Beco do Batman

ESCRITO POR: segunda-feira, julho 30, 2018

Grafite no Beco do Batman


           O grafite, expressão máxima da arte urbana, pode ser apreciado por todos os cantos, de todas as cidades do mundo, no entanto, em São Paulo encontrou seu lugar no turismo da capital paulista: é o Beco do Batman, na Vila Mariana, que já virou ponto turístico e cartão postal da mais populosa capital do país. A presença constante de turistas que colocam o Beco em seus roteiros pela cidade mudou até o trânsito na região, onde não é mais permitida a passagem de veículos entre as obras de arte desse museu gratuito e a céu aberto.
Beco do Batman, Vila Mariana, São Paulo
     Diferente da pichação, o grafite possui fundamentos e complexidades na elaboração de seus desenhos, usando basicamente a tinta em spray, porém, podendo ser complementada com moldes vazados (stencils), tintas, pincéis, esponjas, entre outros materiais que contribuem para os efeitos incríveis que se vê pelos muros da cidade.
        Outra coisa incrível dessa exposição a céu aberto é que o acervo se renova constantemente, ou seja, as imagens que você vê nessa postagem não são as mesmas que encontrará em uma pesquisa no Google, por exemplo, ou aquelas que encontrará quando chegar ao beco.
Beco do Batman, Vila Mariana, São Paulo
    Isso acontece porque as pinturas são frequentemente substituídas por outras, dos mesmos artistas ou de grafiteiros diferentes, mas sempre em comum acordo para que um desenho seja apagado e substituído por outro. O que isso quer dizer? Uma visita ao Beco do Batman nunca será igual à outra, pois sempre haverá uma nova obra a ser apreciada.
      O nome do Beco tem origem em um desenho do homem-morcego que marcou presença nessas paredes na década de 80. Chamava tanto à atenção que passou a servir de referência para localizar a travessa, além de atrair outros artistas que registraram sua arte nas paredes do beco. Hoje, embora o nome 'Beco do Batman' permaneça, nada garante que o super-herói esteja pelos muros. Nós o encontramos abraçado a Pelé.
Beco do Batman, Vila Mariana, São Paulo
      Não só as paredes ganham cores e designs descolados nos muros da Vila Mariana, lixeiras, grades, portões  e outros elementos da paisagem urbana ganham cores e se integram com a paisagem. Chega a parecer estranho o interesse das pessoas em fotografar ao lado de postes e latas de lixo. Há desenhos que despertam mais interesse e chegam a se formar filas para fotografar diante deles. Os mais procurados são aqueles que permitem certa interatividade, como grandes asas de borboleta, pássaros ou anjos, entre as quais os visitantes se posicionam para suas fotos. Em nossa visita a grande sensação era um pavão com as penas abertas onde as pessoas faziam filas para fotografar centralizadas no desenho.
      As fotos por ali não são apenas as amadoras, saídas dos celulares dos visitantes, é comum encontrar fotógrafos profissionais produzindo ensaios de gestantes, noivos, 15 anos e foto de moda.

Beco do Batman, Vila Mariana, São Paulo
        E aí você me pergunta: o que mais há para fazer no Beco do Batman? Você pode pedalar alugando uma bicicleta, apreciar o artesanato decolado oferecido no beco, observar os artistas produzindo suas obras, tomar um suco ou uma água de coco... porém, o objetivo ali é apreciar o grafite das paredes coloridas, assim como você faria em qualquer galeria de arte. É um ponto turístico para quem aprecia o grafite, que já está saindo do Beco e se espalhando pelas demais ruas da Vila Madalena.
          Se quiser um horário mais propício para fotos, vá pela manhã; é um passeio rápido, que não tomará seu tempo. Dê ao menos um passadinha.
Beco do Batman, Vila Mariana, São Paulo
logo mala

Poderá gostar também de:

Poderá também gostar de:

0 comentários

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.