Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 de agosto de 2015

Parque Nacional do Iguaçu

        
Cataratas do Iguaçu vistas desde o passeio de helicóptero
Foto de Helisul

     A estrela de Foz do Iguaçu são as Cataratas que foram consideradas em 2012 como uma das Sete Maravilhas da Natureza. O título é dividido entre Brasil e Argentina, já que as 275 quedas d'água dividem os dois países. A maioria dessas quedas encontram-se em território argentino, mas a vista que temos do lado brasileiro é linda e a estrutura é bem melhor que a do lado argentino.


Visita ao Parque Nacional do Iguaçu
       O Parque Nacional do Iguaçu é um local muito organizado, assim que entra no parque o visitante é direcionado à fila do ônibus de dois andares que o levará ao ponto de acesso à passarela de 1,2km e aos mirantes. São vários ônibus, o que torna o tempo de espera na fila bem pequeno. Durante o trajeto, há áudio em português e inglês dando informações sobre o parque e principalmente sobre os quatro pontos de parada do ônibus: Estação Poço Preto (para a trilha de mesmo nome), Macuco Safari (passeio de barco até as quedas), Trilha das Cataratas (início da passarela) e Porto Canoas (final da passarela).
Visita ao Parque Nacional do Iguaçu
    Quem está indo para as Cataratas desce na terceira parada e segue pela passarela de sentido único que termina na Garganta do Diabo. Nesse ponto é possível quase tocar na água caindo. Nas passarelas que se estendem rio adentro, e chegam bem próximas das quedas d´água, a capa é imprescindível para quem não quer se molhar, e molha muito mesmo! Para quem se esqueceu desse detalhe, há uma barraquinha vendendo capas bem no início dessa passarela. Câmeras fotográficas só se forem próprias para água, para os celulares há uma capa vendida por R$15 pelos ambulantes na entrada do parque; eu comprei uma dessas e dá pra usar o celular tranquilamente sem tirá-lo da capa. As fotos desta postagem foram tiradas com o celular dentro da capa, inclusive a do arco-íris eterno sobre a água do rio.
Garganta do Diabo - Cataratas do Iguaçu
Final da passarela, próximo ao elevador.
Ponto de onde se vê as Cataratas mais de perto. A água barrenta
é resultado da chuva que caia na região há duas semanas.
    No final da passarela é possível ir para o nível superior, onde fica a praça de alimentação, pela escada ou pelo elevador panorâmico. O elevador tem uma fila enorme e não faz diferença a vista de suas paredes envidraçadas ou a dos mirantes. Eu fiquei na fila e vi que não teria perdido nada indo pela escada. No nível de cima está a praça de alimentação com o restaurante Porto Canoas e uma lanchonete em que os combos têm nomes de bichos: macaco, jacaré, quati, etc Também há banheiros e o ponto do ônibus para fazer o trajeto da volta. Por ali fica a estátua de Santos Dumont que, além de 'Pai da Aviação', é 'Pai do Turismo nas Cataratas'. 
       Quando visitou a região em 1916, Santos Dumont ficou maravilhado com a beleza das quedas d'água e incomodado por estarem localizadas em território particular, pertencente na época a um uruguaio. Por sua influência, Santos Dumont convenceu o governador da Província do Paraná a desapropriar as terras para que a beleza das quedas d'água pudesse ser apreciada por todos.


Organize-se:
- A logística é aproveitar o dia (e o transfer) e conhecer as Cataratas do lado brasileiro, fazer o voo de helicóptero com a Helisul (ao lado do Parque Nacional Iguaçu - PNI) e visitar o Parque das Aves (em frente à Helisul);
- No período da manhã as filas para o Parque Nacional do Iguaçu são bem grandes, por isso, siga no sentido inverso ao fluxo: faça primeiro o voo de helicóptero, visite o Parque das Aves e quando chegar às bilheterias do PNI, próximo ao meio dia, não haverá mais fila alguma;
- Quem visita as Cataratas no inverno, como eu, não pode se esquecer que os respingos molham muito e ficar molhado não é nem confortável e nem saudável. Não se esqueça da capa e de roupas extras, se estiver com crianças;
Elevador panorâmico e passarelas do lado brasileiro. Foto de Helisul.
- Para o passeio de barco não há capa que resolva, tem que ter uma roupa extra (leia mais aqui). Visite primeiro as Cataratas e na volta desça do ônibus  na estação Macuco Safari;
- Os quatis que se encontram por todo o parque são fofinhos, mas perigosos. Não os alimente e não carregue alimentos em sacolas e mochilas, pois eles sentem o cheiro e atacam.
- Há preços variados para brasileiros e estrangeiros. Para usufruir do benefício do ingresso mais barato é preciso apresentar o RG.
- Nós fizemos o tranfer com a Loumar Turismo.
Foto de Helisul.


Leia mais:
- Cataratas do Iguaçu por todos os ângulos
- Macuco Safari

Um comentário:

  1. Ahhhh que lugar lindo! <3 Morro de vontade de ir! Sempre lembro do filme UP quando vejo fotos desse lugar hahaha, a minha chefe foi e disse o mesmo sobre o lado que fica no Brasil ser mais organizado e estruturado, se eu for quero conhecer os dois lados ♥

    Um beijo grande
    Meu blog ♥

    ResponderExcluir

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.