Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

14 de maio de 2017

Crônica geográfica2

A louca geografia do Indiana Jones 
Mônica Melo 
Cataratas do Iguaçu

        Hahaha... me ajuda aí, né Steven Spielberg?! O trailer do novo filme do Indiana Jones é narrado assim pelo nosso herói: “Diz a lenda que uma caveira de cristal foi roubada de uma cidade perdida na Amazônia…” 

    Enquanto isso, as imagens nos mostram cenas na selva amazônica, o rio e… as Cataratas do Iguaçu??? Ah, tá legal, um pulinho de o quê… uns muitos milhares de quilômetros? Coisa à toa, mais ou menos como colocar o Grand Canyon na Disneyworld, mas quem se preocupa com esses detalhes, certo? 
     Assim o pessoal vai acabar acreditando que a Amazônia faz esquina com o sul do Brasil e Argentina. E não é a primeira vez que a geografia fica doida; em 1979, no filme Moonraker(1:40), James Bond/Roger Moore perseguiu o vilão rio Amazonas abaixo, até quase despencar com lancha e tudo pelas mesmas Cataratas do Iguaçu. Agora fica faltando colocar a torre Eiffel em Bagdá e o Everest no Caribe… 
      Mas eu, como tantos outros fãs do nosso herói arqueólogo, vou estar sempre lá na fila do ingresso pra conferir tudo e me divertir horrores! 
    PS: 3 de junho. Fui ver o filme. Divertidíssimo e exagerado como os outros. E a loucura foi muito além das minhas expectativas: mudaram a localização de Nazca, no Peru; colocaram ruínas maias na Amazônia; a música Mariachi saiu do México e foi parar no Peru; o quadro de Orellana é, na verdade, do Francisco Pizarro; as tais formigas ‘siafu’ mudaram-se da África pra Amazônia. E por aí vai…

Fonte: https://cronicasurbanas.wordpress.com/2008/05/20/a-geografia-do-indiana-jones/ - 20/05/2008

Quer recordar? Olhe o trailer aí:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.