Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 de julho de 2015

Cataratas do Iguaçu em todos os ângulos

      O Brasil tem duas das Sete Maravilhas da Natureza: a Amazônia e as Cataratas do Iguaçu. As outras cinco maravilhas são: a ilha de Jeju, na Coreia do Sul; o rio subterrâneo de Puerto Princesa, nas Filipinas; a baía de Halong, no Vietnã; o Parque Natural de Komodo, na Indonésia; e a montanha da Mesa, na África do Sul.
          Não sei quanto às outras maravilhas, mas nas Cataratas os olhos são pouco para apreciar tanta beleza, tanta água, tantas quedas, tanta extensão... eu pude vê-las de vários ângulos e garanto que todos são lindos!

Cataratas do Iguaçu vistas do avião
Do avião - a aeronave não vai sobrevoar as Cataratas, mas vai passar ao lado delas e é possível visualizar a nuvem formada pelos respingos originados pela força da água caindo. Para esse 1º deslumbramento, sente-se do lado esquerdo do avião.

Cataratas do Iguaçu vistas do voo de helicóptero
A água barrenta é resultado de 2 semanas seguidas de chuvas na região.






De helicóptero - possibilita ver todas as 275 quedas d'água de uma só vez. É um espetáculo! O voo é bem rápido, dura em torno de 10 minutos, mas é tempo suficiente para ficar extasiado com tanta beleza (leia mais).

Cataratas do Iguaçu a partir dos mirantes do Parque Nacional do Iguaçu
Por terra - por meio das passarelas e mirantes do Parque Nacional de Iguaçu (PNI). Aqui a sensação vai além do olhar, envolve a audição, pois o barulho da água caindo é muito alto, e o tato, pois ninguém que chega ao final das passarelas, sai seco da visita. (Leia mais)

Cataratas do Iguaçu vistas durante o passeio de barco Macuco Safari
Por água - o Macuco Safari é o passeio de barco do lado brasileiro que leva você bem pertinho das quedas d'água. Embora pareça um pouco assustador, é feito dentro de limites rígidos de segurança e pode ser feito inclusive por crianças. (Leia mais)

Cataratas do Iguaçu do lado argentino.
Lado argentino - as Cataratas são uma atração dividida em dois países. A maior parte das quedas ficam do lado argentino onde é possível chegar bem mais perto a partir de três circuitos diferentes: a Garganta do Diabo, o circuito inferior (onde a água cai) e circuito superior, com passarelas que passam sobre as quedas (Leia mais).

          Difícil escolher o melhor ângulo, não é? Minha sugestão: seja qual for o seu preferido não deixe de conhecer essa nossa maravilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.