Esticadinha de Orlando a Miami

ESCRITO POR: sábado, junho 30, 2018 ,

Miami Beach

        Muito antes de Orlando cair na graça dos brasileiros, Miami Beach já era o roteiro queridinho das férias dos mais abastados. A proximidade entre uma cidade e outra me deu uma comichão e quis fazer o bate-volta Orlando-Miami para conhecer a 'Cidade Mágica', um dos lugares mais agitados dos Estados Unidos e a mais latina das cidades americanas. A distância que separa as duas cidades é de 378km, ou seja, calcule em torno de 4h para ir e mais 4h para voltar, o que significa sair bem cedo e voltar tarde, já noite. Então programe-se: no dia anterior coloque no roteiro parques de onde você sairá mais cedo e no dia seguinte reserve o período da manhã para descansar dormindo até um pouco mais tarde.
Miami Beach

      Miami e Miami Beach são duas cidades diferentes, muito próximas e ligadas por pontes. Miami fica no continente e Miami Beach é uma ilha com belas praias e muito agito. São muitas opções a se fazer dia e noite nas duas, por isso, para aproveitar um único dia, é preciso definir bem o que se quer fazer por lá. As compras são tentadoras, por exemplo, Miami tem o maior outlet dos Estados Unidos com mais de 350 lojas, mas para explorar o Sawgrass Mills você precisa de um dia inteiro. Como os preços em Orlando e Miami são muito parecidos, a viagem não compensa se o objetivo for apenas fazer compras. Aliás, o Sawgrass Mills é da rede Simon, a mesma dos outlets Premium em Orlando e do Florida Mall.

Miami Beach

          Na região mais ao sul da ilha (South Beach) fica a parte mais agitada e tradicional de Miami Beach, onde se localiza a Ocean Drive que tem os bares e casas noturnas mais agitados da cidade, entre eles o Mango's Tropical Cafe, que faz o maior sucesso em Miami Beach, mas em Orlando não empolga tanto (leia mais). Também na Ocean Drive fica um pequeno museu (Art Deco Museum), com entrada gratuita, que resgata a história dos principais estilos arquitetônicos de Miami Beach: Revival Mediterrâneo, Art Deco e Miami Modern. O museu fica aberto de terça a domingo, entre as 10h e as 17h, na 1001 Ocean Drive.

Ocean Drive

      Bem pertinho dali fica um dos pontos de parada do Big Bus Miami, o serviço de ônibus turístico de dois andares presente também em várias outras cidades mundo afora no sistema hop-on, hop-off, ou seja, você desce onde quiser e a cada meia hora pode embarcar novamente no próximo ônibus que passar. São quatro rotas diferentes que você pode escolher no bilhete de um dia, que custa USD49. Bilhetes comprados online no site do Big Bus Miami têm 10% de desconto. Mesmo que você não pretenda usar esse serviço, uma olhadinha nos roteiros disponíveis no site é uma boa ideia para descobrir pontos de interesse e fazer seu próprio roteiro.

Miami Beach

      Em Miami Beach fica a Lincoln Road, uma rua fechada para o trânsito de veículos que é um shopping a céu aberto. Nela estão lojas desde as marcas mais badaladas do mundo como Armani, Banana Republic, Guess, Nike, Gap e Diesel, até as grandes lojas de departamentos como a Macy's e a Ross, sim, aquela mesma que é o outlet dos outlets. Achei a loja Ross de Miami bem mais organizada que as de Orlando, fiz comprinhas interessantes por lá. Na Lincoln Road também estão os sabores mais conhecidos e apreciados, como os cafés da Starbucks e Nespresso, a sorveteria Häagen-Dazs além de restaurantes para todos os paladares, de comida japonesa à italiana, da argentina à mexicana, passando por vários outros sabores mundiais. Por ali (1102, Lincoln Rd) fica a galeria do brasileiro Romero Britto, que não é unanimidade como artista, aliás, divide bastante opiniões, mas é um reconhecido artista brasileiro, merece uma entradinha. As obras de arte são caríssimas, como já é de se imaginar, mas há itens como lápis e botons por um dolar. Ótimas opções de lembrança.

Lincoln Road

   Nesse dia nosso almoço foi bem tarde e fomos conhecer o Camila's de Miami, que  é um pouco menor que o Camila's em Orlando, com o mesmo atendimento eficiente e gentil e a mesma qualidade na comida, com o plus da carne de churrasco assada na hora.
       Fica a dica para planejar bem seu roteiro se quiser fazer o bate-volta Orlando-Miami. Não acho que dirigir seja uma boa ideia, a não ser para quem ama pegar estrada (não é o meu caso), pois são oito horas de viagem para ir e voltar para os agitadíssimos dias nos parques. Se for contratar um serviço de transfer, como nós fizemos, lembre-se de pesquisar não apenas preços, mas também roteiros oferecidos e perguntar sobre o conhecimento que a pessoa que o levará tem sobre Miami, pois, se é sua primeira vez, você precisa de um guia e não apenas de um motorista.

Miami Beach

         "Valeu a pena? Tudo vale a pena / Se a  alma não é pequena". 
    Sou professora de literatura, não serei justamente eu a contradizer os versos do mestre Fernando Pessoa, porém... mais que a satisfação em conhecer um novo roteiro turístico ficou a sensação de ter perdido um dia em Orlando.
    Talvez eu não tenha encontrado no transfer contratado exatamente o que procurava para ser bem apresentada a Miami e Miami Beach. Talvez minha opinião sobre praias tenha sido reforçada: é areia, água salgada e coqueiros em qualquer lugar do mundo. Talvez devesse ter aproveitado Orlando ao máximo e deixado Miami Beach para outra ocasião. Não sei...

Ponte entre Miami e Miami Beach

logo mala

Poderá gostar também de:

Poderá também gostar de:

0 comentários

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.