Exposição Hebe Eterna

ESCRITO POR: domingo, março 03, 2019

Exposição Hebe Eterna - Farol Santander - SP

      A diva Hebe Camargo é tema de uma exposição inédita e imperdível inaugurada em fevereiro/2019 no Farol Santander em São Paulo, cidade onde a 'rainha da TV brasileira' viveu a maior parte de sua vida, até falecer em 29 de setembro de 2012, aos 83 anos de idade.
Linha do tempo - Hebe Camargo
            Em 2019, Hebe completaria 90 anos. Sabe quando? Em 08 de março, exatamente no Dia Internacional da Mulher, a data não poderia ser mais significativa, não é mesmo? Adélia Prado, sem essa intenção, resumiu em seu poema 'Com licença poética' a sina grandiosa de Hebe Camargo. Leiam e digam se não parece escrito para ela:

"Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
(...)
já minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.
Vestidos de Hebe Camargo

           A exposição imersiva e interativa é uma homenagem aos 60 anos de carreira dessa mulher deslumbrante que se fundem com a própria história da TV brasileira. Desde sua morte, a família dedicou-se a organizar e conservar o acervo luxuoso deixado pela musa, já pensando em uma futura exposição que só agora, 7 anos depois, está disponível para aplacarmos um pouco a saudade de seu sorriso aberto e franco, de suas polêmicas, de suas roupas, sapatos e joias tão luxuosos que a tornavam alvo de críticas por ostentar em um país onde tantos passam fome. Argh! Intriga da oposição. Puro recalque! Nela, as joias maravilhosas, que eram sua marca registrada, não pareciam ostentação, pareciam um presente ao público que a admirava.
Sapatos de Hebe Camargo

        Quantos sapatos tinha Hebe Camargo? E vestidos? E joias? Não... isso nunca saberemos, nunca foi divulgado. Mas as peças mais marcantes de sua carreira estão lá para serem vistas bem de perto acompanhadas de vídeos com a 'primeira dama da TV brasileira' usando essas verdadeiras obras de arte fashion. Um exemplo é o longo branco e rendado, de mangas amplas com que homenageou Roberto Carlos cantando 'Você não sabe' no especial 'Elas cantam Roberto Carlos', em comemoração aos 50 anos de carreira do cantor (2009).       
Reprodução do camarim de Hebe
             Uma curiosidade: Hebe calçava n.37 e os saltos de seus sapatos (10, 12, 15cm) variavam em tamanho dependendo de quem seriam suas convidadas no programa, pois não admitia ficar mais baixa que outras mulheres. Além de colares, brincos e anéis, os pés de Hebe também portavam verdadeiras joias, com seus sapatos sempre diferentes, cheios de brilho, inclusive dos brilhantes e do ouro que os adornavam e acompanhavam as bolsas. Mesmo em casa, longe das câmaras, ela não perdia o glamour, ainda que estivesse no conforto dos chinelos, esses também tinham muito dourado e muito brilho.
Cardápio preferido de Hebe Camargo
       A exposição 'Hebe Eterna' divide-se em 11 ambientes que buscam inserir o visitante no cotidiano da homenageada. Começa por apresentá-la na linha do tempo de sua carreira, que se iniciou aos 15 anos de idade; depois é como se - principalmente as mulheres - pudessem viver um dia na vida de Hebe Camargo escolhendo qual de seus vestidos vestir, qual de seus sapatos calçar e seguindo para os camarins, onde os cabeleireiros virtuais aguardam com as fofocas mais quentes e os segredos mais bem guardados. Ao se sentar na cadeira de Hebe, o rosto de visitante fica emoldurado no espelho pelos cabelos da musa. Se é hora da refeição, lá está o menu preferido, reproduzido com imagens no prato que se alteram de acordo com a ordem do serviço: entrada, primeiro prato, sobremesa...
Hebe Camargo na mídia
         A capela onde Hebe rezava todos os dias, também está ali reproduzida. A capela foi uma surpresa que os familiares fizeram a ela, a construção durou cerca de dois anos sem que Hebe tomasse conhecimento do que acontecia em sua própria casa. Também estão à disposição os jornais que lia diariamente, mas esses foram produzidos especialmente para homenageá-la (Hebe News) e são uma lembrança que o visitante pode levar para casa.
Evolução dos televisores
         Para mostrar o quanto a história de Hebe Camargo se funde com a história da TV brasileira, imagens da musa apresentando seu programa são exibidas em televisores de diferentes épocas, desde o modelo em que os brasileiros assistiram à estreia da TV Tupi, em 1950, até a tela plana em que viram Hebe encerrar sua carreira na Rede TV, em 2012, embora tenha vivido a maior parte de sua vida profissional no SBT, emissora de Sílvio Santos, com a qual assinou contrato para voltar dois dias antes de sua morte.
         Também estão na exposição o piano e microfone de Hebe Camargo, bem como o famoso sofá onde recebia seus convidados, de preferência, sentados à sua esquerda. Quem visita a exposição pode sentir o gostinho de ser entrevistado no famoso sofá da Hebe, feito que só a tecnologia pode promover. Os efeitos virtuais também possibilitam ganhar de Hebe o famoso 'selinho' com que recebia seus convidados. São cabines fotográficas em que cada um programa a foto em preto e branco para ser enviada a seu e-mail e o resultado é emocionante. São várias cabines e cada uma delas tem uma imagem diferente de Hebe. Escolha abaixo a sua preferida.
Selinho da Hebe

        A exposição acaba antes da vontade de ficar mais um pouquinho revivendo a vida da musa da TV. Embora ocupe dois andares (19º e 20º) do Farol Santander, fica um gostinho de quero mais que 'talvez' seja aplacado com a chegada do filme "Hebe, a estrela do Brasil", com estreia prevista para agosto/2019. 
              Só nos resta esperar ansiosamente. Convidados de Hebe
Serviço

Exposição 'Hebe Eterna'
De 19/02/2019 a 02/06/2019
Terça a Sábado das 9h às 20h
Domingo das 9h às 19h
Farol Santander, 19º e 20º andar
Rua João Brícola, 24
Centro, São Paulo - SP

logo mala

Poderá gostar também de:

Poderá também gostar de:

0 comentários

E você? O que pensa sobre isso?
Os comentários anônimos estão sujeitos à moderação.