Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

29 de maio de 2015

Rio de Janeiro, por Mônica Nóbrega

     Minha entrevistada é apaixonada por viagens e, por mais que eu insista, não quer fazer um blog, mas tem sempre a maior boa vontade em colaborar com o De Turista a Viajante. Aqui ela nos conta um pouco como é viver na Cidade Maravilhosa, onde nasceu e de onde nem pensa em sair.


1- Você já viajou para vários lugares do mundo. O que de especial só o Rio de Janeiro tem para atrair tantos turistas?


    A "Cidade Maravilhosa", é exuberante pela sua natureza: intercedendo praias, montanhas, céu azul, sol radiante devido ao seu clima tropical e também pelo seu povo alegre, cativante e despojado. O sentimento de magia desta cidade que até nós moradores temos, nascidos aqui ou não, é indescritível. Quando sobrevoo o Rio de Janeiro chegando de alguma viagem sempre constato o quanto essa cidade é linda.


2-O Rio de Janeiro dos moradores é diferente do Rio de Janeiro dos turistas? O que a mídia exagera ou deixa de mostrar?

    Até um determinado ponto sim, como em qualquer lugar turístico, mas o divertido é que os turistas conseguem se adaptar ao estilo carioca de ser com facilidade, todos acabam se sentindo bem à vontade e adotando o nosso jeitinho descontraído. 
    Acho que a mídia transmite nossa maneira de viver com muita transparência, cito até o lado da violência urbana, existente em qualquer metrópole do mundo, assim como os problemas rotineiros de como chegar aos locais devido ao trânsito caótico. O Rio de Janeiro hoje está passando por uma grande transformação com obras intensas nas vias públicas , metrô, e outros, muito em favor das Olimpíadas e que começou com a Copa do Mundo de 2014 deixando assim a promessa de benfeitorias.


3-A praia preferida dos turistas e dos moradores é a mesma? Se elas são diferentes, em que aspectos?



    Há algum tempo atrás a praia mundialmente conhecida dos turistas era Copacabana, hoje Copacabana continua a ser a mais procurada mas já pode ser disputada com Arpoador, Ipanema, Leblon, São Conrado, Barra da Tijuca e Recreio e não tem essa de dividir entre moradores e turistas, é tudo junto e misturado. A diferença entre elas é quase nula, é questão de preferência mas concluindo todas são lindas e divertidas e é só escolher entre a mais badalada, a mais sossegada, a mais espaçosa, a mais acolhedora, a mais perto , a mais longe...

    As praias de Copacabana, Arpoador (onde aplaudimos o pôr do sol), Ipanema, Leblon e São Conrado fazem parte da Zona Sul; e as praias da Barra da Tijuca, Recreio, Grumari e Prainha estão na Zona Oeste.




4-Quem aproveita melhor o destino: famílias, solteiros, casais em Lua de Mel... Por quê?




    No Rio de Janeiro não existe distinção de turistas, por ser uma cidade grande qualquer perfil se encaixa. Há diversão pra todos os tipos, gostos e idades.



5-O que é só para turista ver e muitos moradores nem conhecem?


    Essa pergunta é interessante porque em qualquer lugar que formos depararemos com essa situação. Os pontos turísticos ainda são muito pouco visitados pelos próprios cariocas provavelmente pelos valores que são beeeemmm turísticos, tanto que há o Projeto Carioquinha que dá desconto aos moradores da cidade , geralmente só no mês de junho. Isso vale para o Corcovado e Pão de Açúcar.

    No Rio de Janeiro, talvez por já convivermos com a situação, real, do dia-a-dia da cidade, visitar as favelas virou um item de turismo que chama muita a atenção dos turistas.


6-Que lugares só os moradores frequentam? Dê algumas dicas para quem quer ser mais que ‘turista’ na cidade.

    Acho difícil achar algum lugar que não tenha pelo menos um turista. No verão as praias ficam movimentadas até de madrugada, curtir um bate-papo nos quiosques ou até mesmo nas areias ou um mergulho, levando suas bebidas em cooler e petiscos. Um show nas grandes casas de espetáculos. Pós praia em algum shopping para um lanche ou almoço ainda com a roupa de praia. Um cineminha. Um choppinho nos bares espalhados pela cidade. Final da tarde no Lagoon Gourmet. Café da manhã na Confeitaria Colombo no Forte de Copacabana ou no quiosque Aloha na Barra da Tijuca ou um Açaí ou Água de Côco no final da tarde, Lapa e tantas outras coisas...
    Dentro do Estado do Rio de Janeiro gosto de sugerir a cidade de Arraial do Cabo, onde encontramos praias maravilhosas dignas de um Caribe, onde podemos mergulhar em águas cristalinas com restaurante flutuante, passeio de skuna e outros.

7-Dica para quem tem apenas o final de semana para visitar o Rio: que lugares não pode deixar de ir?

    Final de semana é muito pouco para uma cidade como o Rio de Janeiro, mas se não tem jeito então vale o Corcovado e/ou Pão de Açúcar, ambos tem vistas maravilhosas da cidade, alguma praia, um city tour, um passeio em torno da Lagoa Rodrigo de Freitas e à noite um jantar seguido de uma balada (entre tantas, bares na Lapa ou ensaio de escola de samba).

8-De quantos dias seria o ideal de uma estadia para conhecer os pontos mais interessantes?

Mirante do Cristo - Rio-Petrópolis
    Uma semana no mínimo, se puder mais, aproveitar para visitar outras cidades na Região Oceânica e Serrana do Rio de Janeiro.







9-Para quem está começando a planejar a viagem:


- melhor época do ano para se visitar: verão é sempre mais alegre e divertido quando o espírito carioca está mais aflorado, mas qualquer época é viável.



- melhor lugar para se hospedar: Ipanema, Leblon, Copacabana ou Barra da Tijuca , perto da praia é tudo de bom. 

10-Só pode dizer que conheceu um pouco do Rio de Janeiro quem:



- Fotografou no Arpoador o Pôr do Sol.




- Passeou pelo calçadão de uma praia e saboreou um açaí batido com banana ou água de côco geladinha.



- Conheceu Corcovado e/ou Pão de Açúcar.


- Visitou algum museu (Museu de Arte Contemporânea em Niterói e aproveitar para passar pela Ponte Rio-Niterói) ou Maracanã ou Jardim Botânico ou Floresta da Tijuca.




- Jantou na churrascaria Porcão, Balada Mix, Paris 6, Brás Pizzaria, Confeitaria Colombo, Fasano, Delírio Tropical, ou algum bar na Lapa, etc, etc, etc...Gastronomia é tudo e aqui tem tantos lugares bacanas... 

- Encontrou um " famoso" passeando em um shopping da Zona Sul ou Barra da Tijuca ou até na praia.



- Assistiu algum show , seja em casa de espetáculos ou na praia.


- Participou de alguma trilha ou ensaio de escola de samba, ou saltou de asa delta.



- Levou de lembrança ...uma canga ou uma rasteirinha.



11-O que faltou dizer aos turistas e viajantes sobre o Rio de Janeiro?

    O Rio de Janeiro é um Estado que tem como capital a cidade do Rio de Janeiro, de mesmo nome. Isso confunde um pouco mas é bom deixar claro que existe no Estado cidades lindas entre elas: Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo, Rio das Ostras que ficam na conhecida Região dos Lagos; Petrópolis, Itaipava, Teresópolis, Nova Friburgo que ficam na Região Serrana ; Conservatória, Penedo, Visconde de Mauá, Itatiaia, na Região Fluminense, Angra dos Reis, Ilha Grande, Parati, Itacuruçá, Mangaratiba, na Costa Verde e tantas outras. 
Admirar e curtir o Rio sem pressa, pegar a estrada e conhecer outras cidades. 
    A maioria dos cariocas está sempre de bem com a vida, bastou aparecer um solzinho que todos vão pra rua aproveitar o dia, então não se esconda, se infiltre.
   Todo cuidado é pouco, não esqueça que a cidade é pequena em sua geografia mas é grande em população, com todos os problemas que concernem uma metrópole. Evite andar sozinho se não conhecer bem o local. Quanto mais simples mais carioca, então nada de ostentar joias e aparelhos sofisticados, mas ande sempre com identificação. Informe-se sempre antes de sair, como chegar (com um bom aplicativo) e horários, o Rio de Janeiro tem um trânsito caótico então procure chegar sempre mais cedo que o combinado. Evite os horários de "rush" tanto no trânsito, como ônibus e metrô, procure horários alternativos.
    Taxi, peça sempre de cooperativa e se informe sobre valor aproximado da corrida para não ter surpresas desagradáveis.
   No mais é vestir a camisa da cidade, se divertir e esperar as próximas férias.

Piratininga

Outras dicas de residentes:

- Ziga da Zuca - 11 coisas baratas e 100% cariocas para se fazer no Rio;
- Apaixonados por Viagens - Mini Guia do Rio de Janeiro


Outras colaborações de Mônica Nóbrega no De Turista a Viajante:

Como montar a mala de viagem para a Europa

Compre seus ingressos para atrações do Rio de Janeiro aqui.

Leia a mesma entrevista respondida por duas blogueiras, turistas no RJ:
Rio de Janeiro, por Gabi e Fabia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.