Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

27 de maio de 2015

Aguce seus sentidos em Campos do Jordão

   Aqui começa uma série de postagens deliciosas sobre Campos do Jordão, onde participamos do 1º Campos Blog Trip que aconteceu de 21 a 24 de maio de 2015.
 Seria impossível encapsular Campos em uma única definição, pois trata-se de um destino turístico multifacetado, onde não há limites entre destino de inverno, gastronômico, de aventura, de ecoturismo, de compras... tudo se junta e se harmoniza em Campos do Jordão. A cidade não é apenas para ser vista, é para ser sentida aguçando também o paladar, o tato, o olfato e a audição de seus visitantes.

Paladar 
Cerveja com pinhão; brigadeiro de pinhão (Rancho Sto Antônio);
aperitivo de pinhão refogado (Seu Jordão); filé com pinhão e shitake
(Cantinho da Serra); massa com pinhão, alcaparras e tomates secos
(La Gália).


   Os sabores de Campos do Jordão são tão ricos e variados que comer torna-se parte dos prazeres da viagem. A cidade realizou em 2015 o 3º Festival de Gastronomia da Montanha que privilegiou a preparação de pratos à base de ingredientes regionais, entre outros, a truta, o shitake, o chocolate, as frutas vermelhas, a cerveja e o pinhão, que marca forte presença tanto em pratos doces quanto salgados, e até mesmo na cerveja. Para saborear o pinhão escolha entre as massas, as carnes, a farofa, o aperitivo, o brigadeiro ou outro dos inúmeros pratos oferecidos com a iguaria, só não deixe de experimentar.

Olfato

Vista da Pousada das Hortênsias (1ª foto) e a Serra da Mantiqueira
fotografada desde os jardins do Amantikir.
    Há muito mais para se sentir que para se dizer, basta lembrar que ali respira-se um ar de extrema pureza, que já foi considerado o melhor clima do mundo pelo Congresso Climatológico de Paris (1957). Quem busca fragrâncias mais intensas que aquelas típicas da natureza pode escolher entre o aroma adocicado das fábricas de chocolate ou o cheiro típico e forte da mistura de lúpulo, cereais e outros ingredientes da fabricação de cerveja. Respire e delicie-se.

Tato
Folhas secas dos plátanos; loja de roupas de inverno; lareira da
Pousada das Hortênisas; Fusca decorando a praça durante o Festival de Lã;
luvas e cachecol produzidos em Campos do Jordão.

 A sensação aconchegante do frio é a mais esperada por quem visita Campos do Jordão. Porém, essa sensação gostosa não se limita ao inverno da cidade mais alta do Estado de São Paulo. Em todas as estações Campos cativa seus visitantes, principalmente aqueles vindos de regiões onde as temperaturas se elevam facilmente acima dos 40º e, por isso, buscam o conforto térmico do lugar onde, no verão, os termômetros pouco passam dos 20º. Delícia é passear pelas lojas e comprar malhas macias e quentinhas, produzidas nas malharias da própria cidade, a preços excelentes.

Visão
Algumas obras do Palácio Boa Vista: Daisy, Victor Brecheret;
Retrato de Mário de Andrade, Tarsila do Amaral;
Operários, Tarsila do Amaral.
      Campos é lindo! Em cada canto há um encanto para deslumbrar o olhar do visitante. Deixe seus olhos livres para se perderem nas belezas naturais, na arquitetura e nas obras de arte tanto do Museu Felícia Leirner, quanto do Palácio Boa Vista, residência oficial de inverno do Governador do Estado de São Paulo, que abriga obras de arte dos mais bem conceituados artistas brasileiros: Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Victor Brecheret, Cândido Portinari, Di Cavalcante, entre vários outros. Como acontece na maioria dos museus de arte, não é permitido fotografar; é um pouquinho frustrante, mas reserva o privilégio de apreciar essas obras apenas para quem esteve no local.

Audição
Imagens do site Guia de Campos do Jordão

    Há mais de 40 anos, Campos do Jordão reúne artistas da música clássica do mundo todo em seu Festival de Inverno, que se realiza no mês de julho. O primeiro evento aconteceu ainda na década de 70 e o palco foram os salões do Palácio Boa Vista. Hoje, em sua 46ª edição, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão tem como sede oficial o Auditório Cláudio Santoro, em cujos jardins está o Museu Felícia Leirner, com obras da artista polonesa que escolheu o Brasil como Pátria. Porém, não é apenas no mês de julho que os ouvidos dos visitantes são presenteados, durante todo o ano, diariamente às 17h45min, no Mosteiro São João, as Irmãs Beneditinas realizam um recital de canto gregoriano na capela do convento. 

      No vídeo abaixo há mais um pouquinho do que vimos e ouvimos. Veja, ouça, mas não deixe de presentear seus olhos e ouvidos com os prazeres que Campos do Jordão pode oferecer.




Boa Viagem!

Um comentário:

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.