marítimas sempre fazemos algum seguro. Felizmente nunca utilizamos, mas o atendimento médico no navio é caríssimo, por isso prefiro me prevenir.

Dinheiro
- Dólar, pesos, real ou cartão de crédito? Tudo nos navios é cobrado em dólares, mas é possível pagar em reais de acordo com a conversão feita no carregamento do cartão de bordo. Como a cotação "do navio" costuma ser um pouco diferente daquelas aplicadas em terra, eu prefiro levar em dólares e saber exatamente quanto estou gastando.
- Se o destino for  a Argentina, lá os preços já estão em real, dólar e peso, aceitam tudo. Com o dólar desvalorizado em relação ao real, acho mais vantajoso levar a moeda argentina. Às vezes os pesos argentinos precisam ser encomendados dependendo da casa de câmbio, então organize-se.
- Cartão de crédito não é uma boa em uma época de tanta instabilidade do dólar, mas se pretende usá-lo não esqueça de ligar na administradora e avisar em que país estará, pois do contrário podem bloqueá-lo por segurança.
- Se for possível levar a moeda local (pesos argentinos, pesos uruguaios, dólar) não se perde tempo para fazer o câmbio. Como as escalas são bem corridas, às vezes apenas algumas horas, tente ganhar tempo,

Documentos
Confira se está levando tudo:
- Vouchers;
- Carteira de identidade ou passaporte;
- Cartões do seguro viagem;
- Autorização de viagem para menores desacompanhados;

Proteção solar
- Aumente o fator de proteção, pois em alto mar o sol queima mesmo!!
- Além disso, chapéu e óculos serão muito bem vindos;
- Cremes ou loções pós-sol também devem ir na mala.

Porta-crachás
- Faz muita falta, pois toda hora você precisará tirar seu cartão do bolso ou da bolsa para pagar tudo. O navio também vende, mas custam caro, melhor passar na papelaria e levar alguns de casa.

Tomadas
- O padrão de plug de 3 pinos é exclusividade brasileira (aff!) portanto analise os carregadores (celular, câmera, tablet, etc) e outros aparelhos elétricos que irá na mala e providencie os adaptadores adequados.
Tomadas disponíveis no MSC Poesia
Escalas
- Os passeios oferecidos no navio para cada escala são caros, então analise os destinos antes e veja as possibilidades do que pode ser feito em cada um. Desta vez pararemos em Punta del Este, Buenos Aires (2 dias) e Montevidéu, três cidades que já visitamos em outros cruzeiros, então o objetivo é sair do city tour básico e conhecer outras coisas. O lema aqui será "menos é mais". Provavelmente haverá mudanças, mas por horas os planos são:

Punta del Este
- Pegar um táxi no local de desembarque e ir até a Casa Pueblo. Depois parar na Avenida Gorlero (comércio) e seguir caminhando por ela até o porto onde os lobos marinhos são a atração bônus.

Buenos Aires
- 1º dia: Roteiro de oito horas pré-definido, em minivan alugada, com guia. Só lugares que nos interessam. Perfect!
- 2º dia: Roteiro de cinco horas para ver o que ficou faltando. Nosso guia será o Pablo Blacher.

Montevidéu
- Táxi do aeroporto até o centro da cidade para conhecer o teatro Solis e o Museu do Carnaval que fica próximo ao porto.
- Voltar ao Mercado do Porto para um passeio e embarcar novamente (o porto fica em frente ao mercado).

Depois eu conto como foi.
mala


Um comentário:

  1. Hey! Gostei muito do seu blog... tenho visto muito blog de viagem profissional e gosto mais de pessoas que escrevem por hobbie, como eu!

    Beijos

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.