Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 de agosto de 2016

Quarteirão Paulista - Ribeirão Preto

       Convencionou-se chamar de "Quarteirão Paulista", um conjunto arquitetônico de três edifícios, no centro de Ribeirão Preto: o Hotel Central (Palace Hotel), o Theatro Pedro II e o Palacete Meira Junior (Pinguim). Construído pela Companhia Cervejaria Paulista, é o retrato da pujança de Ribeirão Preto no início do século XX, quando o dinheiro do café comprava quase tudo e construía prédios imponentes.


               A construção dos três edifícios ocorreu entre 1926 e 1930. Ao longo dos anos, os prédios sofreram intervenções que alteraram várias de suas características originais. Hoje todo o completo está tombado pelo Condephaat, constituindo-se no cartão de visitas da cidade.
Palace Hotel após restauração
Móveis e espaços restaurados do Palace Hotel

 Palace Hotel Localizado na esquina da Rua Duque de Caxias com Álvares Cabral, foi o primeiro, dos três prédios que compõem o Quarteirão Paulista, a ser construído. Após a aquisição e a reforma do prédio pela Cia. Cervejaria Paulista, seu nome foi alterado de Hotel Central para Palace Hotel e permaneceu em funcionamento até o ano de 1992. Em 1996 iniciou-se um longo processo de recuperação do prédio que foi finalizado em 2011 e entregue à população como Centro Cultural Palace, atendendo a áreas culturais e artísticas em seus 14 espaços disponíveis.
Centro Cultural Palace
Espaços do atual Centro Cultural Palace. 
Clique para ampliar.

     Assim como os outros dois prédios do Quarteirão Paulista, o Palace Hotel é cercado de lendas e fatos curiosos como passagens secretas, encontros dos Barões do Café com suas amantes e até fantasmas que habitam o antigo hotel (leia mais). Confesso que achei a visita bem interessante e nada assustadora, mas os especialistas em ‘caçar fantasmas’ garantem que eles estão por ali. Eu não vi, nem ouvi nada. O Palace está aberto a visitações em grupo ou individual de segunda a sexta das 10h às 17 e aos sábados das 10h às 12h.

Theatro Pedro II
Frente, Sala dos Espelhos e vista
para a Praça XV de Novembro

Theatro Pedro II - Construído na década de 20, o Theatro Pedro II representa o auge da ostentação dos Barões do Café e, assim como a economia brasileira, tem altos e baixos em sua história. De segundo maior teatro de ópera do Brasil, transformou-se em cinema e foi descaracterizado. A decadência culminou com um incêndio que o manteve fechado de 1980 a 1991, quando começaram as obras de restauração encerradas em 1996. Hoje o Theatro Pedro II voltou a ser o cartão postal da cidade de Ribeirão Pedro. Leia mais sobre ele aqui.
Choperia Pinguim
Frente da choperia Pinguim e móveis
preservados e expostos no Palace Hotel

Pinguim - No Edifício Meira Júnior funciona a choperia mais famosa do Brasil - o Pinguim II. O Pinguim I, na esquina oposta, foi onde nasceu a fama, porém, hoje está desativado e transformado em empório. 
     Diz a lenda que o sabor especial do chopp era resultado de um chopeduto que ligava a cervejaria Antártica (hoje desativada), assim, através da serpentina gigante o produto era transportado da fábrica direto ao consumidor, garantindo seu sabor especial. Explicações mais realistas atribuem à pureza da água retirada do aquífero Guarani a fama do produto que projetou Ribeirão Preto no cenário nacional.
      Além da unidade do centro da cidade, há uma outra no Ribeirão Shopping, e também as unidades de Belo Horizonte e de Brasília. Frequentada primeiramente pela elite do café, a Choperia Pinguim continua uma atração para os visitantes até os dias de hoje. Visite e comprove a qualidade do chopp mais famoso do país.


logo mala


Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.