Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23 de março de 2016

Chico Buarque de Orlando - Tá no ar

Marcelo Adnet interpretando Chico Buarque de Orlando
Marcelo Adnet interpretando Chico Buarque de Orlando. Imagem do portal Globo.com

    Adoro o 'Tá no ar', principalmente as paródias que encerraram cada episódio. O clip do dia 08/03/16 teve um gostinho especial para mim, que havia chegado de Orlando há poucos dias e (não dá para se enganar) me identifiquei totalmente.

     O humor crítico e bem fundamentado de Marcelo Adnet, ganhou espaço na Revista Veja daquela mesma semana:


"Marcelo Adnet provoca polêmica com paródia de Chico Buarque no “Tá No Ar” desta terça (8)


(...) Marcelo Adnet fez uma nova “composição” que deu o que falar para o humorístico Tá No Ar. No quadro, exibido nesta terça (8), o humorista interpreta Chico Buarque de Orlando — um músico de direita que reclama das filas da Disney e fala que foi protestar na Paulista. (Leia mais)

Adnet ataca as ideias prontas e faz o melhor humor da TV


(...) Interpretado por Adnet com a verve gaiata de hábito, Chico Buarque de Orlando é uma variante do cantor com sinais ideológicos subvertidos. Em vez das ideias de esquerda, ele celebra, por meio de versões satíricas de seus sucessos, certos valores da classe média avessa ao PT e vista com repulsa pela intelectualidade de esquerda - a começar pelo sobrenome, referência ao destino predileto dos brasileiros nos Estados Unidos. Para Adnet, o personagem diz algo sobre "um país polarizado e de debate raso". Sacadas assim, com potencial para irritar - ou divertir - tanto os "reaças" quanto os devotos de Chico, fazem de Tá no Ar a melhor experiência do humor nacional em muito tempo."
(...) no lugar das letras que denunciavam a ditadura, entra a revolta do Brasil de hoje. Na versão de A Banda, entoa: "Fui protestar na Paulista / alguém interveio e falou / para em Orlando morar / porque o Brasil acabou". Em sua Roda Viva, esse Chico vai para a Disney: "Tudo com fila, até o Rei Leão / a Disney não é a mesma de antes / agora está muito povão". Com terno branco igual ao da Ópera do Malandro, ele festeja o consumismo numa releitura de Apesar de Você: "Amanhã vai ter Black Friday" (leia a matéria completa).

       A mim apenas divertiu, por isso, compartilhei aqui. Afinal são esses contrapontos atacando ideias prontas que fazem o humor do Tá no Ar ser diferenciado. Apesar de adorar Orlando, os parques, as shoppings, os outlets... adoto como verdadeira a frase de Nelson Rodrigues "Toda unanimidade é burra", por isso, gosto de conhecer os dois lados de uma mesma questão.

Leia também: O inferno da Disney (Fernanda Torres)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.